Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Dicas para relaxar os músculos do pescoço

Dicas para relaxar os músculos do pescoço

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Visitas: 18
Comentários: 7
Dicas para relaxar os músculos do pescoço

O pescoço é uma região especialmente atreita a tensões musculares. As dores podem advir por diversos motivos, sendo que os principais dizem respeito a má postura, estar muito tempo na mesma posição, esforços físicos desacertados, usar sapatos demasiado altos diariamente, dormir num colchão excessivamente macio, pegar em pesos, falta de exercício físico, traumatismos, doenças ósseas, musculares ou articulares, ou a combinação de alguns destes fatores. O acumular do stress, uma sobrecarga emocional bastante forte ou alterações no estado nervoso são outras hipotéticas razões a considerar. Se, no entanto, o médico já rejeitou estas e/ou outras possibilidades e as dores no pescoço decorrem de tensões quotidianas, há dicas que podem ajudar a manter o pescoço mais relaxado e, por conseguinte, menos doloroso.

O calor atenua imensamente os padecimentos no pescoço. Aplicando um saco de água quente ou uma toalha de água quente (espremida) no local da afeção durante 15 minutos, os efeitos benéficos não se farão esperar. Existem, de igual modo, exercícios simples que aliviam o desconforto e as dores. Por exemplo, comprimir o queixo e inclinar a cabeça para a frente e para baixo. Aguentar nesta posição por alguns segundos e, posteriormente, puxar a cabeça para trás o máximo possível. Se não surtir um resultado imediato, repete-se o procedimento. Outro movimento consta de deixar cair a cabeça para um dos lados, muito suavemente, até tocar no ombro, fazendo-se o mesmo para o outro lado, insistindo até experimentar melhoras. Outra opção é inclinar-se a cabeça ligeiramente para a frente, girando o pescoço para um lado e para o outro, como que desenhando círculos no ar. Este meneio pode ir aumentando de rapidez sem, contudo, esforçar exageradamente o pescoço nem a cabeça.

A fisioterapia, com recurso a massagens, calor e técnicas específicas, coadjuva, identicamente, o relaxamento da zona do pescoço, à semelhança do que acontece com a escolha da almofada certa (uma que não deixe a cabeça muito acima ou muito abaixo da linha da coluna) e/ou de um rolo próprio, que preencha a curvatura entre o pescoço e as costas.

Entretanto, há manter a coluna o mais direita possível, fazer pequenas pausas no trabalho (alternando períodos em que se está sentado(a) com pequenas caminhadas e os exercícios supra descritos ou outros), tomar banho de água quente (uma vez que a fria origina uma contração súbita da musculatura cervical), não ficar muito tempo com a cabeça baixa ou inclinada para trás, levantar objetos fletindo os joelhos e esticando as pernas (para que sejam elas a fazer a força em vez da coluna), corrigir hábitos de postura, fortalecer e tonificar músculos debilitados e recorrer a técnicas de relaxamento (yoga, …), para mitigar o excesso de tensão acumulado no pescoço.

De salientar que um pescoço saudável não dói nem ostenta quaisquer dificuldades que estorvem os movimentos naturais, pelo que havendo estes problemas, sobretudo se acompanhados de tonturas ou dores de cabeça intensas, deve consultar-se um médico sem demora.


Maria Bijóias

Título: Dicas para relaxar os músculos do pescoço

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 18

809 

Imagem por: numberstumper

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 7 )    recentes

  • Claudio Manoel Ferreira

    11-05-2014 às 03:49:36

    Estou com dor no pescoço do lado direito a cerca de 3 meses. Fiz raio X e deu tudo normal coloquei compressa de água quente faço exercícios de alongamento, e nada melhora. Esta dor é mais intensa quando levanto. Que devo fazer para me livrar deste incomodo?

    ¬ Responder
  • SophiaSophia

    12-05-2014 às 03:00:12

    Olá, a razão que normalmente ocorre para sentir essa dor no pescoço é pela má postura, então, avalie como você tem dormido, o tipo de colchão e a posição. O recomendável é dormir de lado, com uma almofada que mantenha o alinhamento da sua cabeça com o seu corpo, e um outro travesseiro para ficar entre o seu tronco e as pernas. Caso persistam as dores procure um médico especialista e faça novos exames.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoJéferson

    04-01-2014 às 03:17:36

    Mile, neste caso você ja tem o agente causador, procure diminuir stress sozinho, a segunda opção é procurar ajuda com psicólogo cognitivo-comportamental e a terceira opção é um psiquiatra.

    ¬ Responder
  • luiz antonio

    25-11-2012 às 00:24:31

    to com um carosso no pescosso

    uqui devo fazer

    ¬ Responder
  • ana

    20-07-2013 às 16:12:55

    deverá consultar um medico, para lhe solicitar os exames necessários , ecografia , tac e talvez tenha que fazer biopsia .

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoJeferson

    04-01-2014 às 03:18:40

    procure médico de cabeça e pescoço

    ¬ Responder
  • MileMile

    29-09-2011 às 01:22:41

    E quando a dor no músculo do pescoço é causado por stress o que fazer

    ¬ Responder

Comentários - Dicas para relaxar os músculos do pescoço

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: numberstumper

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios