Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Alimentação > A Alimentação Correcta Em Caso De Doença

A Alimentação Correcta Em Caso De Doença

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Alimentação
Visitas: 2
A Alimentação Correcta Em Caso De Doença

Se sofre de baixo peso, de imunidade fraca, de gastrite e úlcera, de pressão alta e de colesterol, este texto é para si. Esteja atento e saiba o que comer.

Se sofre de baixo peso, torne o lugar da mesa atractivo para si. Faça-se acompanhar da família e amigos, que o incentivem. Quanto mais glutões melhor! Faça um contrato consigo mesmo e obrigue-se a comer de 2 em 2 horas. Tempere os alimentos de forma agradável. Esteja à vontade para comer a meio das refeições um snack que que agrade, como bolachas, pão com geleia ou manteiga, um pudim, entre outras coisas.

Em caso de imunidade fraca, necessita de ter algum cuidado com a alimentação. Prefira alimentados assados, grelhados e cozidos. Evite os crus. Coma frutas, verduras e legumes amarelos, vermelho ou verde-escuro. Estas devem ser muito bem lavadas, pois, à priori, não vão ser submetidos a altas temperatura, que eliminam muitas perigos.

Prefira o leite fermentado para ajudar no bom funcionamento do intestino. Os alimentos que estejam muitos expostos a contaminações, como em feiras e mercados ao ar livre devem ser evitados por si.




A gastrite e a úlcera exigem uma atenção à quantidade de alimentos que ingere numa refeição. Tem que preferir comer pequenas porções. Mastigue muito bem os seus alimentos. Não fique muito tempo sem comer (no máximo 3 horas). Se se aperceber que certo alimento não lhe cai bem, deve deixar de comê-lo. Claro, que não é preciso dizer que o fast food, álcool, o café, os doces e os salgados não devem fazer parte da sua dieta saudável. Compreendo que seja difícil, mas fuja do stress, pois é um fator que piora os sintomas, como em outras doenças.
Na pressão alta não coma todos aqueles snacks tão saborosos, como os pickles, as azeitonas, os amendoins e outros salgados, as carnes secas e salgadas (salsicha, presunto, linguiça são só um exemplo). Fuja do sal. Deixe-o na cozinha e não na mesa, ao seu alcance.

Se sofre de colesterol, as gorduras trans, o álcool e os açúcares não devem fazer parte da sua alimentação. Eleja a fruta, as verduras e os legumes, assim como arroz, pão e cereais integrais.


Daniela Vicente

Título: A Alimentação Correcta Em Caso De Doença

Autor: Daniela Vicente (todos os textos)

Visitas: 2

641 

Comentários - A Alimentação Correcta Em Caso De Doença

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios