Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos | Idioma: Português                
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Outros > Judaísmo: O Muro das Lamentações

Judaísmo: O Muro das Lamentações

Categoria: Outros
Visitas: 2.481
Comentários: 4
Judaísmo: O Muro das Lamentações

O Muro das Lamentações é para os Judeus o lugar mais sagrado da terra a que podem ter acesso. E é assim considerado por constituir o que resta do muro que cercava o antigo templo de Herodes, o Grande. Em acréscimo, o Muro das Lamentações é o local mais próximo do sancta sanctorum, ou seja, o «lugar mais sagrado entre os sagrados».

A vertente oeste do muro é o sítio onde tradicionalmente se fazem as orações. É por isso que o Muro das Lamentações também é denominado por Muro Ocidental ou, em hebraico, Hakótel Hama'araví. De facto, inúmeros fiéis judeus acorrem ao Muro das Lamentações para rezar e formular desejos por escrito neste lugar, onde, antes da reabilitação por Israel (depois da Guerra dos Seis Dias, em 1967), se depositavam lixos para incinerar. O costume de inserir um papelinho com petições nas fendas do muro remonta a muitos séculos. Neles, os Judeus suplicam o regresso de Deus a Israel, o retorno dos exilados judeus por esse mundo fora, a reconstrução do templo e a chegada do Messias judeu.

O Muro das Lamentações ou Muro Ocidental é o mais importante centro de religiosidade judaica e o espaço de reunião no Shabat e feriados nacionais, onde se fazem orações e se procede à introdução de adolescentes na lei dos Judeus. Na verdade, o que para estes representa o muro por excelência, Kotel, emblema da antecedente grandeza do templo, para os Cristãos significa o Muro das Lamentações, talvez por uma interpretação enviesada da comoção e do ritmo de oração dos que ali se deslocam. Não há dúvida que impressiona ver as atitudes e as vestimentas dos peregrinos e todos os rituais que vão acontecendo.

Na verdade, o lugar realmente mais sagrado da terra para os Judeus é a Esplanada das Mesquitas, mas aí não há acesso. Trata-se do local que alberga o primeiro e o segundo templos de Jerusalém, pertencente ao monte Moriá. O primeiro, mandado construir pelo rei Salomão no século x a.C., foi delapidado pelos Babilónios no ano 586 a.C., e o segundo, edificado pelos profetas Esdras e Neemias no período do exílio da Babilónia, foi alvo da destruição dos Romanos no ano 70 da era cristã, no decurso da grande revolta judaica. Consta que o imperador Tito, responsável pela demolição, resolveu deixar uma parte do muro exterior de pé para ser uma cruel lembrança de que Roma triunfara sobre a Judeia, tendo esta razões para se lamentar (de onde deriva o nome Muro das Lamentações). No entanto, os Judeus fizeram uma leitura diferente dos acontecimentos, vendo nesse pedaço de muro o cumprimento da promessa de Deus de que ficaria sempre de pé, ao menos, uma parte do templo, como sinal da Sua aliança perpétua com o povo escolhido.

Maria Bijóias

Título: Judaísmo: O Muro das Lamentações

Autor: Maria Bijóias (todos os textos)

Visitas: 2.481

238 

a carregar

Imagem por: Dainis Matisons

Deixe o seu comentárioDeixe o seu comentário

Comentários     ( 4 )    recentes

  • fabiocunha

    29-11-2012 às 12:33:37

    Gostei mt e bem legal apredemos q nao e o todos falam e vdd e q isso e mt emportante para nos estudantes...
    E q isso faz parte da nossa historia.

    ¬ Responder
  • Carla HortaCarla Horta

    16-09-2012 às 22:37:10

    O seu texto está fantástico. parabéns. Muito boa informação bastante bem reduzida mas muito explicita. De facto o Muro das lamentações é um local com uma carga emocional e emotiva bastante forte.

    ¬ Responder
  • M.L.E.- Soluções de ClimatizaçãoFernanda Oliveira

    11-06-2012 às 19:47:25

    Adorei o artigo! Precisava para uma pesquisa de Trabalho na Faculdade e só em Alguns pedacinhos que resumi consegui encontrar.


    Obrigada.
    Beijos, Fernanda Oliveira.

    ¬ Responder
  • vitoriavitoria

    04-04-2010 às 20:05:18

    amstend.very good

    ¬ Responder

Comentários - Judaísmo: O Muro das Lamentações

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.