Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Como deixar de fumar

Como deixar de fumar

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Comentários: 1
Como deixar de fumar

Há quem deteste o cheiro, o fumo, o hálito, enfim, tudo o que seja associado ao tabaco. A Lei proíbe em Portugal que se fume em espaços públicos fechados, desde que devidamente preparados com sistema de extração de fumos eficaz.

O tabaco aumenta de preço todos os anos, e o valor por cada maço de cigarros pode produzir desastres no orçamento mensal. Faz mal à saúde, causando entre muitas outras coisas, problemas graves a nível cardiovascular, pulmonar, sanguíneo, cancro da garganta, enfim, uma inúmera lista de problemas de saúde que incapacitam e levam à morte.

O hálito não é dos melhores, a comida não sabe à sua forma natural, a roupa mantém um cheiro permanente, a pele envelhece mais depressa, e os dedos acabam por ficar amarelos, já para não falar nos dentes.

Apesar de todos os pontos negativos que acabámos de numerar, um fumador, apesar de ter consciência de todos eles, não desiste de fumar.

A sensação relaxante do cigarro, o social e a necessidade de fazer qualquer coisa com os dedos, a toma do café acompanhado do seu fumo. Um fumador, fuma porque gosta de fumar. A digestão é diferente, o relaxamento de começar ou terminar algo e até o simples facto de gostar do sabor, levam a que um fumador continue a fumar.

Mas e quando um fumador quer deixar de fumar e diz que não consegue?

O tabaco vicia e é considerado uma das drogas mais consumidas em todo mundo, e a que mais mata.

Se está decidido a deixar de fumar, siga algumas ideias que aqui são deixadas.

Em primeiro lugar, marque uma data específica para o feito. Um aniversário, o ano novo, qualquer uma serve.

Pondere porque o faz. Pelos seus filhos, pela sua cara-metade, por si mesmo e pela sua saúde.

Em período de abstinência coma docinhos de mentol. Rebuçados ou pastilhas, mantém o hálito fresco e a boca ocupada.

Prepare um plano relativamente ao dinheiro que vai poupar. Compre um mealheiro e todos os dias guarde o dinheiro que gastaria no seu maço de tabaco. Prepare-se para as férias que vai fazer com esse dinheiro.

Adie a vontade de fumar o cigarro. Se tiver muita vontade, distraia-se e adie as passinhas que tanto deseja.

Peça ajuda. Nas farmácias existe um leque alargado de produtos que o podem ajudar. Se mesmo assim não resultar, dirija-se ao posto de saúde e fale com o seu médico.

Tal como qualquer dependência, um ex-fumador passivo pode ter recaídas. Lembre-se depois de ter deixado de fumar, o quanto lhe custou e os benificios que isso lhe trouxe. Não fume, pela sua saúde.



Carla Horta

Título: Como deixar de fumar

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

621 

Imagem por: YOUscription

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoCarlos Manuel

    03-07-2012 às 10:09:34

    Muito Obrigado pelas dicas, estou tentando deixar de fumar e ainda não consegui, e queria evitar gastar dinheiro em terapias...
    Vou ver se consigo largar este maldito vicio.
    Valeu

    ¬ Responder

Comentários - Como deixar de fumar

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Imagem por: YOUscription

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios