Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Consumir mais café pode combater a depressão e o vício do álcool

Consumir mais café pode combater a depressão e o vício do álcool

Categoria: Saúde
Consumir mais café pode combater a depressão e o vício do álcool

Saber que o café é delicioso todos nós já sabemos. Isso até nos mantém motivados e desejosos de consumi-lo cada vez mais e mais. Na verdade, só o seu sabor quente, gostoso e revigorante na manhã ou após o almoço, já é um dia em que nos sentimos realizados.

O consumo de café regulamente tem os seus benefícios. Todos nós sabemos que ele é maravilhoso para ter uma boa saúde e que seu poder atua na mente e no nosso estado interior, ou seja, nas emoções.

Alguns efeitos em que o café faz na gente:
- O café age no sistema nervoso central deixando a pessoa mais disposta e atenta;
- Contrai as veias do cérebro e pode ajudar a eliminar a dor de cabeça;
- Acalma os sintomas de enxaqueca;
- Por conter substâncias antioxidantes, ele contribui para eliminar os radicais livres;
- Não afeta o sono e nem prejudica o coração;
- Ajuda na ação preventiva de algumas patologias como o Parkinson e Alzheimer;
- Aumenta o desempenho cerebral como a memória;
- As chances de suicídio caem em 50% entre adultos que consomem entre duas e quatro xícaras de café diariamente;
- E muitos outros.

Além de todos esses benefícios descritos acima, consumir café todos os dias reduz o mal do século, que é a depressão e o uso abusivo do álcool. Saiba mais!

Você sabia que...
- Quatro xícaras de café podem combater os dois maiores males do século: a depressão e o consumo abusivo do álcool;
- Quatro xícaras de 150 ml/dia previnem os efeitos negativos de 40g de álcool sobre o cérebro humano;
-O desejo de fumar e o número de cigarros podem diminuir com um maior consumo de café.

A depressão é um dos grandes males de nossa época. Muitas pessoas estão sofrendo com essa doença sem ter forças para reagir contra. Apesar das grandes descobertas científicas para acabar com a depressão, ela ainda está presente em milhares de pessoas.

Uma pessoa com depressão é intimamente levada a contrair vícios como o fumo. O ato de fumar é como um escape, uma fuga de relaxar a alma que está depressiva. Essa emoção negativa acaba por tomar conta da pessoa por total, sem ao menos ter forças para trabalhar, estudar, comer, dentre outras atividades comuns e habituais.

O melhor do café é que ele estimula nossas emoções. Por conter ácidos clorogênicos, o café molda nosso estado de humor. Que ótima notícia, não? Ele pode ser um grande aliado a eliminar a depressão e consequentemente o desejo incessante de fumar.

Vamos tomar um cafezinho? Até mais!


Adriana Santos

Título: Consumir mais café pode combater a depressão e o vício do álcool

Autor: Adriana Santos (todos os textos)

Visitas: 0

66 

Comentários - Consumir mais café pode combater a depressão e o vício do álcool

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Dica caseira para remover manchas no rosto facilmente

Ler próximo texto...

Tema: Beleza
Dica caseira para remover manchas no rosto facilmente\"Rua
Com a chegada do verão, os cuidados com a pele precisam ser intensificados. É claro que, independente da estação, os cuidados com a saúde e beleza são fundamentais. Mas, no verão, alguns problemas de pele, principalmente da face, tornam-se mais frequentes e, com isso, surgem algumas preocupações. A boa notícia é que, a maior parte dessas preocupações podem ser amenizadas ou até mesmo solucionadas com dicas caseiras de cuidado com a pele.

Logo, certos cuidados como o uso regular de bloqueador solar é importantíssimo, não só para evitar manchas no rosto e no corpo, como também, para evitar doenças graves como o temido câncer de pele. Por isso, a boa hidratação, a limpeza correta da face e o uso de cremes faciais com proteção contra os raios ultravioletas UVA e UVB não podem ser menosprezados.

Outro detalhe relevante é a escolha da alimentação. Para ter uma pele saudável e bonita é preciso evitar o uso de certos alimentos. Sabe-se que os conservantes, corantes e similares, que estão sempre presentes nos alimentos industrializados provocam alergias e outros problemas. Essas substâncias podem fazer surgir ou intensificar doenças como o melasma, aquelas manchas escuras na face. E, essas manchas são sensíveis ao calor do sol e, dependendo da pele, o tratamento exige bastante tempo e recursos financeiros para cuidados e acompanhamento dermatológico.

Mas, você pode preparar em casa uma loção para limpar a pele, reduzir ou até mesmo remover essas manchas escuras. Você vai precisar de um pêssego maduro, um pouco de hidratante facial e uma bisnaga de Bepantol, que é um creme com vitamina A.

Dicas para preparar seu creme removedor de manchas na pele:

Primeiramente, faça o creme de pêssego: é só bater no Mix o pêssego com um pouquinho de água. Para facilitar, amasse o pêssego com uma colher antes de bater no Mix. Depois, peneire a massa de pêssego para o creme ficar mais homogêneo. Em seguida, misture a terça parte da bisnaga de Bepantol ao pêssego com uma colher, preferencialmente de madeira ou de plástico. Com um algodão e com movimentos suaves, aplique a loção no rosto e deixe agir por 40 minutos. Depois lave com água abundante. Evite o uso de esfoliante porque a pele ficará muito sensível. Essa loção pode ser usada até três vezes na semana. Não use sobras de creme.

Pesquisar mais textos:

Zilma Silva

Título:Dica caseira para remover manchas no rosto facilmente

Autor:Zilma Silva(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios