Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Empresariais > Monte Uma Equipa Vencedora

Monte Uma Equipa Vencedora

Categoria: Empresariais
Visitas: 4
Comentários: 6
Monte Uma Equipa Vencedora

Qualquer empresário deseja trabalhar com equipas de sucesso. Excelentes equipas é quase sinónimo de resultados positivos e consequentemente lucro na empresa. Naturalmente que uma equipa de administração e serviços administrativos é fundamental ao bom funcionamento numa empresa, mas enquanto estes muitas vezes nos permitem poupar custos numa empresa, uma equipa de vendas produtiva dá lucros e como todos sabemos, isso é essencial para a sobrevivência de uma empresa.

Manter equipas produtivas pode ser complicado para uns, mas usando alguma imaginação e principalmente muito bom senso, o resultado será sem dúvida a melhor de todas – Ter uma Equipa Vencedora.

Mas afinal, como é que podemos ter uma equipa dinâmica, produtiva e vencedora? Ora aqui vão algumas dicas para fazer da sua, a equipa mais feliz.

Antes de mais, e na altura de criar a sua equipa, escolha pessoas mistas, dentro de alguns parâmetros. Não se esqueça que alguns colaboradores novos trazem novas e mais frescas ideias, e os colaboradores que têm mais experiencia, trazem mais sabedoria e segurança à empresa. No entanto, é importante que nas entrevistas diga isso mesmo. Saliente a importância de fazer parte de equipas de pessoas diferentes e o quanto é necessário conhecer opiniões diferentes, sem crucificar ninguém. A unanimidade não alimenta a criatividade, pelo que ideias diferentes criam produtos e serviços de excelência.

Motive a sua equipa. Mostre-lhes que acredita nas suas capacidades e que aposta todas as fichas neles. Ao fazê-lo, está não só a motivá-los, mas a compromete-los. As falhas, poderão naturalmente existir, mas perante um chefe de vendas ou um patrão assim, eles não quererão falhar nem decepcionar.

Não imponha objectivos entre colaboradores. Crie objectivos nas equipas, mas nunca num indivíduo só. Isso pode criar inimizades.

Sendo o líder da sua equipa, nunca deve alimentar os boatos normais dentro de uma empresa. Se houver esse tipo de atitudes entre os seus colaboradores, dê imediatamente a perceber que não alinha em jogos de comentários de tanque.

A postura da sua equipa é o reflexo da sua postura. Seja exigente, mas faça-o de uma forma cordial. Gritos e brutalidades não demonstram poder, mas sim falta de respeito. Eles são seus colaboradores e não escravos.

Compreenda os seus funcionários. Escute-os e veja-os na realidade. A falta de civismo e tolerância estão a invadir a sociedade e isso faz de nós pessoas piores, pelo que é sempre bom conhecer os outros na sua melhor essência. No entanto, as emoções nunca podem estar ao rubro. Controle as suas, sejam boas ou más. Um líder de uma equipa vencedora escuta, observa mas nunca se envolve em emoções.

Criar uma equipa de sucesso só é possível com muito trabalho, pelo que dedicação é a palavra-chave.


Carla Horta

Título: Monte Uma Equipa Vencedora

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 4

765 

Imagem por: lumaxart

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 6 )    recentes

  • SophiaSophia

    30-04-2014 às 22:59:15

    O sucesso, sem dúvida, é montar uma equipe forte, que trabalham na mesma direção e são motivados a lutar pelo melhor!

    ¬ Responder
  • Vivian Cordeiro

    16-02-2013 às 08:44:23

    Tenho um funacionário que não sabe respeitar hierarquia.Tudo que e falado serve de motivo para que o mesmo critique,reclama de tudo,sempre que pode ,suas opiniões são para levar o trabalho para o lado do oba oba,falta com frequência,fala e faz conchavos por traz da chefia,tenta manipular os colegas em seu benefício ,é arrogante,cria situações de animosidade entre colegas e chefe,descarregar seus problemas particulares no trabalho,constrange e cria um clima conflituoso no trabalho e passa o tempo falando dos seus direitos.
    O lamentável é que trata de funcionário público efetivo.
    Como devo lidar com a criatura?
    Sei que parte deste comportamento faz parte de sua personalidade,por outro lado ele faz isto por querer ser o próximo Diretor já que temos eleições a cada três anos .O que faço para lidar com está pessoa sem perder as estribeiras ¿

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoAntunes

    24-07-2012 às 09:51:32

    David, sabe que existe uma coisa que se chama despedir por justa causa? Essa é uma das situações em que o pode fazer. A partir do momento em que tem 2 funcionários que causam mau estar no local de trabalho, pode mesmo alegar que o trabalho diminui quer em quantidade como em qualidade. Esse tipo de comportamento mina uma empresa e é tipo vírus quando se propaga. Pelos vistos tem tido a sorte dos outros colaboradores serem pessoas sensatas e não alimentam esse tipo de situações, mas de um momento para o outro isso pode deixar de acontecer.
    Comece por avisar e notificar as pessoas causadoras de problemas. Faça-o com algum registo de aviso, para que mais tarde e na eventualidade de as despedir, ter prova de que tentou resolver a situação a bem.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoDavid

    23-07-2012 às 11:38:22

    Tenho a mesma equipa de trabalho há vários anos. Alguns dos elementos são trabalhadores e cumpridores, mas existem 2 membros que passam a vida em sarilhos e a cozinhar problemas. Intrigas, discussões e sarilhos são uma constante entre estas 2 pessoas e muitas são as vezes em que carregam os outros atrás.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoDomingos

    23-07-2012 às 11:37:48

    Tive há uns anos um chefe que tinha por habito gritar e chamar incompetente a toda a gente. Até que houve o dia em que o seu superior que era um tipo que o encobria foi substituído e o novo superior que té era um tipo porreiro o alertou para a falta de educação. Depois de alguns avisos acabou por ser despedido por justa causa.
    Acreditem ou não as vendas subiram pois o ambiente melhor a 100%. O ambiente de trabalho é incomparável e os colaboradores vão satisfeitos para o escritório.
    Manter uma equipa equilibrada e produtiva pode começar exatamente por criar um bom ambiente no local de trabalho.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoJulião

    19-07-2012 às 12:06:43

    Há cerca de 4 anos tive um patrão que era a coisa mais horrível. Passava a vida a gritar com toda a gente e a pressão era feita de forma completamente bruta. Chegou a insultar mais do que uma vez duas funcionárias e chegar ao ponto de uma colaboradora ficar de baixa médica com um esgotamento foi a gota de água de alguns de nós.
    Numa equipa de 12 comerciais e 2 administrativas, 3 de nós montámos uma empresa e vieram mais 5 colaboradores connosco. Hoje somos a empresa mais competitiva no ramo e na antiga empresa já lá ninguém dos mais antigos trabalha.

    ¬ Responder

Comentários - Monte Uma Equipa Vencedora

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

A história da fotografia

Ler próximo texto...

Tema: Fotografia
A história da fotografia\"Rua
A história e princípios básicos da fotografia e da câmara fotográfica remontam à Grécia Antiga, quando Aristóteles verificou que os raios de luz solar e com o uso de substâncias químicas, ao atravessarem um pequeno orifício, projetavam na parede de um quarto escuro a imagem do exterior. Este método recebeu o nome de câmara escura.

A primeira fotografia reconhecida foi uma imagem produzida em 1826 por Niepce. Esta fotografia foi feita com uma câmara e assente numa placa de estanho coberta com um derivado de petróleo, tendo estado exposta à luz solar por oito horas, esta encontra-se ainda hoje preservada.

Niepce e Louis –Jacques Mandé Daguerre inciaram em 1829 as suas pesquisas, sendo que dez anos depois foi oficializado o processo fotográfico o nome de daguerreótipo. Este processo consistia na utilização de duas placas, uma dourada e outra prateada, que uma vez expostas a vapores de iodo, formando uma pelicula de iodeto de prata sobre a mesma, ai era a luz que entrava na camara escura e o calor gerado pela luz que gravava a imagem/fotografia na placa, sendo usado vapor de mercúrio para fazer a revelação da imagem. Foi graças á investigação realizada por Friedrich Voigtlander e John F. Goddard em 1840, que os tempos de exposição e revelação foram encurtados.




Podemos dizer que o grande passo (não descurando muitas outras mentes brilhantes) foi dado por Richard Leach Maddox, que em 1871 fabricou as primeiras placas secas com gelatina, substituindo o colódio. Três anos depois, as emulsões começaram a ser lavadas com água corrente para eliminar resíduos.

A fotografia digital


Com o boom das novas tecnologias e com a capacidade de converter quase tudo que era analógico em digital, sendo a fotografia uma dessas mesmas áreas, podemos ver no início dos anos 90, um rápido crescimento de um novo mercado, a fotografia digital. Esta é o ideal para as mais diversas áreas do nosso dia a dia, seja a nível profissional ou pessoal.

As máquinas tornaram-se mais pequenas, mais leves e mais práticas, ideais para quem não teve formação na área e que não tem tempo para realizar a revelação de um rolo fotográfico, sem necessidade de impressão. Os melhores momentos da nossa vida podem agora ser partilhados rapidamente com os nossos amigos e familiares rapidamente usando a internet e sites sociais como o Facebook e o Twitter .

A primeira câmara digital começou a ser comercializada em 1990, pela Kodak. Num instante dominou o mercado e hoje tornou-se produto de consumo, substituindo quase por completo as tradicionais máquinas fotográficas.

Sendo que presentemente com o aparecimento do FullHD, já consegue comprar uma máquina com sensores digitais que lhe permitem, além de fazer fotografia, fazer vídeo em Alta-Definição, criando assim não só fotografias quase que perfeitas em quase todas as condições de luz bem como vídeo com uma qualidade até agora impossível no mercado do vídeo amador.

Tirar fotografias já é acessível a todos e como já não existe o limite que era imposto pelos rolos, “dispara-se” por tudo e por nada. Ter uma máquina fotográfica não é mais um luxo, até já existem máquinas disponíveis para as crianças. Muitas vezes uma fotografia vale mais que mil palavras e afinal marca um momento para mais tarde recordar.

Pesquisar mais textos:

Bruno Jorge

Título:A história da fotografia

Autor:Bruno Jorge(todos os textos)

Imagem por: lumaxart

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    05-05-2014 às 03:48:18

    Como é bom viver o hoje e saber da história da fotografia. Isso nos dá a ideia de como tudo evoluiu e como o mundo está melhor a cada dia produzindo fotos mais bonitas e com qualidade!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios