Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Minerais ôrganicos e sombreamento dão mais peso aos bois

Minerais ôrganicos e sombreamento dão mais peso aos bois

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Minerais ôrganicos e sombreamento dão mais peso aos bois

Pesquisa inédita realizada pela Faculdade de Agronomia e Zootecnia de Uberaba, Minas Gerais (Brasil), mostrou que o desempenho em ganho de peso de bovinos de corte aumenta com a oferta de sombra e suplementação mineral na forma orgânica.

A metodologia do experimento consistiu em fornecer sombreamento artificial para um lote de animais a pasto, deixando outro exposto ao sol. A outra variável analisada foi o fornecimento de minerais na forma orgânica apenas para um lote, ficando o outro com suplementação mineral iônica.

O sombreamento foi fornecido por meio da construção de sombrites de 3,4 metros de altura e entre 2m2 a 3m2/sombra/animal. A suplementação mineral orgânica adotada a partir de fontes denominadas de complexo-polissacarídeo, no caso carboquelato de cromo, fornecido à vontade por meio de cochos minerais.

Os resultados encontrados demonstram que os ganhos de peso dos animais da raça Nelore que tiveram acesso à sombra foram de 0,440 kg/dia contra 0,313 kg/dia dos não sombreados, entre os grupos suplementados com cromo na forma orgânica.

Já entre os que não receberam sombra a superioridade também foi manifestada pelos bovinos suplementados com cromo na forma orgânica. O ganho de peso desse grupo foi de 0,440 kg/dia contra 0,247 kg/dia dos animais que não receberam cromo orgânico.

Sabe-se que o estresse térmico é um forte condicionante da produção animal e quando a temperatura ambiente está acima da faixa de conforto são geradas alterações das funções basais dos animais.

O bem-estar animal é atingido entre 10 e 32ºC no caso de zebuínos e 13 e 18ºC para taurinos (Carvalho, 2002; Nããs, 1989).

A ausência de sombra na produção de bovinos a pasto está associada a desconforto térmico, dificuldade de dissipação de calor excedente e aumento do calor endógeno. Com isso, as alterações fisiológicas mais comuns são:
- Aumento da freqüência respiratória;
- Aumento da sudorese;
- Aumento do batimento cardíaco;
- Diminuição da ingestão de alimentos entre 20 e 30%;
- Eliminação via fezes, urina e suor de grande quantidade de minerais;
- Menor crescimento corporal e maior suscetibilidade a enfermidades.
Os efeitos negativos do estresse na produção animal incluem ainda aumento acentuado de açúcar no sangue e alteração do metabolismo dos minerais, com aumento da excreção de Cr, Zn, Cu, Mn, entre outros micro-minerais.

Os resultados encontrados neste trabalho deixam claro que bovinos de corte mantidos a pasto, mesmo os de origem zebuína como os da raça Nelore, necessitam de sombreamento e que quando a sombra está associada à suplementação mineral orgânica ocorre expressivo aumento do desempenho em ganho de peso.


Cláudio Júnior

Título: Minerais ôrganicos e sombreamento dão mais peso aos bois

Autor: Cláudio Júnior (todos os textos)

Visitas: 0

804 

Imagem por: Robert Brook

Comentários - Minerais ôrganicos e sombreamento dão mais peso aos bois

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Manutenção Automovel

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Automóveis
Manutenção Automovel\"Rua
Faça você mesmo a revisão do seu automóvel e poupe dinheiro em oficinas. Primeiro verifique com a ajuda de outra pessoa a iluminação exterior. Uma pessoa fica no interior do carro e liga as luzes, verifique á frente os mínimos, os médios, os máximos e os piscas. Depois atrás verifique os mínimos os stop a marcha atrás e o farol de nevoeiro.

A seguir verifique a iluminação do interior do veículo e do painel de instrumentos e a afinação do travão de mão.

Agora está na hora de verificar os filtros de ar, gasóleo e habitáculo. Dependendo da utilização eles podem fazer em média 40.00km, se estiverem sujos substitua-os por novos.

A seguir vem a mudança do óleo este em geral pode-se retirar pelo bujão de vazamento do cárter, convém substituir a anilha e o filtro de óleo. O óleo novo deve respeitar as especificações do fabricante, verificar no livro de manual de utilizador do veículo os litros de óleo do motor. Meter o óleo novo pelo bucal superior do motor com a ajuda de um funil, o nível do óleo não pode ultrapassar o máximo. Se não sabe a quantidade de óleo deite 4 litros e depois verifique o nível pela vareta de verificação de nível e vá deitando até chegar ao nível certo.

Agora é preciso verificar as pastilhas de travões, hoje em dia como quase todos os veículos têm jantes especiais consegue verificar sem desmontar as rodas. Substituir se necessário as pastilhas, ao desmontar repare como desmonta para depois voltar a montar tudo de novo. Por fim verifique a pressão dos pneus com um manómetro, a pressão indicada varia de carro pra carro se não sabe a pressão indicada ponha 2.2bar que é em média a pressão que todos utilizam.

Convém dizer que qualquer material que precise basta procurar numa loja de peças auto próxima de si ou então encomendar via net pois existem vários sites especializados em peças e materiais de manutenção auto. Vai ver que não custa nada se eu aprendi você também pode aprender e além disso fica a conhecer melhor o seu carro.

Com isto tudo pode poupar em média 200€ por cada revisão.
Obrigado e até a próxima.

Outros textos do autor:
Manutenção Automovel

Pesquisar mais textos:

Vendas Online

Título:Manutenção Automovel

Autor:Vendas Online(todos os textos)

Imagem por: Robert Brook

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários

  • Rua DireitaRua Direita

    17-06-2014 às 04:55:10

    Há inúmeros benefícios para fazer a manutenção do automóvel, pois isso garante melhor preservação do veículo e se prolonga o uso por muitos e muitos anos.
    Cumprimentos,
    Sophia

    ¬ Responder

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios