Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Vai um cogumelo

Vai um cogumelo

Categoria: Alimentação
Visitas: 2
Vai um cogumelo

Os cogumelos, muito apreciados por um grande número de pessoas, podem ser, como é do conhecimento geral, muito perigosos para a saúde. Costuma deixar-se a tarefa de os apanhar para quem os reconhece bem e sabe distinguir os que são bons para comer, e não fará, portanto, perigar a vida de quem os for consumir. Há, contudo, quem, na brincadeira, diga que todos os cogumelos são comestíveis, só que uns comem-se apenas uma vez…!

Ainda assim, e como não se brinca com um assunto tão sério, convém que se colham apenas as espécies sobejamente conhecidas, e para gastar ou conservar de imediato. Em caso de dúvida, a melhor política é ir pelo pior caso, evitando correr riscos desnecessários. Em hipótese nenhuma de devem misturar cogumelos que se conhecem com outros de que pouco se sabe, pois a possibilidade de contaminação por meio dos esporos venenosos é bem real. Este descuido pode, em ultima análise, conduzir à morte!

Os cogumelos velhos não são aptos para a alimentação. A sua derradeira contribuição prende-se com a multiplicação da espécie. Se houver a desconfiança de ataque por vermes, devem rejeitar-se os exemplares afectados. Para transportar os fungos recolhidos utiliza-se um recipiente que favoreça a ventilação, pelo que os sacos de plásticos não constituem opção.

A água de ferver os cogumelos NUNCA se aproveita. São poucas as espécies que se podem ingerir cruas.

Existem já à venda cogumelos secos, desidratados a temperaturas controladas para não perderam os seus atributos nutritivos. Deste modo, não lhes são aplicados conservantes nem antioxidantes e mantêm-se totalmente naturais, saudáveis e deliciosos. Para os re-hidratar basta colocá-los numa tigela com água fria ou tépida, cerca de 20 a 30 minutos e livrá-los da terra e das impurezas que se sedimentam no fundo. Depois disto, estarão prontos a ser incorporados em pizzas, assados, massas, cremes, sopas, souflés, etcétera.

Os cogumelos são bastante ricos em proteínas e fibras, não patenteando, praticamente, gordura. O seu elevado teor em fibras torna-os de fácil digestão. Para além disso, são compostos por 80 por cento de água, tendo baixo valor nutritivo e calórico, pelo que não engordam! Adicionalmente, encerram uma boa fonte de minerais (fósforo, potássio e ferro) e de vitaminas (B1, B2, B6 e D). Conferem uma sensação de saciedade com poucas calorias, integrando o cardápio de muitas dietas de emagrecimento. Quando secos e triturados, substituem o sal, uma vez que emprestam um excelente paladar à comida.


Maria Bijóias

Título: Vai um cogumelo

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 2

805 

Comentários - Vai um cogumelo

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios