Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Musicoterapia para aumentar a qualidade de vida

Musicoterapia para aumentar a qualidade de vida

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Musicoterapia para aumentar a qualidade de vida

“A música está na Terra desde que o homem está na Terra”. A frase, de autor desconhecido, indica o fato de que os registros desse tipo de arte estão presentes mesmo nas escavações de sítios arqueológicos pré-históricos. A primeira nota sobre uma flauta feita de ossos data de 60 mil a.C., enquanto os primeiros sinais de harpas e liras na área da Mesopotâmia.

Pode-se dizer que a música é uma combinação entre sons e silencia e, visivelmente, suas características como instrumento de comemoração e mesmo de relaxamento já eram conhecidas mesmo antes do desenvolvimento da linguagem falada. Os diferentes ritmos, melodias e harmonias surgem a partir da combinação das propriedades do som, tais como duração, altura, intensidade e timbre.

A música e sua capacidade de cura
A musicoterapia é um tipo de tratamento que usa a música, por meio de ritmos diferenciados, harmonias e melodias, para resolver ou diminuir problemas de ordem cognitiva, emocional, mental ou mesmo física.

O tratamento feito com a musicoterapia começou a ser feito depois do fim da Segunda Guerra Mundial, quando músicos (amadores e profissionais) iam até os hospitais para tocar, principalmente na Europa e nos Estados Unidos. A partir dessa mobilização, médicos e enfermeiras começaram a observar melhoras significativas no estado de saúde e bem-estar dos pacientes internados. E esse fato foi o que motivou o Dr. Oliver Sachs, médico e escritor inglês, a iniciar em meados da década de 1960 uma série de pesquisas sobre a capacidade curativa da música em pacientes portadores da doença de Parkinson.

Como utilizar a musicoterapia a seu favor? Saiba que a musicoterapia pode ser aplicada no dia a dia, de modo a integrar-se totalmente às tarefas feitas no cotidiano. Você pode iniciar seu “tratamento” logo pela manhã, bocejando de forma a emitir sons, o que ajuda a liberar serotonina e endorfina.

Atentem-se ais sons que te acercam. Um exemplo? Procure ouvir o canto dos passáros e o barulho da chuva. Mesmo nas grandes cidades é possível distinguir esse tipo de som em meio ao caos.

Cante. Não importa se está no banho ou fazendo o serviço de casa. Saiba que a tão conhecida frase “quem canta seus males espanta” é totalmente verdadeira. Cientificamente, cantar ajuda a aumentar a irrigação cerebral, o que melhora a respiração e te prepara emocionalmente para encarar circunstâncias de tensão e ansiedade. Mas, você também precisa evitar os sons irritantes, como por exemplo, o de uma buzina. Esse tipo de ruído pode causar irritação.

Por fim, quando for dormir, se possível reduza gradativamente o volume dos ruídos ao seu redor, inclusive a fala. Ao mesmo tempo, reduza também o ritmo de seus movimentos. Neste momento, uma música ambiente com barulho de água, em volume baixo, pode ajudar a relaxar.


Rua Direita

Título: Musicoterapia para aumentar a qualidade de vida

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

637 

Comentários - Musicoterapia para aumentar a qualidade de vida

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Dica caseira para remover manchas no rosto facilmente

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Beleza
Dica caseira para remover manchas no rosto facilmente\"Rua
Com a chegada do verão, os cuidados com a pele precisam ser intensificados. É claro que, independente da estação, os cuidados com a saúde e beleza são fundamentais. Mas, no verão, alguns problemas de pele, principalmente da face, tornam-se mais frequentes e, com isso, surgem algumas preocupações. A boa notícia é que, a maior parte dessas preocupações podem ser amenizadas ou até mesmo solucionadas com dicas caseiras de cuidado com a pele.

Logo, certos cuidados como o uso regular de bloqueador solar é importantíssimo, não só para evitar manchas no rosto e no corpo, como também, para evitar doenças graves como o temido câncer de pele. Por isso, a boa hidratação, a limpeza correta da face e o uso de cremes faciais com proteção contra os raios ultravioletas UVA e UVB não podem ser menosprezados.

Outro detalhe relevante é a escolha da alimentação. Para ter uma pele saudável e bonita é preciso evitar o uso de certos alimentos. Sabe-se que os conservantes, corantes e similares, que estão sempre presentes nos alimentos industrializados provocam alergias e outros problemas. Essas substâncias podem fazer surgir ou intensificar doenças como o melasma, aquelas manchas escuras na face. E, essas manchas são sensíveis ao calor do sol e, dependendo da pele, o tratamento exige bastante tempo e recursos financeiros para cuidados e acompanhamento dermatológico.

Mas, você pode preparar em casa uma loção para limpar a pele, reduzir ou até mesmo remover essas manchas escuras. Você vai precisar de um pêssego maduro, um pouco de hidratante facial e uma bisnaga de Bepantol, que é um creme com vitamina A.

Dicas para preparar seu creme removedor de manchas na pele:

Primeiramente, faça o creme de pêssego: é só bater no Mix o pêssego com um pouquinho de água. Para facilitar, amasse o pêssego com uma colher antes de bater no Mix. Depois, peneire a massa de pêssego para o creme ficar mais homogêneo. Em seguida, misture a terça parte da bisnaga de Bepantol ao pêssego com uma colher, preferencialmente de madeira ou de plástico. Com um algodão e com movimentos suaves, aplique a loção no rosto e deixe agir por 40 minutos. Depois lave com água abundante. Evite o uso de esfoliante porque a pele ficará muito sensível. Essa loção pode ser usada até três vezes na semana. Não use sobras de creme.

Pesquisar mais textos:

Zilma Silva

Título:Dica caseira para remover manchas no rosto facilmente

Autor:Zilma Silva(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios