Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Animais Estimação > O Adestramento De Cães Para Obediência

O Adestramento De Cães Para Obediência

Categoria: Animais Estimação
O Adestramento De Cães Para Obediência

O adestramento de obediência elementar tem a finalidade de educar o seu cão com as normas comportamentais. Os controles são utilizados para que se tenha dominação e posse sobre o animal independente de sua raça. O adestramento é fundamental para que o cão seja perfeitamente obediente ao seu dono. Porém, a obediência do animal não se limita somente as práticas dos comandos elementares e das normas, a questão é revelar ao cão a distinção entre o que é certo e o que é errado e como o mesmo deve reagir diante das circunstâncias que ainda enfrentará no decorrer de sua vida como um cão, afinal os animais são irracionais. O adestramento levará o animal ao exemplo.

Você tem a possibilidade de adestrar o seu cão, porém em certos casos o animal não se entrega ao treinamento com facilidades. E como resolver essa situação? Para que o cão permita esse adestramento é necessário técnicas específicas completas. Busque um profissional ou um especialista da área que efetuará o adestramento completo que inclui tudo que diz respeito ao modo adequado dos cães. Se você quer que seu cão seja obediente sua vida tem que mostrar para ele atitudes de obediência. O cão é irracional, mas é muito inteligente. Não vacile e ele te atenderá e te aceitará.

O papel do dono do cão é bastante fundamental, pois o animal precisa enxergá-lo como seu treinador. Seja forte pois a conservação da atitude desejada precisa ser realizada pelo próprio dono. É necessário empenho por parte do líder que tem que contribuir para fazer com que seu pet seja um amigo confiável.

Os ensinos sobre a obediência elementar têm como foco educar seu cão com atividades de nível básico usando os seguintes comandos:

1) Não! - Serve para tudo o que seu pet não deve agarrar ou fazer.

2) Fica ou quieto! - Ordem para que seu cão fique sentado ou deitado.

3) Junto! - Comando que ensina o cão a se juntar com seu dono.

4) Senta agora! - Ordem para que o cão sente.

5) Deita! - Mandamento para que o cão fique deitado.

6) Venha aqui! - Chamamento para o cão de encontro ao dono.

7) Devagar! - Comando para que o cão ande devagar. Não carregue o animal pela correia.

Muitas outras atividades podem ser ensinadas, tudo dependerá das circunstâncias e necessidades em que o animal se encontra. A presença do líder no decorrer do trabalho de adestramento é muito fundamental, até mesmo fazendo parte de alguns ensinamentos quando possível.

Se houver interesse, o dono terá a possibilidade de fazer parte de todas as sessões e também agir como adestrador, sempre atendendo as direções do especialista no adestramento.


Natanael Genoel

Título: O Adestramento De Cães Para Obediência

Autor: Natanael Genoel (todos os textos)

Visitas: 0

447 

Comentários - O Adestramento De Cães Para Obediência

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios