Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Bricolage Jardim > Proteja as suas plantas do calor

Proteja as suas plantas do calor

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Bricolage Jardim
Visitas: 4
Comentários: 2
Proteja as suas plantas do calor

Os golpes de calor afetam todo o ecossistema e os humanos não são os únicos a sofrer com este mal. As plantas, nomeadamente as domésticas, são as primeiras a acusar falta de cuidados por parte dos seus donos. As folhas que amarelecem, secam e caem são indícios mais do que certos de que algo não está bem com a planta e que, inclusivamente, poderá estar a morrer. Mas a situação pode ainda ser reversível, se tomar de imediato algumas medidas.

Assim, deve, em primeiro lugar, cortar as partes murchas, começando do exterior para o interior da planta. Depois de libertar a mesma das partes secas, coloque o vaso dentro de um alguidar com água, para o arrefecer gradualmente e regue em abundância (isto se a planta for consumidora de grandes quantidades de água). Após este passo, distribua alguma gravilha, casca de pinheiro ou pedaços de barro por cima da terra para eduzir a evaporação e, assim, manter a terra fofa e húmida. Finalmente, deve deslocar as plantas afetadas pelo sol e calor excessivos para uma zona da casa mais sombria e longe de correntes de ar (as plantas também se «constipam»). Deixe-as a repousar algumas horas e borrife-as com água, tendo o cuidado de não molhar as flores.

Na fase preventiva, ou seja, antes de se dar o golpe de calor e antes da sua planta começar a sofrer com a chegada do verão e dos dias anormalmente quentes, deve também observar alguns cuidados simples que farão toda a diferença. Desta forma, tenha disponível um sistema de rega elétrico e programável, para que o seu jardim seja regado sempre que tiver de se ausentar por muitos dias. Deve também evitar dispor os vasos em zonas muito ensolaradas. Todavia, se a tal for mesmo obrigado, procure ensombrar a zona, colocando um toldo ou uma rede sobre as plantas. Lembre-se de regar as plantas com a regularidade que as mesmas exigem e, se tiver dúvidas, enterre o dedo no vaso: se a terra estiver húmida, não é necessária uma rega; se, porventura, estiver seca, regue de imediato. Tente também concentrar as plantas num mesmo espaço, pois, ao fazê-lo, estará a «fabricar» um pequeno microclima muitíssimo favorável à manutenção da frescura das plantas. Deverá, ainda, evitar vasos de metal ou de resina sintética, pois estes materiais são bons condutores do calor e irão literalmente «cozer» as plantas. Prefira, portanto, os de barro, que permitem a respiração da terra e absorvem pouco calor. Finalmente, se houver escassez de água na zona, adapte a vegetação às características do local e plante arbustos e vegetação rasteira, que irão fixar maior humidade junto do solo.

Contribua para a preservação do ecossistema!

Isabel Rodrigues

Título: Proteja as suas plantas do calor

Autor: Isabel Rodrigues (todos os textos)

Visitas: 4

768 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Luene ZarcoLuene

    13-10-2014 às 04:14:54

    Verdade! Plantas também precisam ser protegidas do calor. O que sempre fiz foi regar com água duas vezes ao dia. Vale a pena ter esse cuidado sempre!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoLurdes

    02-09-2009 às 10:01:14

    Tenho muitas plantas em casa mas mais terde ou mais cedo acabam por morrer, será que me podia dar alguma dicas?

    ¬ Responder

Comentários - Proteja as suas plantas do calor

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios