Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Vírus da gripe é sério e mortal

Vírus da gripe é sério e mortal

Categoria: Saúde
Comentários: 1
Vírus da gripe é sério e mortal

Você precisa entender muito bem sobre esta doença que vem matando dia a pós dias as pessoas, e que todos dizem não é caso para ninguém ficar assustado. Estamos controlando, mas nada esta mudando e ela começou ser mais intensa para os brasileiros. Aqui fizemos como um questionário para que todos os visitantes possam entender a influenza melhor.

Sabemos que o melhor meio de fazer com que a população entenda melhor, é o veiculo de comunicação como rádio, televisão e a internet. Por isso nós reservamos este espaço para que cada um tenha a real certeza daquilo que esta acontecendo em nosso meio. O que temos que fazer é entrar na luta para ajudar o ministério da saúde, e não esperar só pelas autoridades, uma parte cabe a eles e outra a nós mesmo.

Você por acaso sabe o que é influenza causada pelo vírus A (H1N1)? Pois saiba que é uma doença respiratória aguda que é chamada de um tipo de gripe, causada por um vírus chamado de influenza A (H1N1) isso é um novo tipo de gripa causado por esse determinado vírus. Como é transmitido de pessoa para pessoa principalmente por meio de tosse ou espiro e pelo contato com secreções respiratórias de pessoas infectadas.

Você por acaso já procurou saber quais os sintomas que define um caso suspeito de influenza A (H1N1)? Pois saiba que é febre alta de maneira repentina e tosse, dor de cabeça, dores musculares e nas articulações, e dificuldades em respirar. E tendo esses sintomas em até 10 dias após ter saído do país que reportaram casos pela influenza A (H1N1); ou ter contato próximo nos últimos 10 dias com pessoas com caso suspeito de infecção humana pelo novo subtipo de influenza. E bom sempre você saber que os sintomas aparecem sempre no período de 3 a 7 dias após o contato com pessoas que tem esse novo subtipo do vírus. E saiba que a transmissão ocorre principalmente, em locais fechados. E o pior é saber que ainda não temos uma vacina que possa proteger a população humana contra essa doença, mas segundo o ministério da saúde diz que já esta em andamento vacina contra esse vírus da influenza, também é bom que se saiba que a vacina contra a gripe comum ainda não teve nenhuma evidencia de que ela proteja contra a influenza A (H1N1).

Segundo o ministério da saúde do Brasil diz que adotou um tratamento, com utilização de medicamentos antiviral, e que será usado apenas em que cumpram a indicação descrita no protocolo, pois o remédio é indicado apenas para pacientes com sintomas do início, eles também dizem que ninguém deve tomar o medicamento sem indicação medica, pois a automedicação pode ter efeito contrario e retardar o diagnóstico e até causar resistência ao vírus.

Dizem também que tem estoque do medicamento, mas infelizmente o Brasil esta sendo atingido, e já houve até mortes com a doença. Por isso o alerta tem que ser geral tanto no Brasil como em outros países.



Waldiney Melo

Título: Vírus da gripe é sério e mortal

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 0

604 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • mikaelymikaely

    24-09-2009 às 16:24:51

    eu me interesso muito sobre esse assunto pois tenho mto medo de pega...por isso digo a todos q se previna pois esse contagio mata!espero q eles ja consiga lançar essa vacina...pois tenho medo ate de sair de ksa...;*

    eu quera saber se esse virus é mortal?

    ¬ Responder

Comentários - Vírus da gripe é sério e mortal

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Os primeiros brinquedos

Ler próximo texto...

Tema: Brinquedos
Os primeiros brinquedos\"Rua
O brinquedo é mais do que um objecto para a criança se divertir e distrair, é também uma forma de conhecer o mundo que tem ao seu redor e para dar asas à sua imaginação. Desta forma, os brinquedos sempre estiveram presentes na sociedade.

Os primeiros brinquedos datam de 6500 anos atrás, no Japão, em que as crianças brincavam com bolas de fibra de bambu. Entretanto há 3000 anos surgiram os piões feitos de argila e decorados, na Babilónia.

No século XIII apareceram os soldadinhos de chumbo, porém só eram acessíveis às famílias nobres. Cinco séculos mais tarde, apareceram as caixas de música, criadas por relojoeiros suíços.

As bonecas são muito antigas, surgiram enquanto figuras adoradas como deusas, há 40 mil anos, mas a primeira fábrica abriu apenas em 1413 na Alemanha. Barbie, a boneca mais famosa do mundo, foi criada em 1959, mas ainda hoje é das mais apetecíveis pelas crianças.

O grande boom dos brinquedos aconteceu quando se descobriu o plástico para o fabrico. Mesmo assim, muitas famílias não podiam comprar brinquedos aos filhos, como tal, estes utilizavam diversos tipos de materiais e construíam os seus próprios brinquedos.

Actualmente, as crianças têm acesso a uma enorme variedade de brinquedos, desde bonecas, a carros telecomandados, a videojogos… Educativos ou apenas lúdicos, há de tudo e para todos os gostos e preços.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Os primeiros brinquedos

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • umdolitoys 23-01-2013 às 05:46:38

    Adorei a reportagem! e tenho algo para vocês verem!!

    Espero que gostem!!!

    ¬ Responder
  • sofia 22-07-2012 às 21:56:29

    Achei muito interecante e muito legal saber que ano foi fabricadoas bonecas

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios