Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Arte > A Pintura Francesa - Neoclassicismo E Romantismo

A Pintura Francesa - Neoclassicismo E Romantismo

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Arte
Visitas: 8
A Pintura Francesa - Neoclassicismo E Romantismo

A pintura francesa neoclássica e romântica exaltam a glória da França, um país cheio de História ao alcance da arte.

A pintura de Jacques-Louis David, o Juramento dos Horácios, de 1784, contém as figuras dos Horácios num espaço clássico. O pai destaca-se na composição, segurando as espadas dos filhos ao alto. Estes dão um passo firme e uníssono à frente, com a mão esticada para as espadas. À direita, as mulheres choram a desgraça que vem a caminho: Camila, Sabina (mulher de um Horácio) e mãe dos irmãos Horácio, que reconforta os seus netos. À esquerda, uma luz irradia a cena principal até às mulheres chorosas.

Outra obra conhecida e apreciada pelo público deste pintor é A coroação de Napoleão, atualmente exposta no Museu do Louvre. A cena acontece no dia 2 de novembro de 1802, na catedral de Notre-Dame em Paris, aquando a aclamação de Napoleão Bonaparte e a sua mulher, Josefina Beauharnais, como imperador e imperatriz de França. Ficou conhecido como Napoleão I. As figuras de destaque são os novos governantes de França: Napoleão segura a coroa ao alto que vai colocar na cabeça da sua mulher Josefina. Ambos estão vestidos de branco com um manto vermelho. Destacamos aqui a figura do Papa Pio VII em frente ao altar. A rodear esta cena, estão mais de 50 figuras de grande importância para o novo governo que se avizinhava com esta cerimónia. Todos estão retratados com grande realismo.

A Balsa de Medusa, de Théodore Géricault, retrata os sobreviventes do naufrágio do navio Medusa numa balsa, a lutarem pela sua sobrevivência. A artista apanha o momento em que os náufragos veem o navio que os vai resgatar daquela situação, que, provavelmente, os levaria à morte.

A Liberdade guiando o povo, uma obra de Eugène Delacroix, representa a libertação da França aderindo ao Republicanismo. É uma homenagem à Revolução de julho, dias gloriosos para o povo francês. A mulher que simboliza a Liberdade traz uma espingarda na mão esquerda e a bandeira francesa na mão direita. Na cabeça tem um barrete frígio, símbolo da Revolução Francesa. Ela é a figura que se destaca, caminhando sobre os mortos e indicando o caminho aos seus seguidores.


Daniela Vicente

Título: A Pintura Francesa - Neoclassicismo E Romantismo

Autor: Daniela Vicente (todos os textos)

Visitas: 8

785 

Comentários - A Pintura Francesa - Neoclassicismo E Romantismo

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios