Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Viagens > Arquipélago de Cabo Verde

Arquipélago de Cabo Verde

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Viagens
Visitas: 2
Comentários: 5
Arquipélago de Cabo Verde

São dez ilhas e cinco ilhéus, todos de origem vulcânica (o ponto mais alto é precisamente o vulcão do pico do Fogo), que formam o arquipélago de Cabo Verde, perfazendo uma superfície de 4033km quadrados. Com uma temperatura média de 24ºC, Cabo Verde tem um clima tropical seco com duas estações: de novembro a julho é época da estação quente, sendo que a estação húmida compreende o período entre agosto e outubro. Mesmo na estação húmida as temperaturas mantêm-se amenas, variando entre os 19 e os 25ºC. A capital de Cabo Verde é Praia, a língua oficial é o português (falando-se também crioulo) e a religião é predominantemente católica.

Os marinheiros portugueses encontraram as ilhas de Cabo Verde corria o ano de 1460 e, devido à sua posição geográfica privilegiada, serviram durante muito tempo ao comércio marítimo, destacadamente o tráfico de escravos. Com o declínio e posterior término deste, muitos europeus abandonam Cabo Verde, entrando o arquipélago em recessão económica. A isto acresce as más condições climatéricas, com largos períodos de seca (não é infrequente não se verificar precipitação em Cabo Verde durante alguns anos consecutivos). Ora, sendo a economia cabo-verdiana após a debandada dos europeus baseada na agricultura, em ilhas com falta de precipitação, é possível imaginar o pobre estado em que economia cabo-verdiana se encontrava mergulhada. Com a independência de Cabo Verde face a Portugal, em 1975, o governo investiu nas áreas rurais. Nos dias que correm, são as importações que estão na base da economia cabo-verdiana, mantendo-se no entanto sensivelmente metade da população ativa dedicada à agricultura, pese embora as dificuldades da sua prática. A seca é uma característica tão típica do arquipélago de Cabo-Verde que é uma das principais, senão a principal, causa do forte movimento de emigração que é sentido.

Durante a ocupação europeia, na sua maioria portuguesa, as relações entre cabo-verdianos negros e caucasianos deram origem aos mestiços, que compõem hoje a maioria da população das ilhas. E se isto conferiu um cariz único à população cabo-verdiana, não foi apenas no plano étnico que se fez sentir: também a língua crioula, a música e a gastronomia distinguem Cabo-Verde.

Sofia Nunes

Título: Arquipélago de Cabo Verde

Autor: Sofia Nunes (todos os textos)

Visitas: 2

636 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 5 )    recentes

  • Luene ZarcoLuene

    29-09-2014 às 14:44:12

    Adorei saber sobre o Arquipélago de Cabo Verde. Obrigada!

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    20-04-2014 às 17:03:26

    A Rua Direita recomenda a todos conhecerem!

    ¬ Responder
  • lisa

    03-07-2013 às 12:06:52

    isso e uma carnisa

    ¬ Responder
  • lisa

    03-07-2013 às 12:06:11

    isso e uma carnisa

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãolisa

    03-07-2013 às 12:05:14

    isso e uma carnisa

    ¬ Responder

Comentários - Arquipélago de Cabo Verde

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O Mito da Entrevista de Emprego

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Empresariais
O Mito da Entrevista de Emprego\"Rua
Aguardando há meses pela oportunidade de um novo emprego e após ser aprovado em várias etapas do processo de seleção eis que surge um empecilho: a entrevista de emprego.

Diversas dúvidas passam pela cabeça do candidato como o que vestir, como sentar-se, qual o tom de voz adequado, o que o entrevistador espera como resposta e como impressioná-lo provando ser a pessoa certa para a vaga a ser ocupada.

A verdade é que não há regra que garanta o sucesso em uma entrevista, porém, algumas atitudes e cuidados precisam ser tomados. Abaixo seguem 10 dicas que auxiliarão o candidato enfrentar essa fase do processo de seletivo de forma mais segura, não importando a área ou cargo pretendido.

1. Seja pontual. A pontualidade é uma forma de demonstrar respeito, consideração e compromisso com a empresa, porém, ser pontual não significa ser precipitado, chegando com muito tempo de antecedência. Para isso programe-se: quanto tempo você levará para chegar até o local combinado para a entrevista? E se houver algum tipo de atraso? Programe-se para que os prazos possam ser cumpridos. Se o atraso for inevitável entre em contato com a empresa e explique o motivo para o mesmo solicitando a possibilidade de remarcar o compromisso.

2. Vista-se de maneira condizente ao cargo que irá ocupar. Mesmo parecendo ser uma superficialidade, a forma como o candidato se veste pode influenciar a decisão do entrevistador, portanto, causar uma boa impressão é essencial. Para isso pesquise o perfil da empresa, se possível observe a forma como os funcionários se vestem e use na entrevista algo um pouco mais formal do que usaria todos os dias para ir ao trabalho.

3. Zele por uma boa aparência. Como descrito acima causar uma boa impressão é essencial, dessa forma, a higiene pessoal é indispensável. Vale ressaltar que perfumes e maquiagem exagerados são pontos negativos em uma entrevista.

4. Tenha em mente suas principais realizações profissionais e as evidencie. Quais os principais desafios que essas lhe trouxeram e o que aprendeu em cada uma delas. Se é seu primeiro emprego vale ressaltar suas experiências escolares e acadêmicas como trabalhos em grupos, projetos realizados, programas de estágio e trainee.

5. Tenha atitudes positivas. Um método de entrevista consiste em perguntas aparentemente absurdas que não possuem, necessariamente, respostas prontas. O que ele deseja na verdade é avaliar seu raciocínio lógico, portanto, seja criativo, argumente e crie estratégias para sair dessa saia justa.

6. Seja genuíno e autentico. Mesmo estando sob pressão seja você na entrevista. Não minta nem use máscaras. O recrutador provavelmente perceberá que você não está sendo sincero.

7. Tenha argumentos. “Por que você quer trabalhar aqui?” ou “Quais serão suas contribuições para essa empresa?” são perguntas básicas em uma entrevista de empregos. Portanto, tenha bons argumentos para esses questionamentos.

8. Mostre-se interessado. Faça perguntas plausíveis ao entrevistador.

9. Seja gentil e educado a todo o momento. Muitas empresas costumam analisar o candidato no momento em que esse inicia o processo seletivo.

10. Mostre-se confiante. Se você fará a entrevista de emprego é porque já passou por outras fases do processo seletivo, ou seja, tem muitos pontos a seu favor. Acredite no seu potencial .

Outros textos do autor:
O Mito da Entrevista de Emprego

Pesquisar mais textos:

Mabelly Venson

Título:O Mito da Entrevista de Emprego

Autor:Mabelly Venson(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios