Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Experimente ser feliz!

Experimente ser feliz!

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Experimente ser feliz!

Estou feliz por estar aqui onde estou, no entanto quero ir mais longe. Preciso de algo que mude a minha vida para melhor. Onde posso procurar a felicidade? Claro que a felicidade não está ao virar da esquina nem se encontra dentro de uma gaveta. Se assim fosse seria tão fácil ser feliz.

Na realidade a Felicidade é um estado de espírito. Perante uma catástrofe podemos estar felizes. E perante a inércia da vida, mesmo sem nenhuma preocupação, podemos sentir que somos infelizes. Assim, já dá para entender o que é a felicidade e onde é que ela se encontra. A felicidade como eu já referi é um estado de espírito. Mesmo que as coisas corram menos bem podemos sentir-nos felizes. Por quê? Porque a felicidade encontra-se dentro de cada um de nós. Existem inúmeros livros sobre a felicidade. Existem inúmeras razões para nos sentirmos bem.

A razão principal pela qual podemos não estar felizes é só uma. Os nossos pensamentos. Estes, enclausuram-nos na parte mais negra do nosso cérebro e assim não conseguimos ver aquilo que nos faz bem. Temos de estar atentos àquilo que pensamos pois podemos estar a sabotar a nossa felicidade. Substituir pensamentos de tristeza, odio ou raiva por pensamentos de alegria, paz e compreensão é um excelente passo para começar a ser feliz.

As coisas simples são o melhor exemplo de que é facil experimentarmos um sentimento de pura felicidade apesar das adversidades. Um pôr do sol fantástico numa praia de areia muito branca, uma simples flor num campo deserto, o cheirinho de um bolo acabadinho de fazer, uma simples reunião de família, um momento a sós consigo mesmo. São tudo coisas que nos enchem de satisfação e de bem-estar. A ideia é experimentar estes sentimentos mais vezes.Seja positivo.

Mas se é assim tão simples, porque motivos a maior parte das pessoas não são felizes? Porque já estão habituadas a sentir-se assim. Conformáram-se com a vida que levam e não têm coragem suficiente para mudar. Eu, porém, quero ir mais longe. Quero sentir-me leve. Quero sorrir com as flores e voar como os pássaros em direcção àquilo que me faz feliz. Principalmente quero ser sempre eu própria. Isto é fundamental para nos sentirmos bem. Sermos nós próprios dá-nos a oportunidade de explorar as nossas capacidades de uma forma mais plena, sem interrupções do exterior. Se nos mantivermos focados naquilo que realmente queremos na nossa vida, nada nos vai distrair. E os outros? Também têm objectivos claro. Mas não podemos fazer uma caminhada que não é a nossa. Senão estamos a renegar a nossa própria felicidade. Fazer coisas só porque os outros gostam ou gostariam que fizesse-mos só nos vai trazer um sentimento de inutilidade e de infelicidade. Não temos de agradar a ninguém para nos sentirmos felizes. Mesmo que basiemos a nossa vida nos nossos valores pessoais, nem sempre as coisas vão correr como esperado. Mas nunca podemos perder a esperança. Assim, quando alguém não concorda consigo, deixe-o estar na sua opinião. Ele também tem direito a pensar como quer, mas nunca deixe de pensar por si próprio. Lute por aquilo em que acredita. Só assim poderá experimentar o verdadeiro estado de felicidade.


Jovita Capitão

Título: Experimente ser feliz!

Autor: Jovita Capitão (todos os textos)

Visitas: 0

636 

Comentários - Experimente ser feliz!

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Informática
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?\"Rua
Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Bom, Não é de hoje que tecnologia vem surpreendendo a todos nós com grandes revoluções e os custos que diminuem cada vez mais.
Hoje em dia é comum ver crianças com smarthphones com tecnologia que a 10 anos atrás nem o celular mais moderno e caro do mercado tinha.
Com isso surgiram sugiram vários profetas da tecnologia e visionários, tentando prever qual será o próximo passo.

E os filmes retratam bem esse tema e usam essa formula que atrai a curiosidade das pessoas.
Exemplos:

Minority report - A nova lei de 2002 (Imagem)

Transcendence de 2014

Em Transcendence um tema mais conspiratório, onde um ser humano transcende a uma consciência artificial e assim se torna imortal e com infinita capacidade de aprendizagem.
Vale a pena ver tanto um quanto o outro filme. Algumas tecnologias de Minority Report, como utilizar computadores com as mãos (caso do kinect do Xbox 360 e One) e carros dirigidos automaticamente, já parecem bem mais próximo do que as tecnologias vistas em Transcendence, pois o foco principal do mesmo ainda é um tema que a humanidade engatinha, que é o cérebro humano, a máquina mais complexa conhecida até o momento.

Eu particularmente, acredito que em alguns anos teremos realmente, carros pilotados automaticamente, devido ao investimento de gigantes como o Google e o Baidu nessa tecnologia.

Também acho que o inicio da colonização de Marte, vai trazer grandes conquistas para humanidade, porém grandes desafios, desafios esses que vão nos obrigar a evoluir rapidamente nossa tecnologia e nossa forma de encarar a exploração espacial, não como um gasto, mas sim como um investimento necessário a toda humanidade e a perpetuação da sua existência.

A única salvação verdadeira para humanidade e para o planeta terra, é que seja possível o ser humano habitar outros planetas, seja localizando planetas parecidos com a terra ou mudando planetas sem condições para a vida em planetas habitáveis e isso só será possível com gente morando nesses planetas, como será o caso do Marte. O ser humano com a sua engenhosidade, aprendeu a mudar o ambiente a sua volta e assim deixou de ser nômade e da mesma forma teremos que aprender a mudar os mundos, sistemas, galáxias e o universo a nossa volta.

Espero que tenham gostado do meu primeiro texto.
Obrigado à todos!
Até a Próxima!


Pesquisar mais textos:

Érico da Silva Kaercher

Título:Futuro da Tecnologia, Qual o Limite?

Autor:Érico da Kaercher(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios