Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Implante dental

Implante dental

Categoria: Saúde
Comentários: 1
Implante dental

Ter dentes perfeitos é o desejo da maioria das pessoas. Este sonho, que pode ser originado por necessidade ou simples estética, está cada vez mais possível. O tratamento odontológico sempre foi considerado caro e inacessível para quem depende de planos de saúde, que nem sempre incluem essa especialidade e também par quem não tem. Mas, atualmente há empresas que cobram preços mais realistas e ainda fazem parcelamentos em até 24 vezes.

O implante dental é muito procurado por quem almeja ter um sorriso perfeito, mas também pode ser considerada uma necessidade para uma parcela da população que não teve acesso ao tratamento adequado na juventude ou substituiu parte dos dentes por prótese dentária. Além de extremamente, mas confortáveis do que as próteses removíveis (totais ou parciais), os implantes não causam perda óssea e a inda não danificam nenhum dos dentes que ainda permanecem, pois a intervenção cirúrgica é apenas no local do dente ausente.

Já aqui no Brasil o implante bucal para muitas pessoas era só um sonho, pois os preços sempre foram considerados caros e nem todos os planos de saúde cobrem essa especialidade. “a novidade é que esse tratamento já esta mais acessível é os preços mais realistas e ainda há possibilidade de parcelar em até 24 vezes. Isso é possível através de uma empresa que intermédia o pagamento entre o paciente, o cirurgião dentista e o agente financeiro, cuidando de toda parte administrativa e financeira do serviço.

Outras novidades é que antes havia uma espera de 4 a 6 meses para um implante definitivo e atualmente os especialistas realizam em apenas 72 horas ( em media) é curioso mas o desejo de repor a dentição não é algo que pode ser considerado novidade, deste o primórdio da humanidade, o ser humano sempre buscou a reposição de perdas dentais através de diversos materiais, como mostram crânios arqueológicos com sinal de tentativas de implantação dentaria como conchas, marfim,madrepérola, entre outros objetos.

Por muito tempo os especialistas estudaram o assunto e hoje as técnicas de implantodontia são consideradas seguras e quase não há casos de rejeição. Os materiais a base de titânio são bem tolerados e fazem com que haja uma integração do osso com o material utilizado (osseointegração). “implante osseointegrado é um cilindro confeccionado de titânio com alto grau de pureza, o qual, através de uma pequena cirurgia, é fixado no tecido ósseo, funcionando posteriormente como se fosse à raiz dental e osseointegrando-se, torna-se um pilar perfeito para a instalação de uma coroa dental, que deve ter o aspecto de dente natural fixada sobre o implante ou parafusado dentro do mesmo” o implante pode ser considerado uma forma mas permanente de reabilitação, porque aproxima-se esteticamente muito mais do que qualquer outro tipo de prótese.

Também é a melhor solução para pessoas com a ausência genética de um dente (agenesia dental) principalmente em dentes anteriores, cuja estética é de fundamental importância, sem a necessidade de o profissional preparar (desgastar) outros dentes ao lado daquele perdido como ocorre em próteses fixas convencionais, em que Vários dentes são desgastados, muitas vezes, dentes íntegros alerta os dentistas. A colocação dos implantes osseointegrados, normalmente, é feita no próprio consultório devidamente equipado, onde, após os procedimentos normais de assepsia para procedimento cirúrgico, é efetuada uma anestesia local na região em que será colocado o implante. A confecção da prótese acontece em 72 horas, ou seja, o tratamento é finalizado em 3 dias aproximadamente.



Waldiney Melo

Título: Implante dental

Autor: Waldiney (todos os textos)

Visitas: 0

680 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • vilson lino lopesvilson lino lopes

    02-01-2012 às 05:57:19

    quem tem dentes bonitos,tem mais alecria e oportunidade na vida,com implante dentário o mundo la fora fica mais facio conquista-lo,que pena que tudo isto não passa de um sonho para mim,mas um dia irei acordar e tão verei que este dia amanheceu sorindo prá mim...

    ¬ Responder

Comentários - Implante dental

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como cuidar de Plantas de interior

Ler próximo texto...

Tema: Bricolage Jardim
Como cuidar de Plantas de interior\"Rua
Cada planta tem um comportamento diferente, vou colocar aqui alguns cuidados que servem para a maioria delas.

LUZ:

Os principais erros no cultivo de plantas de interior é a falta de luz.
Se elas estiverem em locais onde não há luz suficiente, isso pode ser corrigido com a instalação de luz artificial, existe no mercado lâmpada que imitam a luz natural.


TEMPERATURA:

Mudanças bruscas de temperatura retardam e até paralisa o crescimento da planta, bem como causa a queda de folhas.


UMIDADE:

A maioria das plantas necessita de uma umidade atmosférica adequada.
Normalmente notamos que a planta não está com a umidade correta quando acontece ficarem amarelas e a queda de folhas.


IRRIGAÇÃO:

Conselhos básicos:
Uma planta em fase de crescimento vai precisar de mais água que uma que está em fase de dormência, ou já atingiu o seu tamanho adulto.
Durante a floração a planta precisa de mais água que em sua fase de crescimento
Em ambientes internos mais quentes é evidente que a planta vai precisar de mais águas que em ambientes mais frios.
Para saber qual é o momento exato de molhar, enfie o dedo no substrato, se sentir ele seco, chegou a hora

FERTILIZANTE:

Para que a planta tenha um desenvolvimento harmonioso convém usar periodicamente de fertilizantes que podem ser líquido ou sólidos.
No mercado existe a venda fertilizante com fórmulas específicas para cada planta.
Após a utilização do fertilizante regue a planta.

LIMPEZA:

Faça regularmente a limpeza de folhas secas e caule, pois elas são bastante positivas não só esteticamente como para a saúde das plantas.
Se estiver acumulada muita poeira sobre as folhas, espane, e depois passe um pano húmido
Atenção: Existe algumas espécies, que tem as folhas aveludadas, tipo a Violeta Africana, Begônia Rex, etc. que não deve ser colocada água é só usar uma escovinha bem macia.

TROCA DE VASO:

De uma maneira geral após 1 ou 2 anos as plantas de interior devem ser colocadas em vasos de tamanho maior.
Isso deve ser feito porque as raízes passam a ocupar um grande espaço e também porque o substrato vai perdendo sua composição inicial.
A época mais adequada varia de planta para planta, algumas devem ser feitas na primavera e outras quando estão na fase de repouso.
Aproveite para obterem mudas, separando brotos e dividindo touceiras.

Pesquisar mais textos:

Miguel Pereira

Título:Como cuidar de Plantas de interior

Autor:Miguel Pereira(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Briana AlvesBriana

    13-10-2014 às 04:09:31

    Muito bom! É tão gratificante cuidar de plantas. A gente vê o quanto elas florescem quando são bem-cuidadas. Amei as dicas!

    ¬ Responder
  • Rua DireitaRua Direita

    18-04-2014 às 22:36:55

    Fantástico seu texto, a Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios