Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > O prestador de cuidados ao idoso

O prestador de cuidados ao idoso

Categoria: Saúde
Visitas: 2
Comentários: 3
O prestador de cuidados ao idoso

Envelhecer é provavelmente das mudanças que mais transformam o ser humano infligindo-lhe algumas vezes dor e sofrimento. Ao longo dos anos e enquanto este processo se dá são muitas as alterações sentidas. Trazem consigo a perda de algumas capacidades, a perda dos momentos de prazer com amigos e familiares e a solidão tão temida pela grande maioria de nós.

A ajuda necessária
Juntamente com o envelhecer vem também a necessidade de que lhe sejam prestados cuidados e ajudas para que as tarefas mais básicas indispensáveis à vida possam ser realizadas. Não é mentira que a qualidade de vida é muitas vezes perdida ou pelo menos não é a desejada, sentindo-se o idoso um “estorvo” na vida daqueles que o rodeiam.

Os cuidadores
Mas, em todo este processo não podem ser esquecidos os cuidadores, quando estes são os familiares mais diretos da pessoa envelhecida. A eles também são muitas as vezes em que o sofrimento lhes é imposto por presenciarem a perda de capacidades e a fragilidade do seu ente querido. A par deste, encontra-se igualmente a perda de qualidade da sua vida uma vez que há alguém que se encontra totalmente dependente dos seus cuidados e da sua presença.

A destruição da familia
O cuidador, muitas vezes não sabe como lidar de forma correta com os seus sentimentos e com os sentimentos do idoso. Não tem conhecimentos para compreender algumas reações menos corretas por parte deste sendo que desta forma, que não são raras as vezes, em que se assiste a um desmoronar da entidade familiar. Esta destruição pode também ser fruto das discórdias, das tristezas vividas, das depressões e da falta de ajuda ao cuidador.

Desenvolvimento de competências
Para que tal não aconteça é necessário que o prestador de cuidados tenha a capacidade e a oportunidade de desenvolver algumas competências de forma a cuidar corretamente de quem já cuidou de si. Só assim é possível conseguir uma relação de ajuda para que ambos saiam beneficiados e não prejudicados.

Sugestões ao cuidador
Com este objetivo aqui ficam algumas sugestões que podem ser bastante uteis. Assim estimule o idoso:
• Ao contacto com meio ambiente, com os amigos e familiares colocando-o a par de tudo o que acontece e pedindo a sua opinião.
• A dar pequenos passeios e a realizar outras atividades como a leitura e a música ou outros de interesse do idoso.
• Aos cuidados de higiene realizando-a nos horários que mais lhe agradar.
• A ingerir os alimentos que mais gosta tendo o cuidado de promover uma alimentação adequada à sua idade e ao seu estado de saúde. Não esqueça da água.

Se precisar de ajuda pra cuidar do seu idoso peça ajuda às entidades existentes para o efeito.


Isabel Costa

Título: O prestador de cuidados ao idoso

Autor: Isabel Costa (todos os textos)

Visitas: 2

634 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 3 )    recentes

  • Luene ZarcoLuene

    23-07-2014 às 19:02:01

    Já está avançando até mesmo como profissão: o cuidados de idoso. Muito bom! Hoje em dia é super necessário!!!

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãoruca

    12-04-2013 às 20:32:00

    este texto foi muito educativo para mim, obr

    ¬ Responder
  • Isabel CostaIsabel Costa

    27-04-2013 às 06:36:59

    Fico contente por ter ajudado.

    ¬ Responder

Comentários - O prestador de cuidados ao idoso

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Jardinagem Fonte de Vida

Ler próximo texto...

Tema: Bricolage Jardim
Jardinagem Fonte de Vida\"Rua
A jardinagem é conhecida há anos como uma forma de emprego que possibilita a muitos uma renda familiar mensal. A jardinagem também pode ser artística onde a arte do profissional é aplicada. A jardinagem pode ser de inúmeras formas conhecida e exercida, trazendo benefícios imensuráveis a aqueles que dela são adeptos.

Muito mais que fonte de renda ou arte a jardinagem é uma fonte de inúmeros beneficio a vida do ser humano, fonte de alegria, relaxamento e distração. E por ser uma atividade tão simples não é difícil de ser realizada. A jardinagem é por si só fonte de vida, fonte de aprendizado e principalmente fonte de intimidade do ser humano.

Ser adepto da jardinagem não é somente revirar terra, ser adepto da jardinagem é decisão de vida que transforma seu dia-a-dia mudando a rotina de dias estressantes e cansativos.

Ao olhar de muitos a tarefa possa parecer penosa, cansativa e até chata, mais somente estando envolvido na jardinagem para perceber que muito mais ter um corpo cansado após a tarefa, você na verdade descansa seu corpo sua mente e seu espírito da agitação do dia-a-dia.

Alguns minutos dedicados à jardinagem são o suficiente para inibir grande carga emocional e física do nosso dia-a-dia, e proporcionando uma energia a mais para os próximos dias.

A jardinagem pode ser realizada de varias formas simples que vão trazer todos estes benefícios a sua vida e não são necessários grandes investimentos ou mudança radical da sua rotina de vida ou qualquer outra mudança que você possa imaginar. Na verdade as maiores mudanças são comportamentais e só depende de você.

Para detalhar um pouco o que você poderá fazer com alguns minutos dedicados à jardinagem você irá perceber que não há nenhuma dificuldade em realizar esta tarefa.

Com um mínimo de espaço você pode cultivar plantas simples, em vasos pequenos que não irão ocupar espaço e serão na verdade uma linda forma de ornamentar sua casa.

Você poderá cultivar uma espécie de planta conhecida como:
- Rosa de pedra

É uma suculenta, planta que armazena água nas folhas e caules, que tem o formato parecido com o de uma rosa. É muito usada para fazer arranjos em vasos com outras suculentas e cactos. Deve ser regada apenas uma vez por semana, pois a umidade pode apodrecer suas raízes. Não tolera muito sol.

E você vai perceber que se dedicar alguns minutos a jardinagem é muito bom para você, os resultados não tem como ser calculados, somente há possibilidade de experimentar o quanto bom é o resultado final.

Então não espere muito é dedique-se um tempo a descobrir o quanto é bom a jardinagem para sua vida.

Pesquisar mais textos:

Rodrigo Junio Ferreira

Título:Jardinagem Fonte de Vida

Autor:Rodrigo Junio Ferreira(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Briana AlvesBriana

    13-10-2014 às 04:43:33

    É tão gratificante nós mesmos realizarmos a jardinagem. Essa atividade relaxa, gera prazer e o resultado nos deixa muito felizes. Vale a pena!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios