Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Beleza > A Importância Da Beleza Feminina

A Importância Da Beleza Feminina

Categoria: Beleza
Visitas: 4
Comentários: 1
A Importância Da Beleza Feminina

A beleza tem se difundido no decorrer dos tempos,vendo a história da mulher, no seu cotidiano,ou seja no aconchego do seu lar, mostra o seu lado feminino de uma forma que não consegue extrair, demonstrar toda a sua feminilidade.

E com isso muitos casamentos, tem se desgastado, pois a preocupação da mulher, desde a sua mocidade com a chegada dos filhos, tem um comprometimento muito amplo no cuidado dos afazeres domésticos e na preocupação, como seu esposo e os filhos, na preparação para ir à escola, na saúde, arrumação da casa, enfim tantas coisas a fazer, que ela mal tem tempo para se cuidar.

E a importância com a beleza perde-se e não se auto valoriza mais, somente com a perda do marido para outra ou quando há um despertamento interno, através da mídia e de amigas que abrem os seus olhos. Para que, assim, tenha esta preocupação, ela logo vê que o tempo está passando e está envelhecendo. E o tempo é implacável, não tem como voltar atrás.

Mas a partir deste momento, o tempo torna-se precioso onde ela irá valorizar cada segundo vivido, passar horas ao espelho, que vem a ser o seu confidente, como no conto de fadas, existe aquele momento histórico e marcante onde a madrasta da branca de neve fala com a sua imagem refletida ao espelho, dizendo... espelho...espelho.. meu, existe alguém, mais bonita do que eu.

É claro que isto foi apenas uma simbologia que fiz, para exemplificar o quanto a mulher na sua beleza individual, passa a sentir-se tão importante e a valorizar-se, pois ela descobre o quanto é bela,bonita e especial. E como ela passará a sentir-se bem, pois sua vida terá um novo sentido, satisfação, irá procurar trabalhar fora, comprar produtos, ou seja para a sociedade,ela terá não só aquele papel da mulher antiga, que basicamente falando era a escrava do lar, servia ao esposo e aos filhos e não tinha tempo algum para ela.

E o interessante de tudo é que isto é passado de mãe para a filha, que ao ver sua mãe se cuidando, passa a ter um exemplo a ser seguido. E o ramo da beleza acaba encontrando nestas pessoas, como cliente em potencial, pois elas passam a ser os alvos para um negócio tão lucrativo e tão competitivo mundialmente, onde marcas famosas se esforçam com suas equipes de Vendas e marketing, procurando a cada dia desenvolver produtos para vender para estas mulheres.

A beleza na análise nua e crua é algo tão importante para a valorização do ser humano, mas tudo tem seus prós e os contras, pois as vezes tem pessoas que abusam demasiadamente da beleza, não tendo cuidado em procurar produtos que sejam oficiais, registrados em órgãos sérios que zelam pelo bem estar da beleza e com isto passam a ter problemas de pele ou saúde como um todo.


Davi Santos

Título: A Importância Da Beleza Feminina

Autor: Davi Santos (todos os textos)

Visitas: 4

399 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoRui Berti

    15-10-2014 às 19:15:38

    Gostei muito do texto, interessante e com muito bom conteúdo...ajudou-me num trabalho que ando a fazer sobre: Beleza Feminina.

    ¬ Responder

Comentários - A Importância Da Beleza Feminina

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal

Ler próximo texto...

Tema: Literatura
Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal\"Rua
Gertrude Stein foi uma escritora de peças de teatro, de peças de opera, de ficção, de biografia e de poesia, nascida nos Estados Unidos da América, e escreveu a Autobiografia de Alice B. Toklas, vestindo a pele, e ouvindo pela viva voz da sua companheira de 25 anos de vida, os relatos da historia de ambas, numa escrita acessível, apresentando situações caricatas ou indiscretas de grandes vultos da arte e da escrita da sua época. Alice B. Toklas foi também escritora, apesar de ter vivido sempre um pouco na sombra de Stein. Apesar de ambas terem crescido na Califórnia, apenas se conheceram em Paris, em 1907.


Naquela altura, Gertrude vivia há quatro anos com o seu irmão, o artista Leo Stein, no numero 27 da rue de Fleurus, num apartamento que se tinha transformado num salão de arte, recebendo exposições de arte moderna, e divulgando artistas que viriam a tornar-se muito famosos. Nestes anos iniciais em Paris, Stein estava a escrever o seu mais importante trabalho de início de carreira, Three Lives (1905).


Quando Gertrude e Alice se conheceram, a sua conexão foi imediata, e rapidamente Alice foi viver com Gertrude, tornando-se sua parceira de escrita e de vida. A casa, como se referiu atrás, tornou-se um local de reunião para escritores e artistas da vanguarda da época. Stein ajudou a lançar as carreiras de Matisse, e Picasso, entre outros, e passou a ser uma espécie de teórica de arte, aquela que descrevia os trabalhos destes artistas. No entanto, a maior parte das críticas que Stein recebia, acusavam-na de utilizar uma escrita demasiado densa e difícil, pelo que apenas em 1933, com a publicação da Autobiografia de Alice B. Toklas, é que o trabalho de Gertrude Stein se tornou de facto reconhecido e elogiado.


Alice foi o apoio de Gertrude, foi a dona de casa, a cozinheira, grande cozinheira aliás, vindo mais tarde a publicar algumas das suas receitas, e aquela que redigia e corrigia o que Gertrude lhe ditava. Assim, Toklas fundou uma pequena editora, a Plain Editions, onde publicava o trabalho de Gertrude. Aliás, é reconhecido nesta Autobiografia, que o papel de Gertrude, no casal, era o de marido, escrevendo e discutindo arte com os homens, enquanto Alice se ocupava da casa e da cozinha, e de conversar sobre chapéus e roupas com as mulheres dos artistas que visitavam a casa. Depois da morte de Gertrude, Alice continuou a promover o trabalho da sua companheira, bem como alguns trabalhos seus, de culinária, e um de memórias da vida que ambas partilharam.


Assim, este livro que inspirou o filme “Meia noite em Paris”, de Woody Allen, é um livro a não perder, já nas livrarias em Portugal, pela editora Ponto de Fuga.

Pesquisar mais textos:

Liliana Félix Leite

Título:Autobiografia de Alice B. Toklas, de Gertrude Stein, pela primeira vez em Portugal

Autor:Liliana Félix Leite(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios