Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Primeiros passos para uma reeducação alimentar

Primeiros passos para uma reeducação alimentar

Categoria: Alimentação
Comentários: 2
Primeiros passos para uma reeducação alimentar

É muito comum encontrar hoje pela internet inúmeras dietas, que dizem fazer emagrecer muito mais rápido do que o saudável e recomendado pelos médicos especialistas. O emagrecimento poderá ser um processo bem lento, dependendo do seu metabolismo.
Seguindo algumas dicas saudáveis, você poderá chegar ao peso ideal sem prejudicar o seu organismo e também sem se privar de refeições deliciosas. Afinal, nosso corpo precisa de todos os tipos de nutrientes.

Café da manhã (5:00 ás 8:00)

A principal refeição do dia. Seu “suco gástrico” já metabolizou suas refeições anteriores e você precisará se alimentar, a fim de evitar gastrites ou outras doenças estomacais. Leite, iogurte, cereal e pães, poderão compor um café da manhã saudável, te dando toda a energia necessária para começar seu dia. O grande segredo é não exagerar. Caso vá preparar um pão, evite manteigas ou margarinas, substituindo-as por requeijão light, cream chease light ou queijo tipo cottage, que além de serem menos calóricos, oferecem mais nutrientes como cálcio e proteínas. Caso sinta fome até o almoço, coma uma fruta.

Almoço (12:00 ás 13:00)

Evite massas e frituras, dando preferência aos grelhados. Com certeza você já ouviu: “Um prato saudável deve ser colorido!”. É verdade. Para isso, coloque uma porção média de arroz (de preferência integral) e feijão (uma concha), acompanhados de um filé de frango grelhado ou peixe. A carne grelhada também está liberada. Apenas retire as gorduras ao seu redor. Nunca se esqueça da salada. Uma boa salada inclui alface (ou acelga), tomate, pepino, e todos os outros vegetais que você dispor. Não exagere no tempero, nem no sal. Para beber, esqueça refrigerantes e bebidas prontas. Deixe a preguiça de lado e faça sucos naturais adoçados com adoçante.

Lanche (16:00)

Semelhante ao café da manhã. Varie um pouco uma refeição da outra, para não enjoar de comer sempre a mesma coisa. Se você comeu torradas no café da manhã, prefira o pão no lanche. Essa variação fará com que você se esqueça de que está fazendo uma dieta, trazendo o peso ideal com mais facilidade.

Jantar (19:00 ás 20:00)

É recomendável jantar pelo menos 3 á 4 horas antes de dormir. Siga as mesmas regras do almoço. Caso sinta fome até a hora de dormir, coma uma fruta ou beba um copo de leite.

Dicas adicionais:

O seu peso pode variar até 2 kg no mesmo dia. Separe um dia e horário certo para se pesar durante seu período de dieta. O ideal é se pesar no início da semana e de jejum.

Consulte um nutricionista para uma indicação mais específica ao seu organismo.

Tenha responsabilidade e controle ao seguir sua dieta.


Guilherme Oliveira

Título: Primeiros passos para uma reeducação alimentar

Autor: Guilherme Oliveira (todos os textos)

Visitas: 0

607 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • SophiaSophia

    17-04-2014 às 21:33:21

    A Rua Direita acredita que isso é de fundamental importância, não apenas por questão de estética, mas muito mais pela boa saúde.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoAntónio

    17-03-2014 às 16:56:35

    Muito bom texto!
    Obrigado

    ¬ Responder

Comentários - Primeiros passos para uma reeducação alimentar

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios