Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > O bem que o chocolate faz!

O bem que o chocolate faz!

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alimentação
Visitas: 2
O bem que o chocolate faz!

Hoje em dia fala-se bastante sobre alimentação saudável. Fala-se de verduras, cereais, fruta, tudo coisas que fazem bem. Mas os nutricionistas às vezes esquecem de falar de algo que consumido com moderação pode ser um bom aliado contra certas doenças tais como: o stress e a depressão. Sim. Estou a falar do chocolate. Porque não? Lá porque existem consumidores compulsivos (como eu), que assaltam o frigorífico e o armário da cozinha (como eu), que são capazes de comer esta preciosidade ao pequeno almoço, almoço e jantar ( e atenção que eu não sou o melhor exemplo), não quer dizer que o chocolate não seja benéfico fazendo parte de uma alimentação equilibrada e saudável.

Infelizmente ainda axiste o esteriótipo de que quem ingere tal alimento vai absolutamente obter diabetes e mais uma mão cheia de doenças associadas. Isso não é verdade, pois existem pessoas que nem sequer gostam de doces. Nem sequer tocam num pedacinho de chocolate e ainda assim têm a tão temida doença. Acho que está na hora de ser resolvido esse preconceito. Claro que há pessoas mais propensas do que outras. E aconselho sempre a procurar um médico ou nutricionista se tiver dúvidas na sua alimentação. Mas acredite ou não. O chocolate faz milagres. Esse ingrediente delicioso faz-nos mudar de humor da noite para o dia. A mim trás-me sempre um bem-estar indescritivel durante todo o dia. É um estimulante natural.

E de onde apareceu este incrível alimento? Este começou a ser ingerido no tempo dos Astecas há longos séculos atrás. Para eles era uma alimento sagrado. E há até quem diga que durante a Segunda Guerra Mundial os soldados eram alimentados com chocolate para manterem a energia, quando havia falta de comida. Se com todos estes argumentos ainsa assim o leitor é contra a ingestão de chocolate, então tem bom remédio. Não coma. É por isso que existe tanta variedade de alimentos. Senão enjoavamos de comer sempre as mesmas coisas. Eu, por mim, vou continuar a derreter-me com a minha famosa mousse de chocolate que eu adoro. Quem mais é da opinião de que o chocolate devia ser considerado um alimento saudável? Sim, quem é da mesma opinião que eu?

Jovita Capitão

Título: O bem que o chocolate faz!

Autor: Jovita Capitão (todos os textos)

Visitas: 2

612 

Comentários - O bem que o chocolate faz!

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios