Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Evangélicas > Diagnóstico Da Fé: Cuidado Com A Fraqueza Espiritual

Diagnóstico Da Fé: Cuidado Com A Fraqueza Espiritual

Categoria: Evangélicas
Visitas: 2
Diagnóstico Da Fé: Cuidado Com A Fraqueza Espiritual

“E, contudo, andais vós ensoberbecidos e não chegastes a lamentar, para que fosse tirado do vosso meio quem tamanho ultraje praticou?” (1 Coríntios 5.2)

A fraqueza espiritual se implanta no momento em que a pessoa deixa a sua humildade de lado e passa a viver na soberba que é o orgulho. Muitos caem no pecado justamente por achar que conseguem por si só vencer este mundo, isto é, creem que pela sua capacidade intelectual, seu título na igreja ou seu período de igreja o farão vitorioso sobre o inferno.

Negativo! O que nos faz vencer o pecado que causa a fraqueza espiritual é a humildade espiritual. No momento em que a pessoa deixa de se humilhar diante a presença do Espírito Santo o seu corpo espiritual passa a apresentar brechas onde a fraqueza começa a surgir.

Tome muito cuidado com o pecado porque ele é como um vírus onde você não percebe, mas que aos poucos vai destruindo a sua vida. É primordial o diagnóstico de sua vida espiritual a fim de encontrar qualquer raiz negativa que o impeça de se aproximar do Espírito Santo.

Não se una a este mundo e sim seja humilde para conhecer mais de Deus. Quais são as fraquezas espirituais que existem? Podemos citar algumas abaixo:

Dúvida: É a origem principal de qualquer fraqueza espiritual. A pessoa recebe dúvidas todos os dias tendo a liberdade de aceitar ou não. Porém, quando a pessoa está mal em sua fé cegamente acaba por aceitar a dúvida e assim atrai todas as outras fraquezas espirituais para a sua vida porquanto a dúvida provém do diabo.

Falta de Prioridade Espiritual: A pessoa tem tempo para fazer todas as suas coisas, mas não tem tempo para Deus e quando tem se entrega a Deus de maneira relaxada. Deus não precisa de nós e sim nós que necessitamos dEle.

Muitos estão deixando de ler a Bíblia, de compartilhar a mensagem de Deus, deixando de orar e de se humilhar diante a poderosa mão de Deus para satisfazer os seus outros afazeres. É uma fraqueza invisível que atinge a pessoa aos poucos.

Acomodação: Uma das fraquezas mais piores! A acomodação espiritual ocorre quando a pessoa acha que está tudo bem em sua vida e que não precisa buscar como antes. Crê que por estar dentro de uma igreja, ter um bom cargo e ser realizado em sua vida material lhe dá o direito de ter um crédito a mais com Deus.

Negativo! Pelo contrário, quando pensamos que está tudo bem é porque tem algo errado e que precisamos vigiar para não nos derrubar.

Emoção: E ainda tem o coração enganoso e corrupto para tentar neutralizar a fé e a comunhão da pessoa. Quando a pessoa está fraca na fé começa a agir na base da carne e não mediante o seu Espírito(mente).

Em vez de ficar calada e orar, a pessoa busca reagir e questionar. Reclama de tudo, menos de sua falta de entrega a Deus. Quando esse mal entra o indivíduo passa a murmurar contra Deus e contra todos e sempre reage de maneira precipitada diante os seus problemas trazendo mais sofrimento e dor.


Natanael Genoel

Título: Diagnóstico Da Fé: Cuidado Com A Fraqueza Espiritual

Autor: Natanael Genoel (todos os textos)

Visitas: 2

346 

Comentários - Diagnóstico Da Fé: Cuidado Com A Fraqueza Espiritual

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios