Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > Beije, pela sua saúde

Beije, pela sua saúde

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Beije, pela sua saúde

Todos sabemos que receber e dar um beijo absorve os nossos sentimentos e aguça a nossa sensibilidade. Um beijo, é sempre saboroso, e quando dado e recebido com sentimento, faz-nos sonhar para além do ato. Tem a capacidade de nos fazer viajar, de nos elevar, enfim, despistar entre turbilhões de sentimentos e intensidades.

Quando beijamos ou somos beijados, não imaginamos nos benefícios que um beijo nos pode trazer.

O prazer de um beijo faz bem á saúde física e emocional! Um beijo nos lábios obriga a um movimento de 61 músculos (32 da língua e 29 dos lábios), num prazer que exercita toda a face. Um beijo evita o envelhecimento precoce e desenvolve a audição, o olfato, o tato. Aguça o olhar e naturalmente o gosto.

Um beijo faz aumentar o ritmo cardíaco para 150 pulsações por minuto (o normal é entre 60 a 100p.p.minuto, sendo de 150 a 200p.p.minuto aquando a prática de desporto). A aceleração do ritmo cardíaco tem como consequência a ativação da circulação sanguínea e a oxigenação das células.

Como medida contra a insónia e as dores de cabeça, aconselhamos também um beijo, e se sofre de uns quilinhos a mais, saiba que conseguirá queimar 12 calorias.

Um beijo relaxa, afasta maus pensamentos, alivia o stress e retira a pressão a que muitos de nós está permanentemente sujeito. Ser beijado transmite-nos sensação de desejo, e alimenta-nos o ego. Faz-nos sentir bem na nossa pele e acarreta uma sensação de satisfação única. Se tende a ser depressivo, beijar é o melhor remédio para afastar tristezas.

A produção e libertação substancial de hormonas (substância transportada para o sangue que regula órgãos e regiões do corpo), tal como de adrenalina e a endorfina (substâncias utilizadas pelos neurónios na comunicação com o sistema nervoso), produzem e causam bem-estar criando uma sensação de bem-estar. No fim, aceitação!

Beijar pode hoje ser ato comum de afeição, mas a história do beijo remota 2.500 A.C. – Basium – Beijo em Latim. Embora os Gregos tivessem a prática de beijar, foram os Romanos os pioneiros nesta prática. Os imperadores Romanos permitiam que os nobres os beijassem na boca, as pessoas menos importantes nas mãos e os súbitos nos pés.

Apesar da história e de todos os benefícios que um beijo pode fazer à nossa saúde, não pense nisto quando for beijado. Desfrute. Feche os olhos e deixe-se viajar. Sinta, transpire a emoção e corresponda com emoção. Os beijos servem exatamente para isso.


Carla Horta

Título: Beije, pela sua saúde

Autor: Carla Horta (todos os textos)

Visitas: 0

631 

Imagem por: Pink Sherbet Photography

Comentários - Beije, pela sua saúde

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O que é uma Open House?

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Imóveis Venda
O que é uma Open House?\"Rua
Este é um tema que vem pôr muito a lindo o trabalho de alguns mediadores imobiliários e do seu trabalho.

Quando temos um imóvel para vender, muitos são os métodos a utilizar e os meios que nos levam até eles para termos o nosso objetivo cumprido – A venda da Casa.
Quando entregamos o nosso imóvel para que uma mediadora o comercialize, alguns aspetos têm de ser tidos em conta, como a legalidade da empresa e quem será a pessoa responsável pela divulgação da sua casa, mas a ansia de vermos o negócio concretizado é tanta, que muitas vezes nos escapa a forma como fazem a referida divulgação e publicidade do imóvel.

Entre anúncios na internet e as conhecidas folhas nas montras dos estabelecimentos autorizados, muitas mediadoras optam por fazer uma ação que está agora muito em voga que é uma Open House. Mas afinal, o que é isto de nome estrangeiro que tanto se vê pelas ruas e em folhetos de anúncio?

Ora bem, a designação em Português é muito simples – Casa Aberta. E na realidade, uma Open House é isso mesmo. Abrir uma Casa para que todos a possam ver. NO entanto, requerem-se alguns aspetos que as mediadoras normalmente preveem, mas que é fundamental que o proprietário do imóvel também tenha consciência e conhecimento.

Por norma as imobiliárias só fazem este tipo de intervenção e ação em imóveis que têm como exclusivo, isto é, quando é uma só determinada mediadora, a autorizada a poder comercializar o imóvel.

Em segundo lugar, este tipo de ação de destaque requer à mediadora custos com tempo, recursos humanos e financeiros.
A mediadora começa por marcar um dia próprio que por norma é datado para um feriado ou fim de semana. Faz então publicidade local através de folhetos e flyres anunciando a Open House, o dia e a hora, tal como o local. Muito provavelmente serão tiradas fotografias ao seu imóvel.

Através de redes sociais também poderão ser divulgadas as ações.
No dia da Open House, o local será indicado com publicidade da sua casa e da imobiliária e começarão a aparecer visitas ao imóvel.

Sugiro que não tenha mobiliário e muito menos valores em casa. O ideal será o imóvel estar desocupado de todos e quaisquer bens, por uma questão de segurança, mas também porque as áreas parecerão maiores e isso com toda a certeza ajuda à venda.

A imobiliária será responsável pela limpeza e trato do imóvel, pelo que se ocorrerem danos, serão eles os responsáveis.
Neste tipo de ações, é normal que a concorrência das imobiliárias apareça e faça parcerias que para si só trará vantagens.

Uma Open House pode não ser uma ação de destaque em Portugal, mas por exemplo nos Estados Unidos, é o normal e mais agradável. Os clientes não se sentem pressionados como numa visita normal e os negócios concretizam-se com muito mais rapidez e naturalidade.

Pesquisar mais textos:

Carla Horta

Título:O que é uma Open House?

Autor:Carla Horta(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios