Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Beleza > PH ácido contribui para a celulite

PH ácido contribui para a celulite

Categoria: Beleza
Visitas: 8
Comentários: 3
PH ácido contribui para a celulite

Por celulite entende-se uma acumulação de gordura nas camadas superficiais da pele, que origina o chamado efeito “casca de laranja”. As mulheres conhecem de perto este problema, que não ocorre apenas em pessoas com excesso de peso. É possível que haja uma predisposição genética para a celulite, relacionada com o estrogénio.

Independentemente, há factores que podem despoletar o aparecimento da celulite, que incluem a ingestão desmesurada de fritos, bebidas alcoólicas e de doces e deficiente de água, o tabaco, o stress, problemas circulatórios, alterações hormonais (por exemplo, na gravidez) e a falta de exercício físico.

Existem algumas teorias apologistas de que a celulite pode ser hormonal, metabólica, circulatória e tóxica (ocasionada pela demasia de radicais livres no organismo, em boa medida devido à má alimentação). Os regimes alimentares das pessoas apresentam uma acidez crescente, que se traduz em problemas de saúde e de obesidade. O ideal seria cumprir um plano alimentar em que fosse dada preferência aos alimentos alcalinos, em detrimento dos ácidos, numa proporção de 60 (alcalinos) /40 (ácidos). A mudança do PH para mais alcalino visa coadjuvar a eliminação das toxinas do organismo; a alcalinidade é ambiente favorável à sua expulsão. Efectivamente, o excesso de toxinas e a inflamação são as principais causas de celulite e de aumento de peso.

Há alimentos que favorecem uma maior acidificação do organismo (farinha de trigo, sal, pão branco, carne, peixe, queijo, leite, iogurte, açúcar, fritos, churrasco, café, refrigerantes, bebidas alcoólicas, doces, gelados, enlatados, milho, alimentos abundantes em gorduras) e outros que, pelo contrário, sendo ricos em potássio e magnésio, garantem um PH mais alcalino (a maior parte dos vegetais, melão, ananás, lima, nectarina, couve, alho, leguminosas, frutos secos, castanhas, nozes e outras oleaginosas, tubérculos, cogumelos e o imbatível limão). Escolher os alimentos alcalinos aporta incontáveis vantagens para a saúde, uma vez que, alcalinizando o sangue, melhoram a absorção dos nutrientes do corpo. A opção por estes alimentos não é, contudo, suficiente para combater a celulite. Limitar o consumo de aditivos alimentares (que contêm imensas toxinas), de gorduras, hidratos de carbono refinados e alimentos potencialmente alergénicos, assim como mudar o comportamento alimentar, no que concerne, por exemplo, a uma boa hidratação e a uma correcta mastigação, são, de igual modo, fundamentais. A harmonia advirá de uma alimentação capaz de “digladiar” os radicais livres, retardar o envelhecimento e manter a pele saudável, rica em vitaminas, minerais, proteínas, gorduras saudáveis, hidratos de carbono complexos, fibras e muita água (que ajuda a remover as toxinas do organismo).

À semelhança do que acontece com os minerais, também as emoções têm o poder de alcalinizar ou acidificar partes do organismo num ápice. O stress, a raiva, a inveja, o ciúme, a ansiedade, a crítica, a competição, a desidratação, etcétera, conseguem acidificar o organismo em segundos. E, quando o PH do sangue está ácido (abaixo de 7, que corresponde à neutralidade), as gorduras aderem às paredes das artérias, originando doenças coronárias, e também se depositam sob a forma de celulite. Em contrapartida, o afecto, a benevolência, a compreensão, o bom humor, o amor, a meditação e outras emoções positivas designam estados de harmonia metabólica, de grande potencial alcalinizante.



Maria Bijóias

Título: PH ácido contribui para a celulite

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 8

762 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • Luene ZarcoLuene

    24-06-2014 às 16:25:32

    Concordo com você! Quanto mais a gente se afasta de alimentos que não só contribui para celulite, mas para outras doenças, melhor mesmo. A alimentação é um fator decisivo para manter sempre com uma boa saúde.

    ¬ Responder
  • André BelacorçaAndré Belacorça

    09-10-2012 às 08:47:21

    Sim realmente muitas pessoas não querem querer, mas muitos alimentos são os causadores da celulite, um problema muito comum nas mulheres e muito indesejado, já que muitas mulheres "andam" perturbadas graças a este problema de pele, mas que actualmente existem muitas e variadas maneiras de combater a celulite, basta pesquisar, procurar, que informam-se rápido sobre este problema e como combate-lo.

    ¬ Responder
  • Carla HortaCarla Horta

    08-10-2012 às 23:50:56

    Que os alimentos estavam muitas vezes na origem do aparecimento e a teimosa persistência, já sabia, mas desconhecia completamente que algumas emoções a que estamos sujeitos no dia a dia podem despoletar ácidos que provocam a celulite. Sempre a aprender nesta guerra contra a celulite que não deixa de ser uma batalha de muitas (e muitos) e cada vez maior.

    ¬ Responder

Comentários - PH ácido contribui para a celulite

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os benefícios do piso laminado

Ler próximo texto...

Tema: Materiais Construção
Os benefícios do piso laminado\"Rua
Ao se realizar uma obra, ou na renovação de ambientes, há sempre muitas opções de técnicas e tecnologias de construção civil, arquitetura e decoração a serem escolhidas da forma mais adequada ao resultado que se espera. O piso adequado ao ambiente que se está construindo ou reformando é uma questão bastante relevante para o sucesso do empreendimento e para o bem-estar dos usuários.

Os tipos de pavimentos ou assoalhos ou revestimentos são diversificados e para cada tipo de ambiente, construção e gosto pessoal há um mais adequado. Pelos inúmeros benefícios que tem apresentado, o piso laminado tem sido bastante escolhido como revestimento nos ambientes modernos. Ele é composto por quatro camadas, feitas de fibras de madeira de alta densidade, lâminas de celulose, lâminas decorativas e filme cristalino de celulose, colados diretamente ao chão. Essa composição garante estabilidade, beleza, resistência, facilitando a limpeza. Somente com estes argumentos já se pode notar as vantagens desse tipo de piso, contudo ainda existem outras.

Os pisos laminados custam menos que os pisos de madeira, seu substrato é ecologicamente correto, já que as madeiras utilizadas na composição desse piso provêm de florestas certificadas e possui fácil instalação, sem a necessidade de pregá-lo ao chão. Além disso, os pisos laminados não precisam de envernizamento como os pisos de madeira que causam mau cheiro e sujeira. Os pisos laminados são mais resistentes que os pisos de madeira devido a sua alta pressão. A superfície dos pisos laminados de alto tráfego contém papel decorativo que garante diversas possibilidades de estampas e combinações.

Existem, portanto, dois tipos distintos de pisos laminados. Os pisos laminados de madeira têm em sua composição madeira natural e são revestidos com verniz. São indicados para ambientes residenciais e menos movimentados. Os pisos laminados de alto tráfego são compostos por madeiras de alta densidade cobertas por papel decorativo. São mais resistentes e, em virtude disso, indicados para ambientes de grande circulação. Podem estar em ambientes residenciais, porém para ambientes comerciais é o ideal.

Os pisos laminados são resistentes à luz do sol, a riscos e a manchas. São práticos devido à diversificada opção de padrões e funcionais devido à facilidade de limpá-lo. Acomodam-se perfeitamente em qualquer ambiente, proporcionando fácil decoração. Entretanto, medidas para mantê-lo em bom estado por mais tempo (apesar da sua alta durabilidade) devem ser tomadas. Colocar proteção na entrada das portas evita a instalação de sujeira e pedras. Forrar móveis e peças decorativas, que entrem em contato com o piso, é recomendado, a fim de não marcá-lo. Esses forros podem ser feitos com tecidos felpudos ou recortes em feltro. Forrar os móveis ao movimentá-los é apropriado para não riscar o piso. Salto alto fino com base metálica também marca esse tipo de piso. Evitar molhar em demasia o piso é necessário, pois caso contrário pode haver o inchamento do piso. Deve-se mantê-lo sempre seco.

Esse tipo de piso também tem a vantagem de não carregar cupins, contudo é preciso verificar as condições de presença desses insetos. Ambientes com cupins requerem a desintetização prévia.

Pesquisar mais textos:

Rosana Fernandes

Título:Os benefícios do piso laminado

Autor:Rosana Fernandes(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    12-05-2014 às 12:45:43

    O piso laminado é muito bom, sua durabilidade é de quase 40 anos e são mais fáceis de manter.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • silvana 22-02-2014 às 18:17:44

    o piso laminada tem durabilidade de quantos anosposso passar pano umido no piso loaminado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios