Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > A Vacina Contra HPV: Riscos Versus Recompensas

A Vacina Contra HPV: Riscos Versus Recompensas

Categoria: Saúde
Visitas: 2
A Vacina Contra HPV: Riscos Versus Recompensas

Anunciada como um antídoto para o câncer cervical e que também pode ajudar a frear o câncer bucal, a vacina HPV tem sido uma equação que parece simples o suficiente: três agulhadas rápidas ao longo de seis meses é igual a imunidade do vírus do papiloma humano(HPV), que, por sua vez, é igual a proteção contra o câncer do colo do útero, o terceiro câncer mais comum entre as mulheres. Se pelo menos, a matemática fosse assim tão simples, né?

Na verdade, Gardasil, a vacina contra o HPV, que marcou a aprovação da FDA, há quatro anos para meninas com idades entre 9 a 26 anos, e Cervarix, que recentemente chegou ao mercado para aquelas com idade entre 10 e 25 anos, criaram tanta controvérsia que muitas mulheres não sabem se arregaçam as mangas, ou correm para as montanhas.

Aqui estão os fatos para que você possa tirar suas próprias conclusões. (Tudo o que você decidir, no entanto, é essencial visitar sempre o seu médico para exames regulares) Mais de 100 tipos de HPV existem, e 30 deles estão associados com câncer abaixo da cintura. O Gardasil e Cervarix são as vacinas de dois tipos: números 16 e 18, e que foram pensados para ser os inibidores do câncer de colo do útero, diz a desenvolvedora da vacina Diane M. Harper, MD. De fato, fornece uma proteção completa, tanto o 16 como o 18, e Cervarix oferece proteção extra contra as três outras versões relacionadas ao câncer. Também pode haver esperança para as mulheres já diagnosticadas com células pré-cancerosas.

A vacinação pode ser benéfica, mesmo que você já tenha sido infectado com o HPV. Eis a lógica: Porque as mulheres não são testadas para tipos específicos do vírus? Um resultado do teste de HPV positivo não significa necessariamente que você tenha o tipo 16 ou 18. Então, após o diagnóstico, isso vai ajudar a afastar essas versões. Este é o raciocínio que levou Lena Chen, uma escritora freelance, em Boston, a optar por Gardasil, enquanto que na Universidade de Harvard, ela teve um susto com o HPV. "Eu pensei que era um bom investimento na minha saúde futura", diz ela. "Eu gostaria de ter feito isso antes"

Mas, quanto ao aumento da imunidade? Será que ela pode ficar durante quanto tempo? As primeiras pesquisas mostram que Gardasil e Cervarix são eficazes para até cinco anos (o último depois de apenas uma dose). Mas, o câncer cervical possui um crescimento muito lento que leva uma eternidade para se desenvolver e até descobrir, por isso a vacina teria de ser 100% eficaz durante, pelo menos, 15 anos para evitar um verdadeiro tumor, não acham???

O que é mais importante, diz Harper, é estar sempre vigilante sobre o seu check-ups. "Ninguém que teve a vacina deve sentir-se como se estivesse totalmente protegido", explica ela. "HPV’s menos comuns que não são alvo da vacina, pode também causar câncer. Serem vacinadas apenas significa que você tenha tomado mais medidas para a prevenção." Pode haver efeitos colaterais graves. Muitos beneficiários de Gardasil experimentaram vermelhidão, dor, e desmaios. ("Qualquer vacina está associada com desmaios", diz Michael Lamacchia, MD, um especialista em doenças infecciosas do Hospital Infantil de São José, em Paterson, New Jersey). Mas milhares de mulheres também relataram problemas mais preocupantes, incluindo fadiga incapacitante, paralisia, cegueira ou complicações autoimunes, e algumas até morreram, de acordo com dados do CDC e FDA.

"Eu tinha 19 anos quando recebi a primeira agulhada, mas meu braço doía tanto nos próximos três meses que eu não voltaria para o segundo não", diz uma jovem de 21 anos, que pediu para não ser identificada. "Mesmo agora, meu braço é consideravelmente fraco, e tenho vertigem e outros problemas de saúde. Eu costumava correr quase 4km por dia. Agora, gasto muito tempo consultando-me com os médicos”

Embora os pesquisadores não estejam certos de que as queixas como estas resultem de efeitos colaterais diretos por causa do Gardasil (Cervarix não teve tempo suficiente para acumular reclamações), "é importante notar que mais de 70 meninas jovens saudáveis morreram de uma reação neurológica que ocorreu logo depois de receber a vacina", diz Harper. (A FDA não é obrigada a agir em resposta a qualquer efeito colateral que ocorra em menos de um em cada 10 mil pessoas) Então, se você está realmente preocupado, ela diz, "você pode evitar os riscos optando por uma vida inteira de teste Papanicolaou, em vez de vacinação"

Conclusão: A vacina HPV é um risco atingível para outros problemas, incluindo até morte, além de não ser 100% eficaz no combate ao vírus que futuramente se tornará em câncer. Agora, fiquem com suas próprias conclusões! Comente e deixe sua opinião!


Rafaela Coronel

Título: A Vacina Contra HPV: Riscos Versus Recompensas

Autor: Rafaela Coronel (todos os textos)

Visitas: 2

591 

Comentários - A Vacina Contra HPV: Riscos Versus Recompensas

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Manutenção Automovel

Ler próximo texto...

Tema: Automóveis
Manutenção Automovel\"Rua
Faça você mesmo a revisão do seu automóvel e poupe dinheiro em oficinas. Primeiro verifique com a ajuda de outra pessoa a iluminação exterior. Uma pessoa fica no interior do carro e liga as luzes, verifique á frente os mínimos, os médios, os máximos e os piscas. Depois atrás verifique os mínimos os stop a marcha atrás e o farol de nevoeiro.

A seguir verifique a iluminação do interior do veículo e do painel de instrumentos e a afinação do travão de mão.

Agora está na hora de verificar os filtros de ar, gasóleo e habitáculo. Dependendo da utilização eles podem fazer em média 40.00km, se estiverem sujos substitua-os por novos.

A seguir vem a mudança do óleo este em geral pode-se retirar pelo bujão de vazamento do cárter, convém substituir a anilha e o filtro de óleo. O óleo novo deve respeitar as especificações do fabricante, verificar no livro de manual de utilizador do veículo os litros de óleo do motor. Meter o óleo novo pelo bucal superior do motor com a ajuda de um funil, o nível do óleo não pode ultrapassar o máximo. Se não sabe a quantidade de óleo deite 4 litros e depois verifique o nível pela vareta de verificação de nível e vá deitando até chegar ao nível certo.

Agora é preciso verificar as pastilhas de travões, hoje em dia como quase todos os veículos têm jantes especiais consegue verificar sem desmontar as rodas. Substituir se necessário as pastilhas, ao desmontar repare como desmonta para depois voltar a montar tudo de novo. Por fim verifique a pressão dos pneus com um manómetro, a pressão indicada varia de carro pra carro se não sabe a pressão indicada ponha 2.2bar que é em média a pressão que todos utilizam.

Convém dizer que qualquer material que precise basta procurar numa loja de peças auto próxima de si ou então encomendar via net pois existem vários sites especializados em peças e materiais de manutenção auto. Vai ver que não custa nada se eu aprendi você também pode aprender e além disso fica a conhecer melhor o seu carro.

Com isto tudo pode poupar em média 200€ por cada revisão.
Obrigado e até a próxima.

Outros textos do autor:
Manutenção Automovel

Pesquisar mais textos:

Vendas Online

Título:Manutenção Automovel

Autor:Vendas Online(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    17-06-2014 às 04:55:10

    Há inúmeros benefícios para fazer a manutenção do automóvel, pois isso garante melhor preservação do veículo e se prolonga o uso por muitos e muitos anos.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios