Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > A fruta engorda?

A fruta engorda?

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alimentação
Comentários: 2
A fruta engorda?

A resposta a esta pergunta parece quase óbvia: tudo o que se ingere, à exceção da água, detém poder alimentício, portanto é suscetível de engordar. Naturalmente que há uns alimentos mais calóricos, como os doces e os fritos, e outros que fornecem menos calorias, nos quais se inclui a fruta. No entanto, em excesso, qualquer alimento pode ser responsável por um aumento de peso.

Para aferir acerca do “potencial de engorda” da fruta, é preciso avaliar os índices de doçura (as frutas variam bastante em termos de percentagem de açúcares) e as quantidades ingeridas. Uma fatia de melancia, por exemplo, é substancialmente menos calórica do que uma banana, já que contém uma grande porção de água na sua composição. O mesmo se aplica aos citrinos, aos morangos e às maçãs.

O recomendado para o comum dos adultos é o consumo médio de três peças de fruta por dia, com inclusão de um citrino. No entanto, o tomate, que também é uma fruta, e legumes, como a cenoura, ou vegetais de folhas verdes tenras, que têm menos calorias do que a fruta, também podem ser usados. Outra dica passa por incorporar nos snacks, para além da fruta fresca, um iogurte natural não açucarado, ou um magro, cenoura crua, queijo fresco magro e uma fatia de pão de centeio com nozes ou barrado com uma compota pouco doce.

A ideia dos snacks (mini-lanches) é não ficar muitas horas sem comer. A jornada alimentar deve compreender um bom pequeno-almoço, duas refeições “a sério” (com direito a sentar à mesa e utilizar faca e garfo), e dois ou três lanchinhos com poucas calorias. Beber um ou dois copos de água antes das refeições principais ajuda, de igual modo, a controlar o apetite.

Existem alguns mitos relacionados com a fruta. Um deles atribui ao ananás/abacaxi a convenientíssima propriedade de queimar gordura. Pois bem, não é verdade. Isso é apanágio unicamente do exercício físico. Outro diz que o sumo de fruta não engorda. Se a fruta tem açúcar, o sumo, vindo da fruta, tê-lo-á igualmente. Não obstante, diluindo esse sumo com água, ingere-se menos açúcar. O sumo que engorda menos é o de limão e o que mais anafa é o de laranja, cujas calorias são proporcionalmente idênticas às dos refrigerantes. Nestes últimos, porém, o teor de açúcares não é o único problema; os corantes, conservantes, aromatizantes e toda a espécie de aditivos tornam-nos nada saudáveis.

A ingestão de frutas é aconselhável no cardápio diário de toda a gente. Elas constituem fontes de vitaminas, minerais, fibras e antioxidantes, não contendo praticamente gordura, e sendo de fácil digestão, ao mesmo tempo que favorecem a sensação de saciedade. Só é preciso ter em atenção que exagerar na fruta é passível de apresentar resultados semelhantes aos exageros nos doces. Entre as frutas com baixo valor calórico estão a maçã, pera, abacaxi, limão, caju e kiwi, e nas de valor calórico mais elevado figuram a banana, laranja, abacate e o coco.


Maria Bijóias

Título: A fruta engorda?

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 0

810 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 2 )    recentes

  • Bruna antunesBruna antunes

    06-05-2011 às 22:04:37

    Nossa tenho uma fome imensa ,,,
    e estou fazendo dieta pis faço academia , procuro comer apenas coisas saudaveis, mas ñ me contento com o meu almoço , bom gostaria de saber se engorda muito comer pedaços de melancia ou então de abacaxi ....Na verdade ha minha vontade maior e nas frutas mesmo amo ...

    ¬ Responder
  • nelsinelsi

    11-01-2011 às 11:05:43

    astei e achei de grande importância as informações sobre alimentação saúdavel.

    ¬ Responder

Comentários - A fruta engorda?

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Contador de moedas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Material Escritório
Contador de moedas\"Rua
O mundo dos negócios exige um grande dispêndio de energia e muitas horas de trabalho. No entanto hoje já é possível fazer recurso da alta tecnologia para poupar tempo e dinheiro. O recurso às funções do computador para o comércio facilita e atrai muitos clientes para empresas e comerciantes. No que diz respeito a contas é possível fazer uma contagem rápida e eficaz do dinheiro, sem passar horas a contar e com o risco de engano. É por isso que cada vez mais pessoas ligadas a negócios e serviços optam por adquirir um contador de moedas. Deste modo sabem que poupam tempo e não falham na sua contagem.

Dos inúmeros equipamentos que a alta tecnologia põe ao dispor, este é sem dúvida um equipamento que beneficia em muito o trabalho de muita gente. Por ser pequeno é muito cómodo e exige pouco espaço, ou melhor pode ser colocado em qualquer lugar.

Torna-se evidente que as novas tecnologias vieram para simplificar a vida e trazem muitas vantagens, rentabilizam e poupam tempo. No caso do contador de moedas, sem enganos, falhas e complicações. É o ideal para ter num escritório de uma empresa, em escolas, cafés, pastelarias, salões de jogos, bancos, cinema, serviços financeiros e de tesouraria e outros ligados a serviços públicos e privados.

Em resumo, se está ligado a qualquer trabalho de comércio ou serviços pode poupar muto tempo e problemas apenas colocando um equipamento destes no seu espaço de trabalho. As suas vantagens são inúmeras, em especial: permite realizar uma contagem rápida das moedas dividindo-as e fazendo a sua soma, conta o total das moedas, o valor total em cada tipo de moedas e a quantidade de todas as moedas.

Contem e separa no mínimo duzentas e vinte moedas por minuto, sem erro, conta e separa tudo no mesmo equipamento, permite alimentar o aparelho com quantidades entre as trezentas e quinhentas moedas de cada vez e continuar a adicionar mais moedas enquanto está a contar. Além disso o aparelho pode ser programado para separar um número de moedas predeterminado.

O seu design é bastante inovador e resistente. Os materiais de elevada qualidade, de fácil ligação e paragem automática.

Possui uma elevada funcionalidade, baixo consumo (70W), pouco peso, aproximadamente quatro kg, velocidade ultra rápida, pequena dimensão e estão todos certificados pela EU. Deste modo também possuem garantia, são fáceis de usar e de arrumar.

As suas funções práticas permitem que o contador de moedas possa estar em qualquer lugar.

Pesquisar mais textos:

Teresa Maria Batista Gil

Título:Contador de moedas

Autor:Teresa Maria Gil(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios