Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > A fruta engorda?

A fruta engorda?

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alimentação
Comentários: 2
A fruta engorda?

A resposta a esta pergunta parece quase óbvia: tudo o que se ingere, à exceção da água, detém poder alimentício, portanto é suscetível de engordar. Naturalmente que há uns alimentos mais calóricos, como os doces e os fritos, e outros que fornecem menos calorias, nos quais se inclui a fruta. No entanto, em excesso, qualquer alimento pode ser responsável por um aumento de peso.

Para aferir acerca do “potencial de engorda” da fruta, é preciso avaliar os índices de doçura (as frutas variam bastante em termos de percentagem de açúcares) e as quantidades ingeridas. Uma fatia de melancia, por exemplo, é substancialmente menos calórica do que uma banana, já que contém uma grande porção de água na sua composição. O mesmo se aplica aos citrinos, aos morangos e às maçãs.

O recomendado para o comum dos adultos é o consumo médio de três peças de fruta por dia, com inclusão de um citrino. No entanto, o tomate, que também é uma fruta, e legumes, como a cenoura, ou vegetais de folhas verdes tenras, que têm menos calorias do que a fruta, também podem ser usados. Outra dica passa por incorporar nos snacks, para além da fruta fresca, um iogurte natural não açucarado, ou um magro, cenoura crua, queijo fresco magro e uma fatia de pão de centeio com nozes ou barrado com uma compota pouco doce.

A ideia dos snacks (mini-lanches) é não ficar muitas horas sem comer. A jornada alimentar deve compreender um bom pequeno-almoço, duas refeições “a sério” (com direito a sentar à mesa e utilizar faca e garfo), e dois ou três lanchinhos com poucas calorias. Beber um ou dois copos de água antes das refeições principais ajuda, de igual modo, a controlar o apetite.

Existem alguns mitos relacionados com a fruta. Um deles atribui ao ananás/abacaxi a convenientíssima propriedade de queimar gordura. Pois bem, não é verdade. Isso é apanágio unicamente do exercício físico. Outro diz que o sumo de fruta não engorda. Se a fruta tem açúcar, o sumo, vindo da fruta, tê-lo-á igualmente. Não obstante, diluindo esse sumo com água, ingere-se menos açúcar. O sumo que engorda menos é o de limão e o que mais anafa é o de laranja, cujas calorias são proporcionalmente idênticas às dos refrigerantes. Nestes últimos, porém, o teor de açúcares não é o único problema; os corantes, conservantes, aromatizantes e toda a espécie de aditivos tornam-nos nada saudáveis.

A ingestão de frutas é aconselhável no cardápio diário de toda a gente. Elas constituem fontes de vitaminas, minerais, fibras e antioxidantes, não contendo praticamente gordura, e sendo de fácil digestão, ao mesmo tempo que favorecem a sensação de saciedade. Só é preciso ter em atenção que exagerar na fruta é passível de apresentar resultados semelhantes aos exageros nos doces. Entre as frutas com baixo valor calórico estão a maçã, pera, abacaxi, limão, caju e kiwi, e nas de valor calórico mais elevado figuram a banana, laranja, abacate e o coco.


Maria Bijóias

Título: A fruta engorda?

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 0

810 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Bruna antunesBruna antunes

    06-05-2011 às 22:04:37

    Nossa tenho uma fome imensa ,,,
    e estou fazendo dieta pis faço academia , procuro comer apenas coisas saudaveis, mas ñ me contento com o meu almoço , bom gostaria de saber se engorda muito comer pedaços de melancia ou então de abacaxi ....Na verdade ha minha vontade maior e nas frutas mesmo amo ...

    ¬ Responder
  • nelsinelsi

    11-01-2011 às 11:05:43

    astei e achei de grande importância as informações sobre alimentação saúdavel.

    ¬ Responder

Comentários - A fruta engorda?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como cuidar de Plantas de interior

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Bricolage Jardim
Como cuidar de Plantas de interior\"Rua
Cada planta tem um comportamento diferente, vou colocar aqui alguns cuidados que servem para a maioria delas.

LUZ:

Os principais erros no cultivo de plantas de interior é a falta de luz.
Se elas estiverem em locais onde não há luz suficiente, isso pode ser corrigido com a instalação de luz artificial, existe no mercado lâmpada que imitam a luz natural.


TEMPERATURA:

Mudanças bruscas de temperatura retardam e até paralisa o crescimento da planta, bem como causa a queda de folhas.


UMIDADE:

A maioria das plantas necessita de uma umidade atmosférica adequada.
Normalmente notamos que a planta não está com a umidade correta quando acontece ficarem amarelas e a queda de folhas.


IRRIGAÇÃO:

Conselhos básicos:
Uma planta em fase de crescimento vai precisar de mais água que uma que está em fase de dormência, ou já atingiu o seu tamanho adulto.
Durante a floração a planta precisa de mais água que em sua fase de crescimento
Em ambientes internos mais quentes é evidente que a planta vai precisar de mais águas que em ambientes mais frios.
Para saber qual é o momento exato de molhar, enfie o dedo no substrato, se sentir ele seco, chegou a hora

FERTILIZANTE:

Para que a planta tenha um desenvolvimento harmonioso convém usar periodicamente de fertilizantes que podem ser líquido ou sólidos.
No mercado existe a venda fertilizante com fórmulas específicas para cada planta.
Após a utilização do fertilizante regue a planta.

LIMPEZA:

Faça regularmente a limpeza de folhas secas e caule, pois elas são bastante positivas não só esteticamente como para a saúde das plantas.
Se estiver acumulada muita poeira sobre as folhas, espane, e depois passe um pano húmido
Atenção: Existe algumas espécies, que tem as folhas aveludadas, tipo a Violeta Africana, Begônia Rex, etc. que não deve ser colocada água é só usar uma escovinha bem macia.

TROCA DE VASO:

De uma maneira geral após 1 ou 2 anos as plantas de interior devem ser colocadas em vasos de tamanho maior.
Isso deve ser feito porque as raízes passam a ocupar um grande espaço e também porque o substrato vai perdendo sua composição inicial.
A época mais adequada varia de planta para planta, algumas devem ser feitas na primavera e outras quando estão na fase de repouso.
Aproveite para obterem mudas, separando brotos e dividindo touceiras.

Pesquisar mais textos:

Miguel Pereira

Título:Como cuidar de Plantas de interior

Autor:Miguel Pereira(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Briana AlvesBriana

    13-10-2014 às 04:09:31

    Muito bom! É tão gratificante cuidar de plantas. A gente vê o quanto elas florescem quando são bem-cuidadas. Amei as dicas!

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    18-04-2014 às 22:36:55

    Fantástico seu texto, a Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios