Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Doenças Ocupacionais - Ler / Dort – Esforços Repetitivos

Doenças Ocupacionais - Ler / Dort – Esforços Repetitivos

Categoria: Saúde
Visitas: 55
Comentários: 4
Doenças Ocupacionais - Ler / Dort – Esforços Repetitivos

Na Organização é geralmente tido cmo um dos problemas mais enfrentados pelo Setor de Recursos Humanos. São as famosas Doenças Ocupacionais que tendem a crescer e causar desconforto tanto para o trabalhador quanto para a empresa.

A melhor definição que podemos encontrar para essas doenças ocupacionais é a designação de várias doenças que causam alterações na saúde do trabalhador provocadas por fatores relacionados ao ambiente de trabalho. Elas estão subdividas em: Doenças Profissionais ou Tecnopatias e Doenças do Trabalho ou Mesopatias.

Doenças Tecnopáticas são aquelas causadas por fatores próprios da atividade laboral e Doenças Mesopáticas são aquelas causadas pela própria circunstância do trabalho.

A que veremos nesta pesquisa de trabalho são as Doenças Mesopáticas causadas pelas circunstância do trabalho. Como podemos encontrar a mais agravante e conhecida atualmente que é a LER/DORT.

LER não corresponde a uma doença ou enfermidade. LER é a sigla de Lesões por Esforços Repetitivos que representa um grupo de alterações do sistema musculoesquelético (tendões, nervos, músculos, ligamentos, ossos, articulações, discos intervertebrais, entre outras estruturas)

DORT, por sua vez, provém de Distúrbios Osteomoleculares Relacionados ao Trabalho. DORT é a sigla de Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho recentemente introduzido para substituir a sigla LER, basicamente por duas razões :
Porque a maioria dos trabalhadores com sintomas relacionados ao sistema musculoesquelético não apresenta evidência de lesão em qualquer estrutura e pelo esforço repetitivo (sobrecarga dinâmica).

Dentre as várias doenças ocupacionais que ocorrem no âmbito do trabalho temos: Síndrome do Túnel do Campo, Tendinite, Epicondinite, Bursite, Lombalgia e Hérnia de Disco. As duas mais agravantes são: a Síndrome do Túnel do Campo e Tendinite.
Síndrome do Túnel do Campo se dá através da flexão do punho com uma certa rigidez e sua extensão. São extremamente exagerados com o esforço dos punhos.
A Tendinite se manifestam nos músculos flexionados nos dedos. Causam uma certa dor, são repetidos movimentos e como não há descanso ele acaba causando sérios probçemas.

RISCOS NO AMBIENTE DE TRABALHO
Obrigatoriedade de manter o ritmo de trabalho acelerado para garantir a produção.
Mobiliário inadequado, que obriga a adoção de posturas incorretas do corpo durante a jornada de Trabalho fragmentado em que cada um exerce uma única tarefa de forma repetitiva.
Quadro reduzido de funcionários, intensificação do trabalho com jornada prolongada e frequente realização de horas extras.

COMO PREVENIR
Controle do ritmo de trabalho pela pessoa que executa.
Pausas e micro-pausas durante a jornada de trabalho para que músculos e tendões descansem, sem que por isso haja aumento do ritmo ou do volume de trabalho.
Adequação dos postos de trabalho para evitar a adoção de posturas corporais incorretas.
Ambiente de trabalho com temperatura, ruído e iluminação adequada proporcionando conforto ambiental.


Adriana Santos

Título: Doenças Ocupacionais - Ler / Dort – Esforços Repetitivos

Autor: Adriana Santos (todos os textos)

Visitas: 55

786 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 4 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de Climatizaçãojulia

    08-05-2014 às 22:20:28

    Eu me identifico muito e sofri muito...me ajudaram ...gostei

    ¬ Responder
  • Adriana SantosAdriana dos Santos da Silva

    19-05-2014 às 00:13:47

    Que ótimo!!! Fico feliz que lhe foi útil, obrigada!

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    16-04-2014 às 17:58:25

    Muito boa essas informações e de suma importância. No Brasil, é costume ter esse problema pelo trabalho ser excessivo e repetitivo. Adorei seu texto, parabéns!

    ¬ Responder
  • Adriana SantosAdriana dos Santos da Silva

    16-04-2014 às 19:28:50

    Obrigada pela contribuição com seu comentário.
    *** bjos

    ¬ Responder

Comentários - Doenças Ocupacionais - Ler / Dort – Esforços Repetitivos

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Manutenção Automovel

Ler próximo texto...

Tema: Automóveis
Manutenção Automovel\"Rua
Faça você mesmo a revisão do seu automóvel e poupe dinheiro em oficinas. Primeiro verifique com a ajuda de outra pessoa a iluminação exterior. Uma pessoa fica no interior do carro e liga as luzes, verifique á frente os mínimos, os médios, os máximos e os piscas. Depois atrás verifique os mínimos os stop a marcha atrás e o farol de nevoeiro.

A seguir verifique a iluminação do interior do veículo e do painel de instrumentos e a afinação do travão de mão.

Agora está na hora de verificar os filtros de ar, gasóleo e habitáculo. Dependendo da utilização eles podem fazer em média 40.00km, se estiverem sujos substitua-os por novos.

A seguir vem a mudança do óleo este em geral pode-se retirar pelo bujão de vazamento do cárter, convém substituir a anilha e o filtro de óleo. O óleo novo deve respeitar as especificações do fabricante, verificar no livro de manual de utilizador do veículo os litros de óleo do motor. Meter o óleo novo pelo bucal superior do motor com a ajuda de um funil, o nível do óleo não pode ultrapassar o máximo. Se não sabe a quantidade de óleo deite 4 litros e depois verifique o nível pela vareta de verificação de nível e vá deitando até chegar ao nível certo.

Agora é preciso verificar as pastilhas de travões, hoje em dia como quase todos os veículos têm jantes especiais consegue verificar sem desmontar as rodas. Substituir se necessário as pastilhas, ao desmontar repare como desmonta para depois voltar a montar tudo de novo. Por fim verifique a pressão dos pneus com um manómetro, a pressão indicada varia de carro pra carro se não sabe a pressão indicada ponha 2.2bar que é em média a pressão que todos utilizam.

Convém dizer que qualquer material que precise basta procurar numa loja de peças auto próxima de si ou então encomendar via net pois existem vários sites especializados em peças e materiais de manutenção auto. Vai ver que não custa nada se eu aprendi você também pode aprender e além disso fica a conhecer melhor o seu carro.

Com isto tudo pode poupar em média 200€ por cada revisão.
Obrigado e até a próxima.

Outros textos do autor:
Manutenção Automovel

Pesquisar mais textos:

Vendas Online

Título:Manutenção Automovel

Autor:Vendas Online(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    17-06-2014 às 04:55:10

    Há inúmeros benefícios para fazer a manutenção do automóvel, pois isso garante melhor preservação do veículo e se prolonga o uso por muitos e muitos anos.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios