Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Arte > Mesopotâmia - Arte da Acádia

Mesopotâmia - Arte da Acádia

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Arte
Visitas: 62
Mesopotâmia - Arte da Acádia

O cultivo e o armazenamento das colheitas e a domesticação dos animais possibilitaram o desenvolvimento da civilização. Os povos iniciaram a construção de habitações permanentes. O desenvolvimento das cidades possibilitou mudanças sobre a vida dos habitantes, e, em particular, a produção de obra de arte. A Mesopotâmia oferecia ao agricultor oportunidades do cultivo devido aos rios Tigre e Eufrates e seus afluentes. Começaram a dominar as técnicas de irrigação. Inventaram a roda e o arado.

À medida que estas civilizações cresciam, evoluíram para cidades-estado, com a respetiva organização social. A administração que acompanhou esta organização social gerou o sistema de escrita conhecida como cuneiformes. Este sistema foi usado em contabilidade e no poema épico da suméria, Gilgamesh. A falta de pedra leva-os a usar tijolos secos ao Sol.

De Tell Halaf vemos surgir o apogeu da cerâmica pintada, gosto pelo geometrizante e suásticas, a Uruk, declínio da arte ceramista por causa da invenção da roda de oleiro, produção em massa, e a Djemdet Nasr, contactos com Egito pré-faraónico.
A arquitetura religiosa das cidades: os templos em terraço e santuários em terraço alto, a Zigurate. Significa “cume da montanha” ou “elevação”. Torre ou colina piramidal comum aos assírios, babilónio e sumérios. Constituída em tijolo de adobe. Poderia ter escadaria ou rampa de acesso em espiral, que contornava a construção em grande declive. No topo ficavam os santuários. Estas pirâmides representavam o encontro do céu com a terra. Acreditava-se que era a morado dos deuses. As plataformas podiam ser retangulares, ovais e quadrados.

A arte da Acádia surge com uma noção de espacialidade nas estelas – estela Naramsin. Surgem os cilindros-selos com cenas de apresentação, paisagens com animais, árvores da vida e lutas com forças da natureza.

Os cilindros-selos eram usados para a decoração de jarros. Eram objetos cilíndricos, normalmente feitos de pedra, com um orifício atravessando o interior de lado a lado. O escultor gravava um desenho sobre a superfície do selo, que depois era impresso na argila fresca revelando a imagem contrária em relevo, que se repetia à medida que o cilindro era rolado sobre a argila. Os temas eram divinos, animalescos ou atividades quotidianos.


Daniela Vicente

Título: Mesopotâmia - Arte da Acádia

Autor: Daniela Vicente (todos os textos)

Visitas: 62

773 

Comentários - Mesopotâmia - Arte da Acádia

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios