Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Remédios caseiros para as constipações

Remédios caseiros para as constipações

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Comentários: 3
Remédios caseiros para as constipações

Seja no verão ou no inverno, elas andam por aí. Saturam, custam a curar, chateiam, fazem feridinhas no nariz, dores no corpo, enfim, um não mais parar de queixas.

As constipações trazem um enorme transtorno. Algumas acompanhadas por febres e tosse incontrolável, não nos dão tréguas e a ida ao médico seguida de uma medicação própria são imprescindíveis. Este aviso é muito sério, e nunca deve deixar de consultar um médico se os sintomas forem fortes ou persistentes.

As constipações vão e veem e mesmo que se saiba curá-las nunca é demais saber mais sobre as mesinhas e pequenos remédios para que elas se vão embora o mais depressa possível. Ora saiba que pode curar os resfriados em casa com alguns ingredientes que andam pela dispensa.

Já ouviu falar de óleo de eucalipto? Compra-se nas ervanárias e bastam algumas gotinhas na água bem quente do banho. Relaxe e feche a porta. Deixe a água correr.

Os vapores deste banho também lhe vão fazer bem, mas se tem uma máquina de aerossóis (das que fazem vapores), ponha lá dentro misturado com soro fisiológico, uma gotinhas do óleo de eucalipto de que falámos há pouco.

Chá de limão com mel. Esta resulta mesmo e toda a gente conhece e muitos são os que defendem que se acrescentar um pouco de bagaço ou bagaceira, a transpiração vai acelerar. E já que estamos a falar de citrinos, ricos em vitamina C, coma kiwis e beba muito sumo de laranja.

Para desobstruir o nariz, pode optar por dissolver umas quantas pedrinhas de sala marinho em água morna e depois expirar. Pode experimentar colocar um bocadinho na palma da mão. Dessa forma a expiração é mais fácil.

O chá de cenoura é fantástico e se tem tosse, corte-a em rodelinhas muito pequenas com açúcar amarelo e umas gotinhas de limão. Deixe apurar e vá comendo. O sabor é tão agradável que muitos dos que estão sem gripe lá em casa, vão querer experimentar.

Já diziam as nossas avós que sopas de frango com cebola faziam bem. Não me parece um prato do melhor, mas para quem quiser experimentar, está á vontade. No meio de todas as receitazinhas e mezinhas que possam indicar, as do norte de Portugal, dizem são as mais fulminantes. Rápidas e precisas. Ora a receita é a conhecida sopa de cavalo cansado ao deitar. Vinho morno com açúcar e boias de pão seco. Parece-lhe mau? Mas olhe que o resultado é bom. Pelo menos dizem…


Carla Horta

Título: Remédios caseiros para as constipações

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

793 

Imagem por: Mr Wabu

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • Rafaela CoronelRafaela

    25-07-2014 às 01:31:57

    Gosto dos remédios caseiros por serem mais eficazes que a medicação farmacêutica. Além de serem mais benéficas e curadoras. Sempre que acontece a constipação, corro para o remédio caseiro e qualquer outra dor que venha a sentir!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãocarla

    11-09-2012 às 00:32:28

    muito bom è medica
    hahahahahahahahahahah

    ¬ Responder
  • jessica

    21-08-2012 às 22:52:20

    muito bom

    ¬ Responder

Comentários - Remédios caseiros para as constipações

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: Mr Wabu

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios