Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Animais Estimação > Acupunctura Nos Animais

Acupunctura Nos Animais

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Animais Estimação
Acupunctura Nos Animais

“Mudam-se os tempos, Mudam-se as vontades…”, já dizia Luís de Camões e falava com uma enorme verdade!

A medicina não é, obviamente exceção, e se já nos conhecemos tão bem geneticamente, as medicinas alternativas, tem ocupado um lugar com substancial importância nas nossas vidas.
A medicina, terapia e medicamentos tradicionais são muitas vezes substituídos por medicinas e tratamentos alternativos.

Apesar do ceticismo de muitos relativamente às chamadas mesinhas, são cada vez mais os aficionados desta alternativa. Mesmo os mais descrentes, entregam-se a esta medicina para pequenas maleitas.

Com cerca de 2500 anos, a acupunctura é uma das medicinas alternativas mais procuradas. A acupunctura consiste na aplicação de agulhas em pontos definidos do corpo.

Esta prática de origem Chinesa é considerada um complemento de acordo com as terminologias da Organização Mundial de Saúde, e promove o equilíbrio energético, proporcinando o retorno da normalidade em todo organismo, não apenas energicamente, mas também de forma químico - biológica. Esta energia (eletricidade) do corpo que é manipulada através de estímulos em pontos específicos, comanda todo a fisiologia do organismo.

A acupunctura defende que o nosso corpo funciona não só com o fator químico - biológico, mas também com eletricidade, sendo esta a mais importante, ou seja a que controla todas as nossas funções. Como a acumputura controla a energia, consegue comandar as outras funções do organismo.

Curiosamente, a acupunctura não serve só para tratar pessoas, mas também animais.
Muitos animais têm, através da acupunctura deixado de ser sacrificados em consequência de doenças e dores crónicas.

Exemplo disso foi um estudo efetuado no Rio de Janeiro – Brasil, tendo por base um pequeno dálmata que com pouco mais de um ano, foi atropelado e corria o risco de morrer. Não conseguia andar e sofria de dores intensas.

Com a insistência dos donos, o cachorro fez 16 sessões de acupuntura, e não só escapou da morte, como voltou andar, e as dores desapareceram.

Assim como ele, muitos animais, sobretudo domésticos, têm, devido à acupunctura, deixado de ser sacrificados em consequência de doenças e dores crónicas.

O índice de melhoria nos casos de problemas neurológicos, dos ossos, músculos e articulações chega a 80% e resultado de cura vai de 60% a 70%. Para os mesmos problemas, a medicina convencional apresenta uma percentagem de melhoria que ronda os 50%, segundo alguns veterinários.

A acupunctura é indicada como tratamento para praticamente todos os problemas de saúde dos animais, e sua eficácia é também usada como anestésico.

Não é uma solução milagrosa e, em muitos casos, deve e tem de ser usada, em conjunto com a medicina convencional. Noutros casos como os de dor de coluna e paralisia, a medicina tradicional é a única opção porque os medicamentos existentes na medicina alternativa não funcionam ou têm eficácia insuficiente.

No final de contas, ao surtir efeitos positivos, porque não estarmos abertos a medicinas alternativas?


Carla Horta

Título: Acupunctura Nos Animais

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

619 

Imagem por: jpctalbot

Comentários - Acupunctura Nos Animais

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Fine and Mellow

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Música
Fine and Mellow\"Rua
"O amor é como uma torneira
Que você abre e fecha
Às vezes quando você pensa que ela está aberta, querido
Ela se fechou e se foi"
(Fine and Melow by Billie Holiday)

Ao assistir a Bio de Billie Holiday, ocorreu-me a questão Bluesingers x feminismo, pois quem ouve Blues, especialmente as mais antigas, as damas dos anos 10, 20, 30, 40, 50, há de pensar que eram mulheres submissas ao machismo e maldade de seus homens. Mas, as cantoras de Blues, eram mulheres extremamente independentes; embora cantassem seus problemas, elas não eram submissas a ponto de serem ultrajadas, espancadas... Eram submissas, sim, ao amor, ao bom trato... Essas mulheres, durante muito tempo, tiveram de se virar sozinhas e sempre que era necessário, ficavam sós ou mudavam de parceiros ou assumiam sua bissexualidade ou homossexualidade efetiva. Estas senhoras, muitas trabalharam como prostitutas, eram viciadas em drogas ou viviam boa parte entregues ao álcool, merecem todo nosso respeito. Além de serem precursoras do feminismo, pois romperam barreiras em tempos bem difíceis, amargavam sua solidão motivadas pelo preconceito em relação a cor de sua pele, como aconteceu a Lady Day quê, quando tocava com Artie Shaw, teve que esperar muitas vezes dentro do ônibus, enquanto uma cantora branca cantava os arranjos que haviam sido feitos especialmente para ela, Bilie Holiday. Foram humilhadas, mas, nunca servis; lutaram com garra e competência, eram mulheres de fibra e cheias de muito amor. Ouvir Billie cantar Strange Fruit, uma das primeiras canções de protestos, sem medo, apenas com dor na alma, é demais para quem tem sentimentos. O brilho nos olhos de Billie, fosse quando cantava sobre dor de amor ou sobre dor da dor, é insubstituível. Viva elas, nossas Divas do Blues, viva Billie Holiday, aquela que quando canta parte o coração da gente; linda, magnifica, incomparável, Lady Day.

O amor vai fazer você beber e cair
Vai fazer você ficar a noite toda se repetindo

O amor vai fazer você fazer coisas
Que você sabe que são erradas

Mas, se você me tratar bem, querido
Eu estarei em casa todos os dias

Mas, se você continuar a ser tão mau pra mim, querido
Eu sei que você vai acabar comigo

Pesquisar mais textos:

Sayonara Melo

Título:Fine and Mellow

Autor:Sayonara Melo(todos os textos)

Imagem por: jpctalbot

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios