Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Viagens > Chegada à "Ilha"

Chegada à "Ilha"

Categoria: Viagens
Comentários: 1
Chegada à "Ilha"

Está a chegar ao Faial, a sobrevoar esta paisagem estonteante, caso a meteorologia o permita, claro está. A realidade de aterrar neste pedacinho de terra rodeada por mar está cada vez mais próxima. E já está! Ei-la! A “nossa” ilha!

Ao chegar pode sempre escolher várias formas para se movimentar na ilha; alugar um carro nas várias agências que estão disponíveis no aeroporto, nomeadamente a Rent-a-Car Auto Turística Faialense ou a Rent-a-car Ilha Verde, “apanhar” simplesmente um táxi, ou então fazer-se à estrada e conhecer as nossas maravilhas caminhando.

Depois de estar completamente alojado pode começar por escolher os locais para degustar a nossa gastronomia, que, modéstia à parte, é de “bradar aos céus”. Para ajudá-lo disponibilizo alguns nomes de restaurantes que aconselho vivamente.

Restaurante O Barão Palace na Horta
Rua José Fialho, 3
9900-079 Horta

Com um serviço competente e profissional, este é um dos restaurantes onde se pode comer melhor na Ilha do Faial e mesmo em todo o Arquipélago. Um bom conjunto de entradas é a aposta principal deste restaurante. O conforto e a simpatia tipicamente açoriana são também apostas ganhas. Boa lista de vinhos com destaque para os principais vinhos locais.
Restaurante A Árvore na Horta
Rua da Conceição, 23
9900-080 Horta

Simpática casa a funcionar em regime de "buffet", onde poderá encontrar diversos pratos tradicionais portugueses, com destaque para a feijoada.
Restaurante Medalhas na Horta
Rua Serpa Pinto, 22
9900-095 Horta

O Medalhas é um dos locais com mais tradição na cidade da Horta. Criado em 1954, e mantendo uma traça peculiar, em estilo de taberna, o restaurante é apreciado tanto pelos seus deliciosos petiscos, como pelos pratos mais elaborados. Uma autenticidade dada pela louça de barro, pelas paredes de pedra e pelas tradicionais arcadas interiores.
Restaurante O Esconderijo na Horta
Rua de Cima Janalves, 3 Cedros
9900-341 Horta

Com magníficas vistas para o campo, este espaço rústico de ambiente familiar apresenta bons pratos da cozinha internacional, acompanhados por excelentes vinhos. Para sobremesa pode experimentar o Kaiserschmarrn, um doce típico austríaco que consiste numa massa frita servida aos bocados.
Depois do local escolhido para dormir e para se alimentar, é tempo de descansar.
Amanhã disponibilizo-lhes um vasto leque de atividades e de locais que pode visitar na “nossa” Ilha.

Bem hajam e até já!


Elisa Silva

Título: Chegada à "Ilha"

Autor: Elisa Silva (todos os textos)

Visitas: 0

634 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    18-04-2014 às 23:34:25

    A Rua Direita recomenda o passeio! Obrigada pelas dicas!

    ¬ Responder

Comentários - Chegada à "Ilha"

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios