Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Olheiras nas crianças

Olheiras nas crianças

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Visitas: 302
Comentários: 3
Olheiras nas crianças

Olheiras sob os olhos podem ser devidas a uma combinação de motivos. As alterações hormonais, a hereditariedade, a fadiga e as alergias são alguns dos fatores comuns.

As alergias são muitas vezes a culpa para o aparecimento das olheiras. Qualquer coisa que provoque a obstrução nasal, como a tosse, os espirros e o nariz entupido pode ser a grande culpada. Esteja especialmente atento à época das alergias e se a criança se ressente de alguma forma. As alergias podem aparecer a qualquer momento e manifestar-se quando menos se espera. O teste às alergias feito periodicamente ajudará a despistar esse receio.

A vitamina C e a alicina são eficazes na luta contra as alergias. A alicina tem o potencial de ajudar o sistema imunitário num certo número de aspetos importantes, incluindo as células estimulantes, eliminação de agentes patogénicos e desintoxicantes e ainda os cancerígenos.

Experimente estes passos simples para resolver o problema:

Mergulhe uma haste de algodão em sumo de hortelã recém-extraído, água de rosas ou leite frio. Deite-se com os pés levantados mais altos do que a cabeça e, em seguida, coloque as almofadas molhadas sobre os seus olhos fechados. Fique assim durante 10 minutos.

Faça suavemente uma massagem com óleo de amêndoa e sumo de limão sobre a área escura antes de ir para a cama para aliviar as olheiras.

Siga uma dieta rica em ferro, vitaminas e proteínas. As deficiências aparecem imediatamente como os círculos sob os olhos.

Como se fosse para melhorar a sua visão, você pode incorporar o mirtilo, a eyebright, liceu e espinafre em sua dieta.

O extrato de mirtilo tem mostrado acelerar a regeneração da rodopsina (um pigmento sensível à luz, encontrado nas barras da retina) e melhorar a acuidade visual com luz fraca.

Existem produtos neutros que ajudam a aliviar a coceira nos olhos e a irritação. O lycium é rico em carotenoides e isso ajuda a melhorar a visão noturna e a visão turva.

Vigie bem as crianças na hora dos trabalhos escolares. Verifique se têm luz suficiente e se a luz existente ilumina corretamente o espaço de trabalho. Muitas crianças queixam-se de cansaço excessivo após as atividades escolares devido à má qualidade da iluminação nas divisões onde estudam.


Ruben Duarte

Título: Olheiras nas crianças

Autor: Ruben Duarte (todos os textos)

Visitas: 302

792 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • Luene ZarcoLuene

    24-07-2014 às 05:21:53

    Infelizmente, as olheiras nas crianças causam um aspecto facial muito ruim. Obrigada pelas dicas e espero que seja bem benéfico e útil.

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    16-04-2014 às 17:46:50

    Nossa, que ótimas dicas! Muito obrigada!

    A equipa da Rua Direita

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoAnonimãããã

    17-09-2013 às 16:05:50

    Muuuiiitooo Booom =D

    ¬ Responder

Comentários - Olheiras nas crianças

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios