Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Saúde > A Bulimia - Diagnóstico E Tratamento

A Bulimia - Diagnóstico E Tratamento

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Saúde
Visitas: 4
A Bulimia - Diagnóstico E Tratamento

A bulimia é uma doença do foro psicológico, um distúrbio alimentar que afeta principalmente mulheres jovens. Ao contrário da anorexia, passível de ser notada fisicamente, as doentes de bulimia mantêm em regra um peso normal, sendo assim mais difícil de diagnosticar. Os seus sintomas são, em linhas gerais, a ausência de menstruação, debilidade muscular, peso inconstante e má qualidade dos dentes, provocado pelos vómitos recorrentes.

Os comportamentos associados às pessoas que padecem deste distúrbio são os excessos alimentares, seguidos do vómito auto-induzido (bem como o uso repetido de laxantes) de forma a purgar o corpo da comida, preocupação exagerada com o peso e recurso persistente ao exercício físico, estas duas últimas características também da anorexia nervosa. Não raras vezes, porém, estas duas doenças sobrepõem-se no mesmo indivíduo, bem como as suas causas: a autoestima pobre e as carências emocionais são a base, mas não a causa efetiva – essa reside na crença de que a transformação do corpo resolverá os seus conflitos interiores e insegurança nas relações interpessoais. Assim que interiorizada uma imagem distorcida e doentia do corpo feminino, o caminho está aberto para o distúrbio alimentar se instalar.

Entre as consequências da bulimia figuram a desidratação severa, resultado do uso continuado de laxantes e deterioração do funcionamento renal. A deficiência de potássio causada pelos laxantes deve ser tratada com recurso aos alimentos que o contenham em grandes quantidades, como bananas.

No tratamento da bulimia, para além do internamento hospitalar e da vigia permanente do doente para prevenir possíveis recorrências do vómito e dos hábitos laxativos, é necessária uma orientação do doente para uma utilização saudável dos hábitos alimentares, começando com regras tão básicas como o estabelecimento de refeições diárias a horas certas e regulares. Aqui, a estratégia é diferente da que se deve adotar com os anoréticos. Se, com estes últimos, a preocupação mais premente é o ganho acelerado de peso, recorrendo a comida rica em gorduras e açucares, é precisamente desses excessos que o bulímico deve ser afastado, sendo reconduzido para uma alimentação saudável regular, sem períodos de excesso nem privação. O tratamento pode estender-se no tempo e necessita do acompanhamento familiar.

Sofia Nunes

Título: A Bulimia - Diagnóstico E Tratamento

Autor: Sofia Nunes (todos os textos)

Visitas: 4

638 

Comentários - A Bulimia - Diagnóstico E Tratamento

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

O meu instrumento musical avariou!

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Instrumentos Musicais
O meu instrumento musical avariou!\"Rua
É inevitável que, mais cedo ou mais tarde, um instrumento musical precise de reparação.

Mesmo que conheçamos bem o nosso instrumento e o consigamos arranjar, na maioria das vezes é necessário um técnico para o fazer com a melhor das qualidades.

Eventualmente, nem será necessário existir um problema com o instrumento, poderá ser apenas uma questão de manutenção. 

No caso de uma guitarra, por exemplo, qualquer instrumentista é perfeitamente capaz de substituir uma corda partida e tirar da guitarra o mesmo som que ela tinha.

No entanto, existem reparações, seja uma amolgadela no tampo ou uma tarraxa arrancada, que convêm ser feitas por técnicos especializados.

Por norma, as próprias casas que vendem instrumentos musicais efectuam essas reparações ou são capazes de aconselhar técnicos para as fazer.

Mediante o instrumento musical em questão, a reparação ou manutenção poderá ser mais cara. É sempre mais fácil arranjar um técnico que repare um piano do que um que arranje oboés.

Apesar de ser normal cuidar do nosso instrumento musical regularmente, os percalços acontecem todos os dias. Para os contornar, há sempre alguém que nos poderá aconselhar melhor do que nós próprios.

Apesar de poder sair mais caro, temos também a certeza de que o nosso instrumento foi arranjado por especialistas no assunto.

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:O meu instrumento musical avariou!

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • luiz fabiano 18-02-2012 às 15:48:28

    boa tarde amigos preciso de um cabo flex da lcd da camera g70 se aulguem tiver mande um email obrigado

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios