Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > Beba água: combata a desidratação!

Beba água: combata a desidratação!

Categoria: Alimentação
Comentários: 1
Beba água: combata a desidratação!

A água é o maior constituinte do organismo humano, variando a sua percentagem em função da quantidade de massa muscular e de tecido adiposo. O tecido muscular é o que comporta as células com maior concentração de água. O peso corporal de um homem tem à volta de 54 por cento de água e o das mulheres ostenta um valor próximo dos 49 por cento.

A importância da água é extrema, uma vez que todo o nosso metabolismo tem como base mecanismos reactivos que se processam em soluções aquosas. Ela transporta nutrientes e elimina produtos tóxicos provenientes da actividade do nosso corpo.

Perdemos, diariamente, água pela urina, pelas fezes, pelo suor e pelo ar que sai dos pulmões, num total de cerca de dois litros. Esta perda tem de ser reposta, sob pena de se entrar em desidratação. Para tal, é preciso ingerir, directa e indirectamente (através de alimentos e outros líquidos – fruta, legumes, iogurtes, leite, sumos), pelo menos, tanta água como a que se perde.

Morre-se mais depressa ficando sem beber do que sem comer. É possível sobreviver algumas semanas sem comida, mas poucos dias sem água. De facto, o desequilíbrio do balanço hídrico pode revelar-se um problema muito grave e até fatal. Normalmente, a sede aparece como o primeiro sintoma de desidratação, avançando-se rapidamente para situações mais preocupantes, que englobam náuseas, comprometimento do desempenho físico, dificuldade em manter a temperatura do corpo estável e de concentração, e diminuição do rendimento laboral. Em estados mais severos, a desidratação é passível de desencadear fraqueza, espasmos musculares e mesmo delírio. Com uma perda de água que ronde os 11 por cento do peso corporal é provável que ocorram falhas na função renal e com 20 por cento a morte pode ser o desfecho.

Ante circunstâncias que fomentem a desidratação (prática de desporto, temperaturas altas, altitudes elevadas, diarreia ou vómitos, ambientes de reduzida humidade) deve incrementar-se a ingestão de líquidos, mormente água. Como em tudo, «mais vale prevenir do que remediar»!

No Verão, há que beber muita água ao longo do dia (entre 1,5 e três litros). Convém ter em atenção que as bebidas alcoólicas desidratam e que as bebidas açucaradas não são eficazes para hidratar. Utilizar roupas pouco apertadas e de cores claras nos dias mais quentes ajuda a não transpirar tanto e, consequentemente, a perder menos líquidos. As crianças e os idosos têm necessidades acrescidas, pelo que se recomenda oferecer-lhes água várias vezes ao dia.

Mantenha-se especialmente atento (a) aos sinais de desidratação: dores de cabeça, pele áspera e seca, cansaço, dores musculares e articulares, prisão de ventre, boca e lábios secos, urina pouco abundante e com cor e cheiro intensos. Na dúvida, afogue a desidratação!



Maria Bijóias

Título: Beba água: combata a desidratação!

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 0

650 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • williamwilliam

    29-08-2009 às 17:44:31

    quero uma coisa que fale sobre o funcionamentoO da desidrataçao no organismo de uma pessoa...
    e ate agora nao achei..

    ¬ Responder

Comentários - Beba água: combata a desidratação!

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Fine and Mellow

Ler próximo texto...

Tema: Música
Fine and Mellow\"Rua
"O amor é como uma torneira
Que você abre e fecha
Às vezes quando você pensa que ela está aberta, querido
Ela se fechou e se foi"
(Fine and Melow by Billie Holiday)

Ao assistir a Bio de Billie Holiday, ocorreu-me a questão Bluesingers x feminismo, pois quem ouve Blues, especialmente as mais antigas, as damas dos anos 10, 20, 30, 40, 50, há de pensar que eram mulheres submissas ao machismo e maldade de seus homens. Mas, as cantoras de Blues, eram mulheres extremamente independentes; embora cantassem seus problemas, elas não eram submissas a ponto de serem ultrajadas, espancadas... Eram submissas, sim, ao amor, ao bom trato... Essas mulheres, durante muito tempo, tiveram de se virar sozinhas e sempre que era necessário, ficavam sós ou mudavam de parceiros ou assumiam sua bissexualidade ou homossexualidade efetiva. Estas senhoras, muitas trabalharam como prostitutas, eram viciadas em drogas ou viviam boa parte entregues ao álcool, merecem todo nosso respeito. Além de serem precursoras do feminismo, pois romperam barreiras em tempos bem difíceis, amargavam sua solidão motivadas pelo preconceito em relação a cor de sua pele, como aconteceu a Lady Day quê, quando tocava com Artie Shaw, teve que esperar muitas vezes dentro do ônibus, enquanto uma cantora branca cantava os arranjos que haviam sido feitos especialmente para ela, Bilie Holiday. Foram humilhadas, mas, nunca servis; lutaram com garra e competência, eram mulheres de fibra e cheias de muito amor. Ouvir Billie cantar Strange Fruit, uma das primeiras canções de protestos, sem medo, apenas com dor na alma, é demais para quem tem sentimentos. O brilho nos olhos de Billie, fosse quando cantava sobre dor de amor ou sobre dor da dor, é insubstituível. Viva elas, nossas Divas do Blues, viva Billie Holiday, aquela que quando canta parte o coração da gente; linda, magnifica, incomparável, Lady Day.

O amor vai fazer você beber e cair
Vai fazer você ficar a noite toda se repetindo

O amor vai fazer você fazer coisas
Que você sabe que são erradas

Mas, se você me tratar bem, querido
Eu estarei em casa todos os dias

Mas, se você continuar a ser tão mau pra mim, querido
Eu sei que você vai acabar comigo

Pesquisar mais textos:

Sayonara Melo

Título:Fine and Mellow

Autor:Sayonara Melo(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios