Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Comida Nepalesa

Comida Nepalesa

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alimentação
Visitas: 18
Comida Nepalesa

Se há uns anos atrás nos tínhamos que deslocar para encontrar diferentes sabores, nos dias que correm, saberes e sabores culinários de todo o mundo estão a pouca distância, na nossa cidade, nas redondezas, ou até para os aventureiros cozinheiros, receitas novas e típicas do outro lado do mundo que estão á distância de um clique.

A cozinha Italiana invadiu as nossas vidas desde há muito e a gastronomia Chinesa é uma presença forte também no nosso dia-a-dia, existem cozinhas que são uma apetitosa novidade.
Apesar de Portugal ter uma história forte e rica nas especiarias trazidas há muito da India, certo é que existem cozinhas cuja riqueza de sabores devido à utilização destes pequenos pozinhos é de uma enormidade de degustação.

É o caso da gastronomia Nepalesa.




Mas para compreender a cozinha Nepalesa, o melhor é começarmos pela sua origem. O coração do Nepal. Sem costa marítima, o Nepal é um país asiático dos Himalaias, fronteiriço com o Tibete e a India.

O seu valor histórico é incalculável e para quem não sabe, o Buda (Siddártha Guatama) nasceu aqui, mas só 10% da população é budista, sendo o hinduísmo a maior religião e é também a terra da conhecida Flor de Lótus.

Sendo a maior parte dos hinduístas vegetarianos 8à semelhança do que se passa na India), a gastronomia Nepalesa é rica em todo o tipo de vegetais (a produção de produtos agrícolas é enorme neste país), Dal Baht é uma das tradições Nepalesas mais conhecidas pelo mundo. Estando claramente o arroz no centro da mesa, são inúmeros os molhos que o acompanham. Chetnim, caril entre muitas outras “sopas” de especiarias.

Embora para muitos a comida Nepalesa pareça picante, para os locais, os condimentos são normais e indispensáveis.

O iogurte é também muito utilizado e o pão, muito ao estilo Italiano chama-se Roti. Um prato à base de frango bem temperado que se aconselha tem o nome de Kukhura.

Quanto a bebidas, são quase sempre caseiras. O Raksi (destilado de arroz) eo Chang são os mais bebidos, mas nada vence o chá. Aqui mistura-se com leite e especiarias – como não poderia deixar de ser. – Dudh Chia.

Um docinho para a sobremesa? Cuca Marpha. Há base de maçãs é um prazer de chorar por mais.
Deliciar-se com comida é um gosto que quase todos nós gostamos, mas não se deixe só apaixonar pelo bife com batatas fritas. Há um mundo inteiro de coisas novas e deliciosas para saborear.

Que tal começar pelo Nepal?


Carla Horta

Título: Comida Nepalesa

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 18

806 

Comentários - Comida Nepalesa

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios