Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Os camponeses medievais

Os camponeses medievais

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Visitas: 32
Os camponeses medievais

Dentro da categoria dos camponeses há diferenças hierárquicas.

Os que têm maior riqueza são os lavradores. Possuem mais terras, juntando terras de exploração senhorial. Também têm juntas de bois para trabalhar as terras e o gado para vender. Utilizam mão de obra alheia, sobretudo, na altura das sementeiras e colheitas.

A seguir aos lavradores, estão os simples cultivadores. Possuem apenas uma junta de bois ou nenhuma, tendo de pedir emprestado em último caso. Estes camponeses médios podem ter uma propriedade própria e/ou cultivarem a propriedade do senhor, aumentando, assim, os seus rendimentos. Contudo, são sempre precários. Eles não vendem. Tudo que conseguem era para autoconsumo, para pagar a renda ao senhorio e a dízima à Igreja. Não contratam ninguém, senda a família a principal ajuda para cultivar a terra.

A terceira categoria de camponeses tem de alugar os braços para sobreviver, ou seja, o corpo é a sua principal fonte de trabalho. Não tem terra própria nem arrendada. Apenas tem alguns instrumentos para trabalhar a terra dos outros. O salário é muitas vezes em géneros, como a alimentação, o vestuário, o calçado e o alojamento. Podem ser contratados como jornaleiros. Em trabalhos excecionais, em que o trabalho é mais intenso. Em geral, têm apenas um quintal para cultivar, um pequeno espaço para criar porcos e uma capoeira. É, decididamente, a categoria mais pobre.

Os camponeses vivem segundo o ritmo das estações. Há momentos de muito trabalho no campo, mas também há períodos de sossego, nomeadamente, no inverno, com a chuva e a neve. Neste período, ocupam-se de outras coisas: recuperações das casas, dos celeiros, das adegas e dos lagares. Existe um conjunto de festas que marcam o ano, sobretudo, a festa que marca a superioridade da primavera sobre o inverno. No verão realizam-se festas dos santos, onde as pessoas convivem e dançam.

Em geral, os camponeses mais pobres não têm casa de banho, tomam banho por uma bacia, as roupas já têm muitos anos, pois são passadas de geração em geração. O Domingo é especial, pois é o dia da missa.

A vida dos camponeses é muito dura e quando não tem trabalho no campo, vão para as cidades à procura de um sonho, que, muito provavelmente, não se vai concretizar.


Daniela Vicente

Título: Os camponeses medievais

Autor: Daniela Vicente (todos os textos)

Visitas: 32

778 

Comentários - Os camponeses medievais

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Smartphone inovador

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Máquinas
Smartphone inovador\"Rua
O novo Xperia S é um novo smartphone que é produzido pela sony, que foi pensado para a reprodução multimédia de alta resolução, atenuando deste modo as diferenças entre um telefone e uma consola de jogos portátil.

Este inovador softwere é capaz de apresentar vídeos de alta definição, a 1080p.

Contêm uma cãmara integrada de 12 MP, sendo capaz de capturar imagens em full HD. O processamento de imagem é feito por um motor de nome Bravia, que é uma tecnologia a pensar na reprodução de imagem e de áudio.

O hardwere e softwarwe deste smartpfhone foi optimizado para ser compatível com o playstachon Suite, que se trata de uma plataforma de videojogos , onde podem ser descarregados e jogados no telemóvel vários títulos previamente lançados na playstation.

O seu ecrâ é quase todo em vidro, separado apenas do revestimento no fundo por uma faixa transparente.

Esta faixa funciona como uma antena do dispositivo, bem como a área visívil para os principais botões, no fundo.

O seu formato é ligeiramente curvo e com uma espessura de apenas um centímetro, o qiue lhe dá um ar muito elegante e leve.

A energia que alimenta o dispositivo é fornecida por uma pequena bateria, que dura para 420 horas em standby, horas para música e outras para vídeo.

De salientar que a Sony Ericsson sempre foi muito forte na qualidade da fotografia, e o destaque deste aparelho vai para o seu sensor Exmor R, que é retroiluminado com circuitos integrados, permitindo tirar fotos com pouco ruído , em situações de fraca luz.

Além de todos os pormenores inovadores, o sensor recebe a luz de trás por um substrato de sílica, garantindo mais eficácia .

Por outro lado, o xperia S, é ainda compatível com várias plataformas de comunicação, tal como a near-fild comunication.

O ecrã é sem dúvida alguma o mais elevado do mercado atual, apresentando milhões de cores.

As características invadoras ddeste smartphone, são: o modelo, aplaystachion, o ecrâ de alta definição, o processador, o software e as suas ligações

No que concerne às ligações, inclui uma superabundância delas, incluindo uma porta HDMI2 para ligar o dispositivo diretamente a um monitor para reproduzir vídeos, audio e imagem.

O lançamento deste sistema da sony, foi lançado só recentemente em Las Vegas, EUA, em Janeiro de 2012, no convention Center.

Para os fâs das novas tecnologias o smartphone Xperia S, é com efeito, uma óptima aquisição, para as férias de verão.

Pesquisar mais textos:

Pedro gil Ferreira

Título:Smartphone inovador

Autor:Pedro gil Ferreira(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios