Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Beleza > Queridas rugas

Queridas rugas

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Beleza
Comentários: 1
Queridas rugas

As queridas rugas começam aparecer, sejam de expressão ou da velhice, elas aparecem. Lamento se vos estou a dar um a péssima notícia. Eu própria ainda estou em choque. Eu posso lançar simples e naïf sorriso, que aparece logo uma ruguita na testa (aliás não tenho a certeza que se escreva assim ruguita, o que interessa é a ideia basicamente). Parece que atrai.

Pior que bruxedo. Se até agora tenho aconselhado o nosso amigo Sol pela vitamina D e a sua ajuda na produção de hormonas do bom humor, no caso das rugas, minhas queridas leitoras, deve fugir dele, como o diabo foge da cruz (mas que mal tem a cruz, ainda se fosse o vampiro do alho, até compreendia). Sim, é a sentença de óbito da nossa pele. Começamos a vê-la ser sepultada e o coveiro é o Sol. O melhor conselho que vos posso dar é beber água até cair. Quando caírem é sinal que está bom. Bem, agora a falar a sério, a água é um ótimo agente de limpeza, pois transpiramos, infelizmente, ou neste caso, felizmente, e assim ficamos limpinhas. Digam adeus à gordura, à poluição e outros amiguinhos espertos que invadem a nossa pele diariamente.

Malditos sejam! Já estou neste momento a contactar o professor Marurabibabicaca para fazer-vos uma magia negra. Que bela indireta! Comer bem não significa encher a pança até não conseguir dobrar a barriga, mas comer alimentos co vitaminas, pois a sua carência provoca o envelhecimento. O melhor que tem a fazer em relação à alimentação é evitar os alimentos que toda a gente gosta. É muito mais simples dizer assim do que ter de enumerar todos aqueles alimentos chatos que insistem em aparecer nos supermercados, entrarem nos nossos cestos e ainda apanhar boleia para a nossa casa. Que lata! Sugira todos aqueles alimentos que você sabe que fazem bem, ou seja, as verduras, os legumes, as frutas e os cereais integrais. A pior parte é o exercício físico. Está uma pessoa sentada no sofá e às X horas bate à porta e não cala até nos levantarmos. Não acho isto normal, de todo.

Daniela Vicente

Título: Queridas rugas

Autor: Daniela Vicente (todos os textos)

Visitas: 0

611 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • Briana AlvesBriana

    09-09-2014 às 06:12:09

    As rugas são inevitáveis! Mesmo que fiquemos tristes com o seu aparecimento, não podemos deixar de cuidar da nossa aparência. O uso de cosméticos até ajuda, mas descobri algo muito bom e bem econômico: beber muita, muita água mesmo! Faça isso!

    ¬ Responder

Comentários - Queridas rugas

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um sinal de compromisso

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Jóias Relógios
Um sinal de compromisso\"Rua
Exibir uma aliança de compromisso é, frequentemente, motivo de orgulho e, quando se olha para ela, vai-se rodando-a no dedo e fica-se com aquela expressão ridícula na cara.

Uma questão se coloca: qual a razão de estas alianças de compromisso serem tão fininhas: será porque os seus principais clientes, os jovens, são sujeitos de poucas posses (tendendo as mesadas a emagrecer ainda mais com a crise generalizada) ou porque esse compromisso, não obstante a paixão arrebatadora, é frágil e inseguro?

Sim, porque aqui há que fazer cálculos matemáticos: x compromissos vezes y alianças…com um orçamento limitado sobre um fundo sentimental infinito…

Depois, importa perpassar os tipos destas alianças. Há as provisórias, que duram em média quinze dias; há as voadoras, que atravessam os ares à velocidade da luz quando a coisa dá para o torto; há as que insistem em cair do dedo, sobretudo em momentos em que ter um compromisso se revela extremamente inoportuno; e depois há as residentes, que uma vez entradas não tornam a sair.

Os pombos-correios usam anilhas onde figuram códigos que os identificam. Talvez não fosse completamente descabido fazer umas inscrições deste género em algumas alianças de compromisso por aí…

Só para ajudar os mais esquecidos a recordarem a que “pombal” pertencem.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Um sinal de compromisso

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    22-09-2014 às 05:46:10

    Um sinal de amor e lealdade perpétua! Adoro ver os vários modelos de aliança! Vale a pena escolher uma bem bonita!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios