Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Decoração > Como escolher as cortinas ideias?

Como escolher as cortinas ideias?

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Decoração
Visitas: 18
Como escolher as cortinas ideias?

Uma casa é feita de muitas coisas e o seu recheio é o nosso toque pessoal. A forma como a decoramos faz parte de nós e é quase como se contasse uma história.

Escolhemos móveis em catálogos ou nas lojas, eletrodomésticos em grandes espaços comerciais e adereços que vamos juntando ao longo do tempo. Se todos estes apetrechos lhe parecem bem, vai achar melhor quando disser que uma casa sem cortinados é uma casa despida. Acertei!!! Mas na hora de escolher, vai perceber que não resta tirar medidas como fez para a cama ou para o sofá.

As cortinas conseguem ocupar mais espaço do que uma cama. Basta para isso não fazer a escolha correta. Vão chamar a atenção pelas piores razões e na nossa casa tudo tem de estar perfeito.




Antes de mais, perceba que tipo de janela e de vista tem. Na eventualidade de ser uma vista desafogada pode optar por qualquer cor clara ou até mesmo quase transparente. Mas vivendo nas grandes cidades, esta opção pode não ser a que mais vai proteger a sua intimidade.

Se comprar um tecido para a confeção das cortinas, meça a janela e terá de duplicar o comprimento para que fique franzido e não se esqueça que terá de acrescentar mais 10 ou 20 cm para cada um dos lados. Quando o colocar no varão, estes 10 ou 20 cm terão de ficar de fora da borla.

Para a altura, dependerá sempre da janela. Se se tratar de uma janela de varanda, o cortinado terá obrigatoriamente de ir até ao chão. A 5 cm do chão é o mais indicado. Mais curto parecerá que encolheu e maior ficará sujo num instante. Se for uma cortina curta, a medida certa será de 20 cm abaixo do parapeito, mas se for na cozinha pode ficar curto para entrar mais claridade. Dará um aspeto campestre e é engraçado.

Quanto a padrões, terá muito a ver com a restante decoração. Cores fortes marcam a diferença, mas podem “cansar” mais depressa.

Se optar por um tecido com padrão, tente optar por um modelo que seja de prender dos lados. Desta forma poderá optar por ter as almofadas iguais, mas não exagere.
Quanto a tecidos, os decoradores aconselham a seda ou linho pois o cair é inigualável e elegante. Gaze de linho, organza e chiffon são opções também a considerar. No entanto existem outros tecidos mais baratos e com excelente qualidade. Tecidos sintéticos podem ajudá-lo a criar um bom ambiente a baixo preço.

Estude as opções e decida-se. Vista a sua casa com aquilo que mais lhe agrada.


Carla Horta

Título: Como escolher as cortinas ideias?

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 18

692 

Comentários - Como escolher as cortinas ideias?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios