Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Dicas para controlar a compulsão por doces

Dicas para controlar a compulsão por doces

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Dicas para controlar a compulsão por doces

A maioria das pessoas adora degustar guloseimas, o que é perfeitamente natural. Mas, algumas delas enfrentam o problema da compulsão pelos doces, o que pode trazer diversos prejuízos à saúde do indivíduo. Então, confira algumas dicas e saiba como controlar a compulsão por doces.

1 - Faça um diário alimentar: Se você está abusando dos doces experimente começar a anotar tudo o que come. Escreva todos os alimentos que são consumidos durante o dia, horários e quantidades. Assim, será mais fácil se conscientizar sobre as coisas que estão saindo do controle.

2 - Opte pelo doce certo: As melhores guloseimas são as feitas a partir de castanhas e frutas, pois além de diminuir a vontade de comer doces, as fibras e gorduras boas contidas nesses alimentos reduzem a velocidade com que o açúcar é absorvido no organismo. Dessa forma, a glicose é diluída vagarosamente no organismo, o que ajuda a manter o desejo por doces sob controle.

3 - Prefira os sabores fortes: Alguns alimentos contêm antioxidantes e possuem menos açúcar, o que ajuda a diminuir a compulsão por doces. Geralmente eles possuem um sabor mais acentuado, como por exemplo: chocolate meio amargo, mousse de maracujá e limão, etc.

4 - Coma na hora certa: você sabia que a melhor hora para comer doces é após as refeições? Esse é o momento em que eles engordam menos. Isso ocorre porque as fibras contidas na refeição atuam reduzindo a absorção de açúcar. E outra hora que você pode arriscar a comer algumas guloseimas é antes do treino da academia.

5 - Acabe com os doces da dispensa: Para evitar exagerar no consumo de doces não deixe aquele estoque de guloseimas guardado em casa. Assim, será mais difícil sentir aquela compulsão.

6 - Faça substituições inteligentes: É muito importante se alimentar bem desde o café manhã até o jantar, pois manter os níveis glicêmicos regulados é uma forma simples de controlar a compulsão por doces. Caso você tenha picos glicêmicos, seguidos por períodos de baixa glicemia, saiba que isso só contribui para aumentar a vontade de comer açúcar. Por isso, nunca deixe de incluir na dieta alimentos doces, como frutas frescas ou desidratadas, chocolate meio amargo, aveia e mel, geleia e gelatina, ao invés das bombas calóricas como os bolos e sorvetes.


Rua Direita

Título: Dicas para controlar a compulsão por doces

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 0

637 

Comentários - Dicas para controlar a compulsão por doces

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios