Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos                                                    
|
Top 30 | Categorias

Email

Password


Esqueceu a sua password?
Início > Textos > Categoria > Outros > Elixir da eterna juventude

Elixir da eterna juventude

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Categoria: Outros
Elixir da eterna juventude

Segundo a opinião de alguns investigadores na área do envelhecimento e geriatria um, estilo de vida saudável é a melhor forma de retardar a ação do tempo.

O envelhecimento depende da atitude que se tem de si mesmo e do medo de o enfrentar.
Na realidade é da responsabilidade de qualquer um fazer exercício regularmente, comer bem e ser feliz. Este é com efeito o melhor investimento que podemos fazer a nós próprios.

Continuar a avançar pela vida em forma e saudável, ajuda a lidar com os desafios que aparecem pela vida fora.

Há pessoas que fazem disso um derradeiro exemplo, e não prescindem de uma boa alimentação, exercício e oito horas diárias de sono. Este é o segredo para a sua eterna juventude e é como que um elixir diário.Não é por acaso que o negócio dos ginásios se expande cada vez mais, pois além de ser um espaço para a ginática é ainda um local de convívio e de novas amizades.

Atualmente impera a ginática aeróbica, fitness e pilates, o que faz que haja associações de desportos espalhados por todo o mundo.

Mais do que uma profissão, o exercício físico tem inúmeros benefícios , quer se tenha vinte , trinta ou cinquenta anos. O seu impato é a longo prazo, mas no que diz respeito ao envelhecimento, nota-se um retardar de doenças e incapacidades.

Nos nossos dias, um estilo de vida inativo é altamente prejudicial até para os mais idosos, porque provoca perda de forças, equilíbrio, flexibilidade e resistência.
Com efeito, está comprovado que as pessoas acima dos cinquenta anos que praticam exercício de forma regular tendem a viver mais anos e a sofrer menos problemas cardíacos.

O exemplo está nas salas de desporto em que se constata que pessoas que apresentam depressão e tomam comprimidos, depois de frequentarem os ginásios, deixam de os tomar e ficam menos deprimidas e visívelmente mais fortalecidas.

No ano em que se comemora o envelhecimento ativo e da solidariedade entre as gerações, conclui-se que apesar das diferenças nos métodos e nos objetivos, há unanimidade na máxima de que a ginástica é o elixir da eterna juventude.

É por isso que cada vez mais se programam caminhadas nas cidades de todo o mundo com intuitos de solidariedade, companhia e um relaxamento mais salutar.


Teresa Maria Batista Gil

Título: Elixir da eterna juventude

Autor: Teresa Maria Gil (todos os textos)

Visitas: 0

611 

Comentários - Elixir da eterna juventude

voltar ao texto
  • Avatar *     (clique para seleccionar)


  • Nome *

  • Email

    opcional - receberá notificações

  • Mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios


  • Notifique-me de comentários neste texto por email.

  • Notifique-me de respostas ao meu comentário por email.

Martelos e marrettas

Ler próximo texto...

Texto escrito nos termos do novo acordo ortográfico.
Tema: Ferramentas
Martelos e marrettas\"Rua
Os martelos e as marretas são, digamos assim, da mesma família. As marretas poderiam apelidar-se de “martelos com cauda”. Elas são bastante mais robustas e mantêm as devidas distâncias: o cabo é maior.

Ambos constituem, na sua génese, amplificadores de força destinados a converter o trabalho mecânico em energia cinética e pressão.

Com origem no latim medieval martellu, o martelo é um instrumento utilizado para “cacetear” objectos, com propósitos vários, pelo que o seu uso perpassa áreas como o Direito, a medicina, a carpintaria, a indústria pesada, a escultura, o desporto, as manifestações culturais, etcétera, variando, naturalmente, de formas, tamanhos e materiais de composição.

A diversidade dos martelos é, realmente, espantosa. O mascoto, por exemplo, é um martelo grande empregue no fabrico de moedas. Com a crise económica que assola o mundo actualmente, já se imaginam os governantes, a par dos banqueiros, de martelo em punho para que não falte nada às populações…

Há também o marrão que, mais do que o “papa-livros” que tira boas notas a tudo, constitui um grande martelo de ferro, adequado para partir pedra. Sempre poupa trabalho à pobre água mole…

O martelo de cozinha serve para amaciar carne. Daquela que se vai preparar, claro está, e não da de quem aparecer no entretanto para nos martelar a paciência…!

Já no âmbito desportivo, o lançamento do martelo representa uma das provas olímpicas, tendo sido recentemente adoptado na modalidade feminina. Imagine-se se, em vez do martelo, se lançasse a marreta… seria, certamente, mesmo sem juiz nem tribunal, a martelada que sentenciaria a sorte, ou melhor, o azar de alguém!

Pesquisar mais textos:

Rua Direita

Título:Martelos e marrettas

Autor:Rua Direita(todos os textos)

Alerta

Tipo alerta:

Mensagem

Conte-nos porque marcou o texto. Essa informação não será publicada.

Pesquisar mais textos:

Deixe o seu comentário

  • Nome *

  • email

    opcional - receberá notificações

  • mensagem *

  • Os campos com * são obrigatórios