Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Arte > Galeria Uffizi, em Florença

Galeria Uffizi, em Florença

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Arte
Visitas: 2
Galeria Uffizi, em Florença

Cosimo I, grão-duque de Florença, mecenas das artes, mandou construir o Palazzo Vecchio, que ficou concluído em 1565. Eram chamados Uffizi. Os Medici utilizaram os Uffizi para guardar as suas fantásticas obras de arte. Mais tarde, transformaram-se num museu. Pietro Leopoldo, grão-duque, decide criar um acesso para o público à Galleria degli Uffizi, ou seja, os Medici estão ligados aos Uffizi que por sua vez estão ligados à cidade de Florença.

Encontramos na Galleria degli Uffizi muitos artistas, nomeadamente italianos, do conhecimento e do agrado do público, como por exemplo: Cimabue, Madonna da Santíssima Trindade; Duccio di Buoninsegna, Madonna de Rucellai; Giotto, A Madonna de Todos-os-Santos; Pietro Lorenzetti, A Virgem com ó Menino; Ambrogio Lorenzetti, Apresentação no Templo; Beato Angelico, Tebaida; Lorenzo Monaco, A Coroação da Virgem; Gentile da Fabriano, Adoração dos Magos; Masolino, Madonna da Humildade; Paolo Ucello, A Batalha de São Romão; Masaccio, Virgem fazendo cócegas; Beato Angelico, A Coroação da Virgem; Filippino Lippi, Adoração dos Magos; Piero della Francesca, Duplo retrato dos Duques de Urbino; Antonio Pollaiolo, Hércules e Hidra; Sandro Botticelli, O Nascimento de Vénus e A primavera; Hugo van der Goes, Tríptico de Portinari; Rogier van der Weyden, Deposição no sepulcro; Leonardo da Vinci, Anunciação; Bronzino, Retrato de Eleonora de Toledo; Pontormo, Retrato de Cosimo o Velho; Perugino, Retrato de Francesco Maria delle Opere; Lucas Cranach, o Velho, Adão e Eva; Jan Bruegel, o Velho, O grande Calvário; Albrecht Dürer, Adoração dos Magos; Andrea Mantegna, A Virgem das caves; Corregio, Adoração do Menino; Miguel Ângelo Buonarroti, Tondo Doni; Raffaello Sanzio, Madonna do Pintassilgo; Tiziano Vecellio, Vénus de Urbino; Caravaggio, Baco, entre outros.

A Batalha de São Romão, de Paolo Ucello, mostra a batalha de São Romão, em primeiro plano, e um fundo campestre, onde vemos camponeses na lavoura. Esta batalha representa o confronto entre os florentinos e os senenses. As forças de Florenças saíram vitoriosas e foram comandadas por Niccolò di Tolentino.

A Anunciação, de Leonardo da Vinci, passa-se no exterior, num jardim, onde se pode deslumbrar uma cidade marítima entre a névoa. No primeiro plano, vemos a Virgem Maria e o arcanjo Gabriel. A mensagem já toda a gente conhece.

Daniela Vicente

Título: Galeria Uffizi, em Florença

Autor: Daniela Vicente (todos os textos)

Visitas: 2

674 

Comentários - Galeria Uffizi, em Florença

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios