Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Comida Nepalesa

Comida Nepalesa

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alimentação
Visitas: 18
Comida Nepalesa

Se há uns anos atrás nos tínhamos que deslocar para encontrar diferentes sabores, nos dias que correm, saberes e sabores culinários de todo o mundo estão a pouca distância, na nossa cidade, nas redondezas, ou até para os aventureiros cozinheiros, receitas novas e típicas do outro lado do mundo que estão á distância de um clique.

A cozinha Italiana invadiu as nossas vidas desde há muito e a gastronomia Chinesa é uma presença forte também no nosso dia-a-dia, existem cozinhas que são uma apetitosa novidade.
Apesar de Portugal ter uma história forte e rica nas especiarias trazidas há muito da India, certo é que existem cozinhas cuja riqueza de sabores devido à utilização destes pequenos pozinhos é de uma enormidade de degustação.

É o caso da gastronomia Nepalesa.




Mas para compreender a cozinha Nepalesa, o melhor é começarmos pela sua origem. O coração do Nepal. Sem costa marítima, o Nepal é um país asiático dos Himalaias, fronteiriço com o Tibete e a India.

O seu valor histórico é incalculável e para quem não sabe, o Buda (Siddártha Guatama) nasceu aqui, mas só 10% da população é budista, sendo o hinduísmo a maior religião e é também a terra da conhecida Flor de Lótus.

Sendo a maior parte dos hinduístas vegetarianos 8à semelhança do que se passa na India), a gastronomia Nepalesa é rica em todo o tipo de vegetais (a produção de produtos agrícolas é enorme neste país), Dal Baht é uma das tradições Nepalesas mais conhecidas pelo mundo. Estando claramente o arroz no centro da mesa, são inúmeros os molhos que o acompanham. Chetnim, caril entre muitas outras “sopas” de especiarias.

Embora para muitos a comida Nepalesa pareça picante, para os locais, os condimentos são normais e indispensáveis.

O iogurte é também muito utilizado e o pão, muito ao estilo Italiano chama-se Roti. Um prato à base de frango bem temperado que se aconselha tem o nome de Kukhura.

Quanto a bebidas, são quase sempre caseiras. O Raksi (destilado de arroz) eo Chang são os mais bebidos, mas nada vence o chá. Aqui mistura-se com leite e especiarias – como não poderia deixar de ser. – Dudh Chia.

Um docinho para a sobremesa? Cuca Marpha. Há base de maçãs é um prazer de chorar por mais.
Deliciar-se com comida é um gosto que quase todos nós gostamos, mas não se deixe só apaixonar pelo bife com batatas fritas. Há um mundo inteiro de coisas novas e deliciosas para saborear.

Que tal começar pelo Nepal?


Carla Horta

Título: Comida Nepalesa

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 18

806 

Comentários - Comida Nepalesa

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Secretária em vidro

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Mobiliário
Secretária em vidro\"Rua
A maior parte das casas tem um escritório para fazer os trabalhos relativos Á profissão ou outros. È uma divisão extremamente necessária para as pessoas se recolherem a trabalhar. Por isso o escritório deve ser um local com conforto e agradável. O ambiente torna-se extremamente importante para o recolhimento necessário e a concentração que certos trabalhos exigem. Se não se tiver no local de trabalho tem de construir-se em casa.

Em todas as profissões é útil ter uma secretária para colocar um computador portátil. Livros e outros acessórios. É uma peça de mobiliário que não se dispensa de forma nenhuma. Desde sempre que foi indispensável na escola, no escritório, na empresa. A sua funcionalidade é como a do computador que praticamente não se dispensa. Para onde se vá leva-se o computador portátil a servir de complemento.

No que diz respeito à secretária ela exige um bom material e design bonito. E de facto há secretárias muito belas desde o seu modelo ao material e design. Por exemplo uma secretária em vidro fica muito bem num escritório amplo de uma vivenda ou numa empresa particular bem decorada. Pode colocar-se também num pequeno escritório de um apartamento ou numa sala especial e decorada a gosto. Há quem prefira ter uma secretária num espaço pequeno especificamente para trabalho. Deste modo concentra-se mais nele e não pensa no que tem para fazer em casa. Ou seja, dá mais prioridade ao que eventualmente tenha que fazer numa secretária. Para além de ajudar a decorar e embelezar o espaço onde se coloca dá um certo ar de charme e gramou num ambiente. Se este for decorado com objectos bonitos de decoração e uma estante para livros dá um ar mais intelectual ao ambiente. Deste modo mais propício para o recolhimento.

Não é por acaso que muita gente prefere o seu escritório para passar as horas que dispõe no seu quotidiano ou fins – de - semana. É um local propício a pensar mais nos projectos, no trabalho e nos encargos da vida. Deste modo cada divisão da casa tem uma funcionalidade diferente e um ar distinto dos restantes.

Não quer dizer que uma secretária em vidro não fique adaptada noutro local que não seja para o trabalho de estudantes ou outros, ela pode ainda adaptar-se para embelezar ou harmonizar espaços que estejam por preencher numa casa maior ou outro local. Sem dúvida que a secretária em vidro não vai deixar mal nenhum espaço onde se coloque.

Pesquisar mais textos:

Teresa Maria Batista Gil

Título:Secretária em vidro

Autor:Teresa Maria Gil(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    20-04-2014 às 15:52:38

    Fantástico texto! A Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios