Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Biografias > Uma revolução chamada The Beatles

Uma revolução chamada The Beatles

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Biografias
Visitas: 2
Comentários: 1
Uma revolução chamada The Beatles

É difícil falar-se de Beatles em poucas palavras e descrever Beatles numa só palavra seria uma tentativa vã.

Imparáveis, históricos, soberbos, irreverentes, controversos, únicos, extraordinários… Um sem fim de adjetivos que qualificariam uma das mais fantásticas bandas de sempre. Numa só palavra? Imortais…

Originários de Liverpool, John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Star tocavam covers americanos de rock’n’roll no final dos anos 50 num pequeno bar / adega nos subúrbios de Derby.




De estilo arrojado e penteados criticados pelos mais conservadores, os Beatles arrebatavam corações em 1962. Em 1964 foram recebidos pela rainha Elizabete II, após sucessos de rádio como o “She Loves You” e “Can’t Buy Me Love”.

Em 1965 batem records com “Help” (que Paul McCartney admitiu ser inspirada na pressão que sentia devido à perseguição dos media e dos fãs) e com “Yesterday” (entrada direta também nos Estados Unidos da América).

Em 1967 é editado o álbum que críticos classificariam como o disco mais importante lançado. Irreverente, “Sgt Pepper’s Lonely Hearts Club Band” foi o maior sucesso de vendas de sempre. Na primeira semana de vendas atingiu os 250 milhões de discos.

Em 1970 o sonho terminava. John Lennon anunciava numa entrevista que os Beatles não tinham qualquer intenção de gravar mais nenhum álbum e que a banda tinha terminado. Por mais uma década, os fãs mantiveram a esperança e alimentaram o sonho de voltar a ver o quarteto junto novamente.

O motivo da separação da banda ainda hoje é discutido. Entre muitas ocorrências, podem ter influenciado a separação, o falecimento de Brian Epstein (empresário da banda e o homem mais influente junto dos Betles), as divergências nos “ingredientes” das letras e estilo musical (MacCartney procurava manter um estilo mais Pop-Rock, enquanto Lennon se entregava a um estilo mais experimental e introspetivo). No entanto, a maior convicção dos fãs dirige-se para a influência de Yoko Ono nas decisões da banda. A 8 de Dezembro de 1980, John Lennon era assassinado em Nova Iorque. O sonho tinha realmente terminado.

Imparáveis em sucessos, incansáveis na energia que transmitiam e isto valeu-lhes fãs, seguidores e verdadeiros amantes da Beatlemania até aos dias de hoje.

Implacáveis e explosivos, foram os Beatles que transformaram toda a forma de ser e de estar do rock na europa e no mundo. Depois dos Betles tudo foi diferente e a irreverencia destes 4 rapazes de Liverpool mudaram a história da música para todo o sempre.


Carla Horta

Título: Uma revolução chamada The Beatles

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 2

661 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoSofia Nunes

    11-09-2012 às 15:45:07

    Procurei este texto devido à comemoração, em 2012, do lançamento do primeiro tema dos Beatles, «Love me Do». Adoro - quem não gosta?- os Beatles, apesar de não ouvir frequentemente. Penso que, sendo Elvis Presley um dos meus cantores favoritos, e vendo que na Europa a preferência pelos Beatles sempre foi maior que pelo Elvis, sempre procurei fazer justiça à qualidade do segundo, menosprezando os primeiros. E no entanto as músicas dos Beatles ainda vivem.

    ¬ Responder

Comentários - Uma revolução chamada The Beatles

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Manutenção Automovel

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Automóveis
Manutenção Automovel\"Rua
Faça você mesmo a revisão do seu automóvel e poupe dinheiro em oficinas. Primeiro verifique com a ajuda de outra pessoa a iluminação exterior. Uma pessoa fica no interior do carro e liga as luzes, verifique á frente os mínimos, os médios, os máximos e os piscas. Depois atrás verifique os mínimos os stop a marcha atrás e o farol de nevoeiro.

A seguir verifique a iluminação do interior do veículo e do painel de instrumentos e a afinação do travão de mão.

Agora está na hora de verificar os filtros de ar, gasóleo e habitáculo. Dependendo da utilização eles podem fazer em média 40.00km, se estiverem sujos substitua-os por novos.

A seguir vem a mudança do óleo este em geral pode-se retirar pelo bujão de vazamento do cárter, convém substituir a anilha e o filtro de óleo. O óleo novo deve respeitar as especificações do fabricante, verificar no livro de manual de utilizador do veículo os litros de óleo do motor. Meter o óleo novo pelo bucal superior do motor com a ajuda de um funil, o nível do óleo não pode ultrapassar o máximo. Se não sabe a quantidade de óleo deite 4 litros e depois verifique o nível pela vareta de verificação de nível e vá deitando até chegar ao nível certo.

Agora é preciso verificar as pastilhas de travões, hoje em dia como quase todos os veículos têm jantes especiais consegue verificar sem desmontar as rodas. Substituir se necessário as pastilhas, ao desmontar repare como desmonta para depois voltar a montar tudo de novo. Por fim verifique a pressão dos pneus com um manómetro, a pressão indicada varia de carro pra carro se não sabe a pressão indicada ponha 2.2bar que é em média a pressão que todos utilizam.

Convém dizer que qualquer material que precise basta procurar numa loja de peças auto próxima de si ou então encomendar via net pois existem vários sites especializados em peças e materiais de manutenção auto. Vai ver que não custa nada se eu aprendi você também pode aprender e além disso fica a conhecer melhor o seu carro.

Com isto tudo pode poupar em média 200€ por cada revisão.
Obrigado e até a próxima.

Outros textos do autor:
Manutenção Automovel

Pesquisar mais textos:

Vendas Online

Título:Manutenção Automovel

Autor:Vendas Online(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    17-06-2014 às 04:55:10

    Há inúmeros benefícios para fazer a manutenção do automóvel, pois isso garante melhor preservação do veículo e se prolonga o uso por muitos e muitos anos.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios