Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Literatura > A polêmica da adaptação de Machado de Assis

A polêmica da adaptação de Machado de Assis

Categoria: Literatura
A polêmica da adaptação de Machado de Assis

Sabemos que a linguagem é um fator muito importante em nosso dia a dia. A partir dela fazemos o uso de diversos tipos de comunicação, algumas mais informais, outras menos. Além disso, não podemos esquecer que no decorrer dos anos, estamos cada vez mais nos adaptando a novos vocabulários. Gírias e até palavras em inglês passam a fazer parte do nosso cotidiano, como por exemplo, “fast food”, “shopping”, “skate”, ou “website”.

A partir disso, nota-se que a chamada “evolução ortográfica” se faz necessária e muito presente em nossas vidas. Porém, não devemos esquecer de que a cultura de cada país é um fator importante. Não devemos deixar de lado nossas raízes culturais, pois é a partir delas que se gera conhecimento e cultura, bases necessárias para qualquer pessoa. Partindo destes conceitos, veio à tona uma polemica envolvendo uma escritora que decidiu publicar uma adaptação simplificada do conto "O alienista", de Machado de Assis. A escritora utilizou como justificativa de seu projeto, o argumento de que muitos jovens deixam de ler obras como esta por conta da dificuldade da linguagem do autor.

Se analisarmos alguns contribuintes da literatura Brasileira, podemos perceber que seus textos possuem linguagem extremamente culta, e partindo da visão dos jovens de hoje em dia: “complicada”. Todavia, o que deve ser considerado é que justamente o “complicado” nos leva a lutar e nos esforçar para um entendimento completo do assunto. É exatamente na dificuldade que se aprende. Como disse o professor da USP Alcides Villaça: “É absurdo imaginar que a função da escola seja facilitar qualquer coisa, em vez de levar a trabalhar com as dificuldades da vida, da crítica e do conhecimento.”.

Portanto, não é valido simplificar a linguagem de um clássico, pelo fato de que isso tiraria a essência de sua obra. É justamente o “complicado” que contribui para que a obra seja tão fabulosa e culta. Citando novamente, José Maria e Silva da Revista Bula disse: “Mesmo “O Alienista”, talvez o enredo mais movimentado de toda a sua obra, depende substancialmente da linguagem, pois é nela que moram a argúcia e a ironia do conto”.

Não somente os jovens, mas todas as pessoas precisam de uma barreira de dificuldade, para que possam crescer e aprender cada vez mais. Porém isso não vem com a facilitação das coisas e sim, com a força de vontade para se interpretar um texto que seja mais difícil, mas que trará benefícios futuros, como a ampliação do vocabulário e o aprendizado.


Isadora Saliba

Título: A polêmica da adaptação de Machado de Assis

Autor: Isadora Saliba (todos os textos)

Visitas: 0

236 

Comentários - A polêmica da adaptação de Machado de Assis

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Smartphone inovador

Ler próximo texto...

Tema: Máquinas
Smartphone inovador\"Rua
O novo Xperia S é um novo smartphone que é produzido pela sony, que foi pensado para a reprodução multimédia de alta resolução, atenuando deste modo as diferenças entre um telefone e uma consola de jogos portátil.

Este inovador softwere é capaz de apresentar vídeos de alta definição, a 1080p.

Contêm uma cãmara integrada de 12 MP, sendo capaz de capturar imagens em full HD. O processamento de imagem é feito por um motor de nome Bravia, que é uma tecnologia a pensar na reprodução de imagem e de áudio.

O hardwere e softwarwe deste smartpfhone foi optimizado para ser compatível com o playstachon Suite, que se trata de uma plataforma de videojogos , onde podem ser descarregados e jogados no telemóvel vários títulos previamente lançados na playstation.

O seu ecrâ é quase todo em vidro, separado apenas do revestimento no fundo por uma faixa transparente.

Esta faixa funciona como uma antena do dispositivo, bem como a área visívil para os principais botões, no fundo.

O seu formato é ligeiramente curvo e com uma espessura de apenas um centímetro, o qiue lhe dá um ar muito elegante e leve.

A energia que alimenta o dispositivo é fornecida por uma pequena bateria, que dura para 420 horas em standby, horas para música e outras para vídeo.

De salientar que a Sony Ericsson sempre foi muito forte na qualidade da fotografia, e o destaque deste aparelho vai para o seu sensor Exmor R, que é retroiluminado com circuitos integrados, permitindo tirar fotos com pouco ruído , em situações de fraca luz.

Além de todos os pormenores inovadores, o sensor recebe a luz de trás por um substrato de sílica, garantindo mais eficácia .

Por outro lado, o xperia S, é ainda compatível com várias plataformas de comunicação, tal como a near-fild comunication.

O ecrã é sem dúvida alguma o mais elevado do mercado atual, apresentando milhões de cores.

As características invadoras ddeste smartphone, são: o modelo, aplaystachion, o ecrâ de alta definição, o processador, o software e as suas ligações

No que concerne às ligações, inclui uma superabundância delas, incluindo uma porta HDMI2 para ligar o dispositivo diretamente a um monitor para reproduzir vídeos, audio e imagem.

O lançamento deste sistema da sony, foi lançado só recentemente em Las Vegas, EUA, em Janeiro de 2012, no convention Center.

Para os fâs das novas tecnologias o smartphone Xperia S, é com efeito, uma óptima aquisição, para as férias de verão.

Pesquisar mais textos:

Pedro gil Ferreira

Título:Smartphone inovador

Autor:Pedro gil Ferreira(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios