Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > O quotidiano feminino medieval

O quotidiano feminino medieval

Categoria: Outros
Visitas: 4
O quotidiano feminino medieval

Quer fosse nos centros régios ou senhoriais, as mulheres viviam entre si. Passam o tempo em actividades femininas, como fiar, tecer e bordar. Não fazem destas actividades profissões, mas uma maneira de ocupar o tempo. Podiam também ocupar o seu tempo na leitura, a escrever cartas a familiares e amigos, ou em caso de já serem mães, ocupam o seu tempo com as crianças. Até aos dois anos, as crianças tinham amas-de-leite. Só a partir de então passavam aos cuidados totais da mãe. A partir do século XIV a mãe ensinava as crianças as primeira letras, assim coma as primeiras orações. Os rapazes ficavam ao cuidado da mãe até aos 7 anos de idade, porém as raparigas continuavam aos cuidados da mão até casarem e podiam ter perceptoras. Ao estarem com a mãe também aprendiam como gerir uma casa, dar ordens aos criados e tomar conta da contabilidade, os rapazes aos 7 anos iam para a parte do castelo reservado aos homens, onde aprendiam a montar, a manejar armas e a defenderem-se com o escudo. Exercitavam-se através da luta, da corrida e dos jogos de bola. Desde muito cedo preparavam-se para a guerra e para os jogos de cavalaria. Também faziam caça, principalmente de montaria, onde enfrentavam muitos perigos. As mulheres não participavam neste tipo de caça, mas podiam participar na caça de cetraria ou volataria. Caçavam com um certa opulência e bem vestidas. Estes divertimentos eram concluídos com banquetes.

Havia vários tipos de jogos: o xadrez, dados, as cartas e os famosos jogos amorosos. Estes estavam enquadrados numa sociedade que os casamentos eram arranjados em criança. Aos 7 anos confirmavam a vontade de realizar o casamento, e a rapariga com 12 anos e o rapaz com 14 já podiam casar. Exercia-se alguma pressão para aceitarem o casamento. Os filhos segundos excluídos das heranças tinham maior liberdade, como conquistar as donzelas. A ideia do amor cortês por a mulher provocar o cavaleiro, nunca envolvendo nada físico. Em Portugal, por exemplo havia cantigas de amor, amigo e escárnio e mal dizer. Os trovadores eram eles próprios da nobreza, e havia também jograis, que faziam a música, e as soldadeiras que dançavam. Nas cortes também tinha grande sucesso a historiografia: as crónicas e as biografias encomendadas pelos reis ou personagens da nobreza.

Daniela Vicente

Título: O quotidiano feminino medieval

Autor: Daniela Vicente (todos os textos)

Visitas: 4

612 

Comentários - O quotidiano feminino medieval

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Secretária em vidro

Ler próximo texto...

Tema: Mobiliário
Secretária em vidro\"Rua
A maior parte das casas tem um escritório para fazer os trabalhos relativos Á profissão ou outros. È uma divisão extremamente necessária para as pessoas se recolherem a trabalhar. Por isso o escritório deve ser um local com conforto e agradável. O ambiente torna-se extremamente importante para o recolhimento necessário e a concentração que certos trabalhos exigem. Se não se tiver no local de trabalho tem de construir-se em casa.

Em todas as profissões é útil ter uma secretária para colocar um computador portátil. Livros e outros acessórios. É uma peça de mobiliário que não se dispensa de forma nenhuma. Desde sempre que foi indispensável na escola, no escritório, na empresa. A sua funcionalidade é como a do computador que praticamente não se dispensa. Para onde se vá leva-se o computador portátil a servir de complemento.

No que diz respeito à secretária ela exige um bom material e design bonito. E de facto há secretárias muito belas desde o seu modelo ao material e design. Por exemplo uma secretária em vidro fica muito bem num escritório amplo de uma vivenda ou numa empresa particular bem decorada. Pode colocar-se também num pequeno escritório de um apartamento ou numa sala especial e decorada a gosto. Há quem prefira ter uma secretária num espaço pequeno especificamente para trabalho. Deste modo concentra-se mais nele e não pensa no que tem para fazer em casa. Ou seja, dá mais prioridade ao que eventualmente tenha que fazer numa secretária. Para além de ajudar a decorar e embelezar o espaço onde se coloca dá um certo ar de charme e gramou num ambiente. Se este for decorado com objectos bonitos de decoração e uma estante para livros dá um ar mais intelectual ao ambiente. Deste modo mais propício para o recolhimento.

Não é por acaso que muita gente prefere o seu escritório para passar as horas que dispõe no seu quotidiano ou fins – de - semana. É um local propício a pensar mais nos projectos, no trabalho e nos encargos da vida. Deste modo cada divisão da casa tem uma funcionalidade diferente e um ar distinto dos restantes.

Não quer dizer que uma secretária em vidro não fique adaptada noutro local que não seja para o trabalho de estudantes ou outros, ela pode ainda adaptar-se para embelezar ou harmonizar espaços que estejam por preencher numa casa maior ou outro local. Sem dúvida que a secretária em vidro não vai deixar mal nenhum espaço onde se coloque.

Pesquisar mais textos:

Teresa Maria Batista Gil

Título:Secretária em vidro

Autor:Teresa Maria Gil(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    20-04-2014 às 15:52:38

    Fantástico texto! A Rua Direita agradece!

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios