Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Automóveis > Como cuidar da suspensão do carro

Como cuidar da suspensão do carro

Categoria: Automóveis
Comentários: 2
Como cuidar da suspensão do carro

A suspensão é um elemento essencial para garantir a estabilidade de um veículo, tendo a função de absorver as vibrações (para maior conforto dos usuários), contribuir para manter as rodas em contacto permanente com o chão e assim dar maior segurança nas situações de travagem e curvas.

Existem pessoas que conduzem de forma agressiva, o que leva a um desgaste maior e mais rápido nos sistemas de suspensão do veículo. Nestes casos, os componentes têm um tempo de vida útil menor o que gera mais despesa para o condutor “agressivo”. Por outro lado, se o condutor resolve arriscar para poupar dinheiro, está a colocar a sua própria vida em risco.

Por estas e outras razões é fundamental manter a suspensão do carro em boas condições de forma que esta responda positivamente sempre que necessário.

Existem vários tipos de suspensões, mas independentemente do modelo, os cuidados a ter para cuidar da suspensão do carro são basicamente os mesmos:

- Deve cumprir com as inspecções periódicas, das molas e amortecedores, recomendadas pelo fabricante.

- Deve fazer a mudança das molas e amortecedores consoante as indicações do fabricante, ou em caso de avaria ou comprometimento antecipado dos mesmos.

- Deve cumprir com o alinhamento e balanceamento periódico dos pneus.

- Deve evitar fazer modificações na suspensão e/ou alterar o tamanho das jantes e dos pneus. Lembre-se que o seu veículo foi testado sob especificações técnicas rigorosas, e que a alteração dessas especificações levará a uma diminuição das condições de segurança desse mesmo veículo. Lembre-se que poderá estar a colocar em risco não só a sua vida mas também a dos ocupantes.

A suspensão é parte integrante da segurança activa de um veículo, e por isso não deve facilitar.

Cuide da suspensão do seu carro para se manter seguro e ao mesmo tempo zelar também pela segurança das pessoas que transporta consigo.


Carlos Vieira

Título: Como cuidar da suspensão do carro

Autor: Carlos Vieira (todos os textos)

Visitas: 0

715 

Imagem por: ognjen.odobasic

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    17-06-2014 às 03:46:37

    Bem explicado em como cuidar da suspensão do carro. É muito importante manter o carro em bom estado e com todos os elementos funcionando perfeitamente bem.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • paulo domingos joçaopaulo domingos joçao

    29-08-2011 às 18:50:26

    preçiso tanto da vossa ajuda em falar da suspensão de um veiculo ligeiro.

    ¬ Responder

Comentários - Como cuidar da suspensão do carro

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Um sinal de compromisso

Ler próximo texto...

Tema: Jóias Relógios
Um sinal de compromisso\"Rua
Exibir uma aliança de compromisso é, frequentemente, motivo de orgulho e, quando se olha para ela, vai-se rodando-a no dedo e fica-se com aquela expressão ridícula na cara.

Uma questão se coloca: qual a razão de estas alianças de compromisso serem tão fininhas: será porque os seus principais clientes, os jovens, são sujeitos de poucas posses (tendendo as mesadas a emagrecer ainda mais com a crise generalizada) ou porque esse compromisso, não obstante a paixão arrebatadora, é frágil e inseguro?

Sim, porque aqui há que fazer cálculos matemáticos: x compromissos vezes y alianças…com um orçamento limitado sobre um fundo sentimental infinito…

Depois, importa perpassar os tipos destas alianças. Há as provisórias, que duram em média quinze dias; há as voadoras, que atravessam os ares à velocidade da luz quando a coisa dá para o torto; há as que insistem em cair do dedo, sobretudo em momentos em que ter um compromisso se revela extremamente inoportuno; e depois há as residentes, que uma vez entradas não tornam a sair.

Os pombos-correios usam anilhas onde figuram códigos que os identificam. Talvez não fosse completamente descabido fazer umas inscrições deste género em algumas alianças de compromisso por aí…

Só para ajudar os mais esquecidos a recordarem a que “pombal” pertencem.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Um sinal de compromisso

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: ognjen.odobasic

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    22-09-2014 às 05:46:10

    Um sinal de amor e lealdade perpétua! Adoro ver os vários modelos de aliança! Vale a pena escolher uma bem bonita!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios