Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Bolo de Iogurte - Microondas

Bolo de Iogurte - Microondas

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alimentação
Visitas: 40
Bolo de Iogurte - Microondas

Preparar uma sobremesa demora ainda algum tempo. Às vezes, nem temos alguns ingredientes mais específicos de pastelaria. Quando precisamos de uma sobremesa rápida para um jantar imprevisto, ou para o lanche das crianças, esta é uma opção fácil e prática!

Prepare os seguintes ingredientes:

• 3 ovos
• 250 gramas de açúcar
• 2 copos de iogurte à sua escolha
• 1 copo de iogurte (que atua como um copo de medição) de óleo
• 300 gramas de farinha
• 1 colher de sopa de baunilha
. fermento
• Uma pitada de sal
• Óleo ou manteiga ou papel manteiga na frigideira

Preparação
Depois de juntar os ovos com o açúcar, adicione o iogurte e, lentamente, o óleo, mexendo para misturar tudo muito bem.
Adicione a farinha peneirada com o fermento em pó e sal.
Após esse esforço, despeje tudo numa panela e coloque no micro-ondas por 12 minutos a 650 Watts, desligue o micro-ondas e deixe esfriar dentro do mesmo (não coloque as mãos).

Esta é uma receita que a criançada vai adorar. Pode adicionar a esta receita ingredientes a seu gosto. Algumas frutas, chocolate, frutos secos,… Pode apresentar o bolo de diversas formas depois de desenformado. Pode optar por colocar os frutos secos por cima do bolo e algum açúcar baunilhado para que este fique bem decorado.

Para complementar esta receita pode colocar por cima do bolo de iogurte uma calda de chocolate derretido com algumas natas, previamente batidas e com uma pitada de baunilha para aromatizar, por cima em volta do bolo desenhando um círculo.

Os ingredientes que utiliza na confeção deste bolo podem ser diversos, pode fazer as combinações que mais apreciar. Se o bolo for servido a crianças, os ingredientes devem ser mais selecionados. Desta forma, introduziremos menos calorias no bolo. E, no fim de desenformar o bolo, pode colocar ursinhos de goma a toda a volta do bolo. A forma do próprio bolo pode ter diversas formas. Existem formas em silicone, ótimas para este efeito pois são muito práticas para desenformar o bolo e muito simples de limpar, que pode utilizar e escolher qualquer forma: urso, coração, folha, avião…

As crianças ficarão encantadas com as formas e deliciadas com os sabores doces e diversos que o bolo conterá.


Rua Direita

Título: Bolo de Iogurte - Microondas

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 40

768 

Comentários - Bolo de Iogurte - Microondas

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

A arte de trabalhar a madeira

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Serviços Construção
A arte de trabalhar a madeira\"Rua
A carpintaria constitui, digamos assim, a arte de trabalhar a madeira. É claro que, de acordo com o produto final, se percebe bem que uns carpinteiros são mais artistas do que outros…

Às vezes nem se trata tanto dos pormenores, mas mesmo de desvirtuar o que era a ideia inicial e constava da encomenda. Mal comparado, quase se assemelha à situação daquela aspirante a costureira que pretendia fazer uma camisola para o marido e, no fim, saíram umas calças!

Na construção civil, a madeira é utilizada para diversos fins, temporários ou definitivos. Na forma vitalícia (esperam os clientes!) incluem-se estruturas de cobertura, esquadrias (portas e janelas), forros, pisos e edifícios pré-fabricados.

Quase todos os tipos de madeira podem ser empregues na fabricação de móveis, mas alguns são preferidos pela sua beleza, durabilidade e utilidade. É conveniente conhecer as características básicas de todas as madeiras, como a solidez, a textura e a côr.

Ser capaz de identificar o género de madeira usado na mobília lá de casa pode ajudar a determinar o seu real valor. Imagine-se a possibilidade de uma cómoda velha, que estava prestes a engrossar o entulho para a recolha de lixo, ter sido feita com o que hoje se considera uma madeira rara.

É praticamente equivalente a um bilhete premiado do Euromilhões, dado que se possui uma autêntica relíquia! Nestes casos, a carpintaria entra na área do restauro e da recuperação. Afinal, nem tudo o que é velho se deita fora…

Por outro lado, as madeiras com textura mais fraca são frequentemente manchadas para ganhar personalidade. Aqui há que remover completamente o acabamento para se confirmar a verdadeira natureza da madeira.

É assim também com muita gente: tirando a capa, mostram-se autenticamente. Mas destes, nem um artificie com “bicho-carpinteiro” consegue fazer nada…!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:A arte de trabalhar a madeira

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Luene ZarcoLuene

    23-09-2014 às 13:23:35

    Uma excelente técnica que penso ser muito bonito e sofisticado. A arte de trabalhar madeira está sempre em desenvolvimento e crescimento.

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    01-06-2014 às 05:18:46

    É ótimo o trabalho com a madeira. Pode-se perceber grandes obras que se faz com ela. Realmente, é uma verdadeira arte!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios