Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Literatura > Tornados

Tornados

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Literatura
Tornados

Tinha começado por um simples remoinho, esse pequeno remoinho de vento em 5 minutos transformou-se dum tornado, que quase engoliu a cidade inteira. A destruição que propagava era forte demais. Engolia casas, arvores, pessoas e tudo que caminhava do chão. E nem os rios escapavam. O tornado recebeu o nome de Jeremias, chamado depois de um profeta que testemunhou a destruição de Babilónia.

Ora o Tornado Jeremias dava noticias todos dias, de facto assim o fez por cinco anos, o Tornado foi visto como uma lenda, um enigma ao mesmo tempo santo graal do mundo da ciência meteorológica mas um certo dia este parou, a sua atividade cessou duma região inabitada de nome Suha. Não se sabe o porquê da paragem, por isso uma equipa de cientistas partiu para uma expedição dessa zona.

Suha, era basicamente um deserto feito de barro, não havia qualquer existência de vida, tinham mantimentos para cinco dias. Houve pouco que pudesse ajudar a procurar o fim do tornado deste local exato tanto como o porque do fim da sua existência. Mas houve algo que acharam deveras interessante, o que aparentava ser uma espécie de estrutura. Calculavam que aquilo que estavam a ver era o topo e o resto estaria subterrada.

Foram chamadas outras varias comunidades cientificas, uma boa quantidade pessoas assim vieram e com elas vieram outras multidões que assistiam os cientistas desde a cozinheiros a pessoal militar. Várias equipas de escavação reuniram-se ali para destapar aquele misterioso edifício. O gigantesco edifício revelou-se, era de facto uma construção monumental tinha mais de 900 metros, demoraram pelo menos 10 meses.

Não parecia haver portas nenhumas, a estrutura era duma combinação de vários tons brancos, o seu topo era um bico que parecia-se com uma chaminé, parecia conter vários turbos que se estendiam ao longo do edifício. Saindo e entrando, não tendo uma coordenação correta, parecia conter milhares de janelas, de material apesar de transparente azul, acredita-se não ser de vidro, oficialmente confirmando que da verdade não era deste mundo.

A parte baixa ainda não foi suficientemente explorada. Ao tentar descobrir a zona de baixo, houve uma estranha reação. Da sua parte debaixo começou a sair um fogo verde, fazendo alevantar o estranho monumento. O monumento levantou-se e ficou por uns metros aonde estava.

-Saudações povo da terra. Disse o estranho monumento soltando uma voz profundamente assustadora.

-Vós descobriram a existência desta sonda, o nosso objetivo é testar a capacidade de resistência a ataques naturais de levada extremidade. Como pode ser visto vocês foram incapazes de sustentar o tornado que durou cinco anos, ate o mecanismo deste monumento o sugou-o, o Tornado encontra-se aqui dentro, de facto prevê-se futuros ataques como deste género, sugerimos que um êxodo em massa do planeta esteja em ordem.

Começaram a ser avistadas milhares de naves, todas elas de estranhas formas e cores. Não tinham pilotos, pareciam ser todas conduzidas automaticamente. As naves ao deslocarem-se as pessoas podiam testemunhar a destruição do planeta, vários outros tornados começaram a surgir, várias erupções apareceram em demasia, pouco e pouco o planeta incendiava-se, consumido pelas chamas o planeta terra morreu.

Pondo dum outro planeta a humanidade foi cumprimentada pelos seu salvadores terrestres criaturas pequenas com crânios enormes, de sorrisos bondosos.

-Saudações terrestres, nós somos os…

De repente os humanos começaram a morrer quase um a um, em menos de cinco minutos, tudo tinha acabado, os extraterrestres ficam surpreendidos e em estado de pânico, por acidente desaqueceram-se de verificar se atmosfera do planeta deles eram apropriada para eles.

FIM.


Manuel Velez

Título: Tornados

Autor: Manuel Velez (todos os textos)

Visitas: 0

604 

Comentários - Tornados

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Dica caseira para remover manchas no rosto facilmente

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Beleza
Dica caseira para remover manchas no rosto facilmente\"Rua
Com a chegada do verão, os cuidados com a pele precisam ser intensificados. É claro que, independente da estação, os cuidados com a saúde e beleza são fundamentais. Mas, no verão, alguns problemas de pele, principalmente da face, tornam-se mais frequentes e, com isso, surgem algumas preocupações. A boa notícia é que, a maior parte dessas preocupações podem ser amenizadas ou até mesmo solucionadas com dicas caseiras de cuidado com a pele.

Logo, certos cuidados como o uso regular de bloqueador solar é importantíssimo, não só para evitar manchas no rosto e no corpo, como também, para evitar doenças graves como o temido câncer de pele. Por isso, a boa hidratação, a limpeza correta da face e o uso de cremes faciais com proteção contra os raios ultravioletas UVA e UVB não podem ser menosprezados.

Outro detalhe relevante é a escolha da alimentação. Para ter uma pele saudável e bonita é preciso evitar o uso de certos alimentos. Sabe-se que os conservantes, corantes e similares, que estão sempre presentes nos alimentos industrializados provocam alergias e outros problemas. Essas substâncias podem fazer surgir ou intensificar doenças como o melasma, aquelas manchas escuras na face. E, essas manchas são sensíveis ao calor do sol e, dependendo da pele, o tratamento exige bastante tempo e recursos financeiros para cuidados e acompanhamento dermatológico.

Mas, você pode preparar em casa uma loção para limpar a pele, reduzir ou até mesmo remover essas manchas escuras. Você vai precisar de um pêssego maduro, um pouco de hidratante facial e uma bisnaga de Bepantol, que é um creme com vitamina A.

Dicas para preparar seu creme removedor de manchas na pele:

Primeiramente, faça o creme de pêssego: é só bater no Mix o pêssego com um pouquinho de água. Para facilitar, amasse o pêssego com uma colher antes de bater no Mix. Depois, peneire a massa de pêssego para o creme ficar mais homogêneo. Em seguida, misture a terça parte da bisnaga de Bepantol ao pêssego com uma colher, preferencialmente de madeira ou de plástico. Com um algodão e com movimentos suaves, aplique a loção no rosto e deixe agir por 40 minutos. Depois lave com água abundante. Evite o uso de esfoliante porque a pele ficará muito sensível. Essa loção pode ser usada até três vezes na semana. Não use sobras de creme.

Pesquisar mais textos:

Zilma Silva

Título:Dica caseira para remover manchas no rosto facilmente

Autor:Zilma Silva(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios