Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > ADN - Ácido Desoxirribonucleico

ADN - Ácido Desoxirribonucleico

Categoria: Saúde
Visitas: 2
Comentários: 1
ADN - Ácido Desoxirribonucleico

O ácido desoxirribonucleico é um ácido nucleico, que é a parte da célula que contém moléculas que armazenam informações acerca do ser vivo. O ADN é feito de um padrão de quatro nucleótidos diferentes, que são ligados numa extremidade a um grupo de fosfato e, por outro, a uma base nitrogenada. A base de azoto pode ser um de quatro tipos: adenina, citosina, guanina ou timina. Os nucleótidos são unidos em cadeias longas para fazer o ADN e essas duas vertentes torcem-se juntos para criar característica de dupla hélice do ADN. Cada filamento tem o açúcar ou fosfato final dos nucleótidos. Os lados são unidos entre si por pares de nucleótidos complementares.

O ADN armazena a informação que determina a forma como você olha, e a informação é colocada em ação por proteínas. Isso significa que o ADN tem que ser capaz de construir uma proteína, que é uma cadeia de produtos químicos chamados aminoácidos. O ADN tem genes que sabem como fazer as proteínas necessárias. Os vinte aminoácidos diferentes podem ser utilizados para criar uma proteína, e quatro bases do ADN são responsáveis por dispondo-los na ordem correta para formar a proteína desejada. As bases são organizadas em grupos de três, chamados códons, e os grupos trabalham juntos.

Uma molécula de ADN - como aquelas em bactérias E.coli, por exemplo - pode conter 3.000 genes. O espaço que leva para codificar todas essas informações exigiria uma molécula de ADN com cerca de 1 milímetro de comprimento. Mas uma bactéria E.coli mede apenas cerca de 3 mícrones de comprimento. O ADN consegue encaixar e ficar tão pequeno porque está enrolado em um cromossoma circular. Nas suas células, o ADN é, na verdade, enrolado em torno de uma proteína.

O ADN é uma molécula biológica universal que está presente em todas as células vivas que pode ser analisado até a partir de células presentes nos ossos.
No ADN estão presentes todas as informações genéticas acerca do indivíduo ou ser em análise. Atualmente tem diversas aplicações na área da medicina e pode ser utilizado no diagnóstico precoce de doenças hereditárias – doenças que passam de pais para filhos.

Rua Direita

Título: ADN - Ácido Desoxirribonucleico

Autor: Rua Direita (todos os textos)

Visitas: 2

601 

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 1 )    recentes

  • SophiaSophia

    17-04-2014 às 20:39:37

    A Rua Direita agradece pelo excelente texto!

    ¬ Responder

Comentários - ADN - Ácido Desoxirribonucleico

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Receptores digitais

Ler próximo texto...

Tema: TV HIFI
Receptores digitais\"Rua
Os receptores digitais são instrumentos que têm a função de receber sinal por via de canais digitais.

De acordo com a sua função, estes canais poderão ser satélite ou por cabo. Actualmente, já existem bastantes serviços de televisão por cabo que funcionam apenas com estes receptores, uma vez que é através deles que se consegue ter acesso não só aos canais de serviço, mas também a pacotes codificados.

O serviço de recepção de canais por satélite é um sistema independente para o qual é necessário ter um disco receptor satélite de modo a poder ter canais digitais fora dos serviços prestados pelos operadores de televisão digital.

Este instrumento permite que os próprios ecrãs sem tecnologia digital passem a usufruir desta através destes receptores. No entanto, a melhor qualidade só é garantida com um ecrã já com esta tecnologia.

Os receptores digitais permitem também aceder a uma multiplicidade de serviços, desde que devidamente configurados. Por exemplo, com estes receptores, é possível aceder a menus específicos de pausa de emissão para depois ser continuada, de serviços on-demand ou acesso a portais específicos, entre outros.

Esta pequena caixinha permite ao seu utilizador usufruir da televisão a um novo nível, de modo a que possa ter todas as comodidades no conforto do lar. 

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Receptores digitais

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    04-06-2014 às 06:53:28

    Gostei dos receptores digitais. Bom texto abordando isso.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios