Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Literatura > 16 ANOS DE CASAMENTO (Lição Real da Minha Vida)

16 ANOS DE CASAMENTO (Lição Real da Minha Vida)

Categoria: Literatura
Comentários: 2
16 ANOS DE CASAMENTO (Lição Real da Minha Vida)

16 ANOS DE CASAMENTO (Lição Real da Minha Vida)

Eu amo a minha esposa e os meus filhos de coração, veja nessa mensagem de reflexão.
Hoje eu conto a história da dura partida do meu filho Janderson.
Oi, pessoal! Hoje eu quero parabenizar mais uma vez a minha esposa Valdenice, que juntos temos conseguido vencer todos os tipos de problemas que você possa imaginar.
O nosso maior desafio que enfrentamos foi a partida do nosso filho para o Reino de Deus, ele tinha um sonho a conquistar, primeiro ser de Deus, e sonhava ser um jogador de futebol, quem sabe um futuro Neymar ou até mesmo um futuro Pelé do século novo.

Mas o sonho de virar um craque da Copa do Mundo ou até mesmo mudar os seus planos para outra carreira (Pois ele ainda era muito jovem e não estava totalmente decidido) foi interrompido no dia 13 de outubro de 2012, quando sua vida mudou de rumo.

Meu filho tinha perfeita saúde, era participante de um grupo de jovens, estudava na Escola Thomaz Muniz, estava nas suas melhores notas, era cadastrado no futebol e em outros esportes na Vila Olímpica do Canindezinho, praticava Karatê com o seu tio. Com tudo isso, nós não imaginávamos que ele iria embora tão cedo.

Nessa data, 13 de outubro de 2012, encontraram o meu filho no fundo de uma piscina, depois do almoço. Os jovens que também se encontravam naquele passeio fizeram os primeiros socorros. Levaram-lhe em um carro particular para o hospital mais próximo, mas não resistiu e faleceu às 14h50min, horário de Brasília.

Ligaram para nós, nos contando o acidente na piscina. Quando chegamos lá, a assistente social nos contou tudo. A minha esposa e eu ficamos em desespero total. Imagine a dor da perda de um filho. A pior dor de nossas vidas foi a que sentimos naquele momento. O hospital inteiro parou para ver a dor que sentimos. Nesse momento, eu estou em lágrimas, escrevendo essas palavras.

Talvez você esteja se perguntando por que eu estou contando essa história do meu filho. Para que você e todos que lerem esse texto, possam valorizar mais a sua família, amar mais a sua esposa ou seu marido. Pais amem os seus filhos e ensinem o caminho que eles devem andar como está escrito: "Ensina a criança o caminho que deve andar e ainda quando for velho, não desviará dele" (Provérbios 22:6).
Filhos, jovens, adolescentes, respeitem e amem os seus pais, veja esse versículo: "Honra teu pai e tua mãe, para que se prolonguem os seus dias na Terra, que o Senhor, teu Deus, te dá" (Êxodo 20:12). Olha que Deus promete abençoar o filho que honrar o pai e a mãe.

Maridos e esposos, não troquem as suas esposas por outras que nem sabe se vai dar certo, observem o que tem para vocês refletirem: "Maridos, amem suas esposas, assim como Cristo amou a igreja e entregou-se a Si mesmo por ela" (Efésios 5:25). Veja nesse versículo que o apóstolo Paulo colocou Jesus como exemplo de uma grande prova de amor, dando a Sua própria vida por pecadores que, muitos, até hoje, rejeitam o Salvador, como vimos muitos comentários pela internet sobre esse tipo de rejeição, preferem um deus que não existe do que o Verdadeiro Salvador e Senhor Jesus, o Filho de Deus.

Assim devem ser os maridos. Amem suas esposas, mesmo que elas rejeitem vocês. Já se colocou no lugar de Deus, quando essas pessoas rejeitam o Seu chamado? Isso é bíblico, não se assustem, veja o que está escrito: "Porque muitos são chamados, mas poucos são escolhidos" (Mateus 22:14).

Com todas essas dicas, se vocês não fizerem um bom casamento, desculpe-me dizer, é porque não existe um amor verdadeiro, ambas as partes. Porque o amor tudo suporta, vejam que eu e minha esposa passamos por uma grande luta, mas tudo que aconteceu fez o nosso amor mútuo crescer ainda mais. A saudade do meu filho continua, mas o meu primeiro sonho com ele me fortaleceu, veja nessa lição: Um dia nós vamos encontrar.

Fiquem com Deus e recebam bênçãos em dobro em suas vidas!

Autor Cicero Mattos


Cicero Jodecir Ferreira Matos

Título: 16 ANOS DE CASAMENTO (Lição Real da Minha Vida)

Autor: Cicero Jodecir Matos (todos os textos)

Visitas: 0

308 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Natanael Genoel

    12-02-2015 às 17:20:51

    Você merece toda a felicidade do mundo irmão. Que Deus preserve seu casamento cada vez mais!

    ¬ Responder
  • Cicero Jodecir Ferreira MatosCicero Jodecir Ferreira Matos

    22-02-2015 às 15:48:56

    Obrigado meu amigo Natanael pelo o seu comentário! Realmente deixando o meu casamento na direção de Deus, tudo é bençao!

    ¬ Responder

Comentários - 16 ANOS DE CASAMENTO (Lição Real da Minha Vida)

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

A história da fotografia

Ler próximo texto...

Tema: Fotografia
A história da fotografia\"Rua
A história e princípios básicos da fotografia e da câmara fotográfica remontam à Grécia Antiga, quando Aristóteles verificou que os raios de luz solar e com o uso de substâncias químicas, ao atravessarem um pequeno orifício, projetavam na parede de um quarto escuro a imagem do exterior. Este método recebeu o nome de câmara escura.

A primeira fotografia reconhecida foi uma imagem produzida em 1826 por Niepce. Esta fotografia foi feita com uma câmara e assente numa placa de estanho coberta com um derivado de petróleo, tendo estado exposta à luz solar por oito horas, esta encontra-se ainda hoje preservada.

Niepce e Louis –Jacques Mandé Daguerre inciaram em 1829 as suas pesquisas, sendo que dez anos depois foi oficializado o processo fotográfico o nome de daguerreótipo. Este processo consistia na utilização de duas placas, uma dourada e outra prateada, que uma vez expostas a vapores de iodo, formando uma pelicula de iodeto de prata sobre a mesma, ai era a luz que entrava na camara escura e o calor gerado pela luz que gravava a imagem/fotografia na placa, sendo usado vapor de mercúrio para fazer a revelação da imagem. Foi graças á investigação realizada por Friedrich Voigtlander e John F. Goddard em 1840, que os tempos de exposição e revelação foram encurtados.




Podemos dizer que o grande passo (não descurando muitas outras mentes brilhantes) foi dado por Richard Leach Maddox, que em 1871 fabricou as primeiras placas secas com gelatina, substituindo o colódio. Três anos depois, as emulsões começaram a ser lavadas com água corrente para eliminar resíduos.

A fotografia digital


Com o boom das novas tecnologias e com a capacidade de converter quase tudo que era analógico em digital, sendo a fotografia uma dessas mesmas áreas, podemos ver no início dos anos 90, um rápido crescimento de um novo mercado, a fotografia digital. Esta é o ideal para as mais diversas áreas do nosso dia a dia, seja a nível profissional ou pessoal.

As máquinas tornaram-se mais pequenas, mais leves e mais práticas, ideais para quem não teve formação na área e que não tem tempo para realizar a revelação de um rolo fotográfico, sem necessidade de impressão. Os melhores momentos da nossa vida podem agora ser partilhados rapidamente com os nossos amigos e familiares rapidamente usando a internet e sites sociais como o Facebook e o Twitter .

A primeira câmara digital começou a ser comercializada em 1990, pela Kodak. Num instante dominou o mercado e hoje tornou-se produto de consumo, substituindo quase por completo as tradicionais máquinas fotográficas.

Sendo que presentemente com o aparecimento do FullHD, já consegue comprar uma máquina com sensores digitais que lhe permitem, além de fazer fotografia, fazer vídeo em Alta-Definição, criando assim não só fotografias quase que perfeitas em quase todas as condições de luz bem como vídeo com uma qualidade até agora impossível no mercado do vídeo amador.

Tirar fotografias já é acessível a todos e como já não existe o limite que era imposto pelos rolos, “dispara-se” por tudo e por nada. Ter uma máquina fotográfica não é mais um luxo, até já existem máquinas disponíveis para as crianças. Muitas vezes uma fotografia vale mais que mil palavras e afinal marca um momento para mais tarde recordar.

Pesquisar mais textos:

Bruno Jorge

Título:A história da fotografia

Autor:Bruno Jorge(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    05-05-2014 às 03:48:18

    Como é bom viver o hoje e saber da história da fotografia. Isso nos dá a ideia de como tudo evoluiu e como o mundo está melhor a cada dia produzindo fotos mais bonitas e com qualidade!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios