Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Orgulho Infame

Orgulho Infame

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Orgulho Infame

O mais fácil quando não compreendemos determinada situação, determinado conceito ou determinada lei, da física, da ciência ou da moral, é negar; e a maioria das pessoas segue normalmente o caminho mais fácil: nega.

No passado homens de relevo negaram que a terra é redonda, que terra e outros planetas giravam volta do sol, e tantas coisas mais. Isto porque segundo Pascal “O homem está sempre disposto a negar tudo aquilo que não compreende”. Nos nossos dias achamo-nos tão entendidos mas chegamos à brilhante conclusão de que há muitas coisas que ainda não compreendemos, e por esse facto muitos de nós continuamos a negar coisas tão simples que uma criança afirmaria com a maior das simplicidades.

Uma coisa há, mas em tão pouca quantidade que chega a poder dizer-se que falta à humanidade. Falta humildade suficiente para dizermos que não compreendemos. Temos orgulho demais para pedirmos ajuda, explicação…

Nada atenta mais contra o conhecimento do que a incapacidade para nos colocarmos no lugar de aprendizes. Jesus disse em Mateus 11:29 “Aprendei de mim” E nada há melhor do que aprender do terno mestre da Galileia; porém, também a Ele muitos têm negado, porque a sua vida, o seu altruísmo, e o seu amor por um mundo perdido e pecaminoso é muitas vezes incompreensível para pessoas como nós.

Humanamente nada justificaria que um homem quisesse, ele mesmo, entregar a sua vida nas mãos de assassinos com vista a salvar ainda que fosse o mundo inteiro como é o caso, mas Ele, sendo o próprio Deus, vê todas as coisas de uma forma diferente de nós. Jesus sabia que o seu sacrifício seria uma tortura, no entanto Ele sabia também que após a aceitação do mesmo por Deus pai, Ele tornaria a viver; e este processo daria a todos os que crerem nele uma vida nova, capaz de ultrapassar e continuar para além da morte física.

Para gozar desta possibilidade maravilhosa, é no entanto preciso crer, não é impreterível compreender do ponto de vista psíquico porque este é um daqueles factos que só se entendem pela fé, no entanto crer é absolutamente necessário. Está escrito também em Hebreus 11:6 que sem fé é impossível agradar a Deus. É importante despojarmo-nos do nosso orgulho infame que nos leva a negar o que não compreendemos e aceitarmos pela fé o sacrifício de Cristo na Cruz do Calvário por amor da humanidade, e por amor de cada ser humano individualmente.


Ana Sebastião

Título: Orgulho Infame

Autor: Ana Sebastião (todos os textos)

Visitas: 0

803 

Comentários - Orgulho Infame

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Como fazer disfarces de Carnaval

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Vestuário
Como fazer disfarces de Carnaval\"Rua
O ano começa e depressa chega uma data muito ansiada principalmente pelos mais jovens: o desejado Carnaval!

Esta é uma data que os pequenos adoram e deliram com as fantasias. O problema maior é a despesa que os disfarces representam e no ano seguinte já não usarão o mesmo disfarce ou, no caso dos mais pequenos, já não lhes serve.
O melhor nesta data é mesmo reciclar e aprender a fazer disfarces caseiros utilizando truques mais económicos e materiais reciclados para preparar as fantasias dos pequenitos!

Uma sugestão para os meninos é o traje de pirata que pode facilmente ser criado a partir de peças que tenha em casa. Procure uma camisa de tamanho grande e, de preferência, de cor branca com folhos. Se não tiver uma camisa com estas características facilmente encontrará um modelo destes no guarda-vestidos de alguma familiar, talvez da avó.

Precisará de um colete preto. Na falta do colete pode utilizar um casaco preto que esteja curto, rasgue as mangas pelas costuras dos ombros. As calças devem ser velhas e pretas para poderem ser cortadas na zona das pernas para envelhecer a peça. Coloque um lenço preto ou vermelho na cabeça do menino e, de seguida, com um elástico preto e um pouco de velcro tape um dos olhos.

Para as meninas não faltam ideias originais para fazer disfarces bonitos e especiais para este dia. Uma ideia original é a fantasia de Flinstone. É muito fácil e prática de fazer e fica um disfarce muito bonito. Comece por arranjar um pedaço de tecido branco. Coloque o tecido em volta do corpo como uma toalha de banho e depois amarre num dos braços fazendo uma alça. Depois corte as pontas em ziguezague mantendo um lado mais comprido que o outro. Amarre o cabelo da menina todo no cimo da cabeça, como se estivesse a fazer um rabo-de-cavalo mas alteie-o mais. Com o auxílio de um pente frise o cabelo, pegando nas pontas e passando o pente em sentido contrário até que fique todo despenteado. Numa loja de disfarces compre um osso de plástico e prenda na fita da criança.

Pegue nos materiais, puxe pela imaginação e ponha mãos ao trabalho!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Como fazer disfarces de Carnaval

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    09-06-2014 às 04:01:21

    Não em carnaval, mas em bailes de fantasia, sempre usei o TNT. Eles são ótimos para trabalhar o corte, para costurar e deixa bem bonito!
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios