Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Evangélicas > A Falsidade não vem de Deus

A Falsidade não vem de Deus

Categoria: Evangélicas
Visitas: 2
Comentários: 1
A Falsidade não vem de Deus

“Afasta de mim o caminho da falsidade e favorece-me com a tua lei. Escolhi o caminho da fidelidade e decidi-me pelos teus juízos.” (Salmos 119.29-30)

Se a pessoa não se afasta do caminho errado da falsidade e da ilusão deste mundo é certo que se afastará do verdadeiro caminho ensinado pelo próprio Senhor Jesus Cristo. Muitos exclamam que jamais deixarão a presença do Deus Altíssimo, porém quando chega o momento de praticar permitem com que a dúvida prevaleça e a falsidade deste século domine seu coração tão necessitado. Uma coisa é certa ou você se afasta do que é errado e se volta para com o Senhor Jesus cada vez mais ou o pecado te afastará do caminho da Vida que é Jesus Cristo. Quando falo em falsidade não é somente no sentido da pessoa ser mentirosa e hipócrita e sim no sentido de que as coisas que este mundo oferece são só enfeite para enganar os que não tem sua fé firmada em Cristo. Por isso, o salmista pede para Deus o afastar de todos os caminhos falsos porque o mesmo sabia que esta terra não tem nada para lhe oferecer para a sua felicidade. Este mundo é recheado de ilusão e só não enxerga a verdade quem está cego em seu interior. A falsidade não está nas pessoas e sim neste mundo. Se a pessoa vive praticando a vontade mundana é certo que ela é falsa em alguma coisa. Triste é ver as pessoas sorrindo um sorriso falso sem Jesus.

Este mundo é falso e essa praga leva boa parte da humanidade a ter invejas, ignorância, solidão, rebeldia, infidelidade, entre outras características que o diabo tanto gosta de ver. A pessoa que é falsa tem sempre inveja de algo ou alguém. Ela aparenta ser alguém somente para buscar com intenções perversas conquistar o próximo a fim de tomar aquilo que seu coração corrupto cobiça. A falsidade do mundo leva as pessoas a invejarem tudo até mesmo o sorriso. Foi assim com Davi. Saul o invejava por ser um falso rei. Desejava ter a mesma capacidade de Davi para enfrentar o gigante, vencer os filisteus e conquistar as terras. Por isso, o odiava e desejava matá-lo todos os dias. Até esquecia que era o rei de Israel. Quando a pessoa deixa a falsidade entrar em seu coração a sua vida passa a ser odiosa, amarga e vazia. A falsidade é terrivelmente odiada pelo próprio Senhor Jesus. Leia comigo: “Por isso, tenho por, em tudo, retos os teus preceitos todos e aborreço todo caminho de falsidade.” (Salmos 119.128) Deus ama a todos, mas aqueles que são falsos Ele fica longe.

Devemos ser vigilantes em nossa fé porque a falsidade vem quando menos percebemos. Inclusive foi da própria igreja que se originou essa praga. Sabe por que? Porque o incrédulo pratica as coisas erradas e tem coragem de dizer que pratica. Muitos cristãos não fazem isso! Muitos que se dizem de Deus estão dentro da igreja com a aparência de crentes, mas vivem como se fossem do mundo. Isso é falsidade. Friamente condenada pelo próprio Senhor Jesus. Vigie! Ore para que não venha entrar por este caminho errado e condenável por Deus. Lute contra toda sorte de falsidade que este mundo tem para oferecer. Nenhum caminho encontrado nesta terra pode nos levar a felicidade e a Vida Eterna, apenas o caminho de Deus. E a Promessa de Deus é magnífica para quem deixa a falsidade e anda em sua Verdade. Deus promete fazer com que a sua Lei venha estar a favor daqueles que vivem na Verdade. O que é a Verdade? É o Evangelho de Deus. Quem pratica o Evangelho anda nos passos de Jesus Cristo e tem a própria Lei de Deus em seu favor. Que honra! Isso é um privilégio.

Portanto, tome uma atitude radical em sua vida e escolha o caminho da Vida que é Jesus Cristo. Quebre o seu orgulho de achar que é um cristão fervoroso. Nós na verdade somos como o pó e o barro. Quem não pode dominar a si mesmo não pode andar na Verdade. Aprenda a obedecer a Palavra de Deus. O próprio Senhor Jesus te ajudará a se desviar do caminho da falsidade como fez com o servo Davi. Tome uma decisão de seguir os juízos de Deus e assim saberás a vontade de Deus para a sua vida. Que Deus te afaste de todo caminho errado e te guie nas veredas de sua justiça. Que Deus te guie no caminho certo rumo a Vida Eterna. Que Deus venha estar em seu favor para lutar ao seu lado contra todas as forças das trevas. Que Deus te guie para não cair na falsidade e ilusão deste mundo. Confie somente.


Natanael Genoel

Título: A Falsidade não vem de Deus

Autor: Natanael Genoel (todos os textos)

Visitas: 2

246 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • STEFANY

    30-09-2017 às 20:28:32

    OIÁ BOM TARTE NOME, STEFANY DE OLIVEIRIA SILVA

    ¬ Responder

Comentários - A Falsidade não vem de Deus

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios